NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, June 26, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/190 -- ...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/190 -- ...:              O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                          PARTE - 190 Jerusalém naquela época era...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/190 -- CONTINUAÇÃO -- "Portanto quando formos pedir orientação de Deus para qualquer problema que às vezes julgamos insolúveis. Precisamos em primeiro lugar abster de todo e qualquer pensamento negativo ou sentimentos de ódio, e ter total concentração diante da face de Deus, pois este momento exige de nós, humildade, total respeito e sinceridade. Qualquer impureza em nossos pensamentos ou em nossas intenções nos desvia de sua comunhão, e tudo quanto esperávamos caem por terra, pois Deus nos atende segundo as convicções de nossos desejos, se forem para o nosso bem"


             O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                         PARTE - 190

Jerusalém naquela época era muito extensa, porém com poucos moradores, e poucas casas edificadas.
Agora uma tarefa muito importante; fazer o senso de todos os moradores, para saber quantos eram e com quem poderia contar para qualquer eventualidade, e dentre o povo havia os nobres e os magistrados, e a classe popular para serem registrados, no livro da genealogia que ele havia achado, e neste livro já havia sido registrado muitos dos que antecedia os moradores da época, e todos os que vieram do cativeiro transportados por Nabucodonosor, rei de Babilônia, que voltaram para Jerusalém e para Judá, cada um para sua cidade de origem.
Depois de sete meses, todos já bem alojados em suas residências, deixaram suas casas para se ajuntarem, com o mesmo propósito na praça, diante da porta das águas, e reivindicaram a Esdras para que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o Senhor havia ordenado a Israel.
Imediatamente Esdras atende seus pedidos, trazendo o livro da lei do Senhor perante a todo povo reunido.
Assim, tanto homens como mulheres, e de todos os entendidos para ouvirem, no primeiro dia do sétimo mês.
Neemias faz a leitura no livro Sagrado

E leu nela diante de todo povo, que estava aglomerado às portas das águas, desde ao amanhecer até ao meio dia, e todo povo estava atento na leitura do livro da lei.
Numa parte superior, de onde todos poderiam vê-lo, fez a leitura, e ao abrir o livro, todo povo se colocou de pé.
E ao terminar a leitura Esdras louva ao Senhor e o povo agradece dizendo Amém, amém! 
Levantando suas mãos aos céus e inclinando-se, adoraram ao Senhor com rosto em terra.

E qualquer dúvida que alguns do povo tinham, eram logo esclarecidas pelos levitas, e pelos professores do povo.

                                        ---- EJO ----- Continua


" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 169

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 169:                                     A ESSÊNCIA DO AMOR                                             PARTE - 169 E não adiantava ...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 169


                                    A ESSÊNCIA DO AMOR

                                            PARTE - 169

E não adiantava o pobre homem falar que não estava em condições de cumprir aquele compromisso assim de imediato, mas o seu rival impiedosamente sempre naquela cobrança; pague-me o que me deves.
Como ele havia pedido um prazo ao rei, da mesma forma o seu conservo o implorou, só que não foi atendido e castigava o com suas ameaças.
E não surtiu o efeito que seu superior queria, pois não havia como resgatar aquele débito de uma hora pra outra.
Então o lança na prisão sem dó e nem piedade até que lhe pagasse a divida.
Vendo, pois outros de seus conservo o que acontecia, ficaram muito indignados com que presenciara e foram declarar ao rei tudo que se passava.
Então o rei chamando-o a sua presença, disse lhe, servo malvado, perdoei-lhe toda aquela divida, porque me suplicaste.
Não devias tu da mesma maneira, ter compaixão de teu companheiro como eu também tive misericórdia de ti?
E indignado o rei, retoma a ação da divida daquele servo mal e fez com que pagasse toda sua divida.
Esta história serve para nos ensinar, que quando perdoármos, este perdão tem que ser verdadeiro e de coração.
A palavra de Deus nos diz que se não perdoardes de todo vosso coração Deus também não perdoa a suas ofensas, (Esta história é baseada em Mateus 18 V 15 A 35)
A palavra de Deus nos assegura que seremos perdoados, mediante ao nosso arrependimento sincero, mas nem sempre aceitamos este perdão incondicionalmente.
E assim perdemos aquilo que é de melhor para nosso crescimento espiritual, e a nossa vida como cristão fica comprometida e nos aprisionamos em sentimentos de culpa.

Que tem lá seus altos e baixos e isto nos torna escravos de nós mesmos; o que Deus nos diz em sua palavra é que somos perdoados, uma vez que reconhecermos nossos erros e arrependemo-nos,

(Tradução a pedido)


Y no adelantaba al pobre hombre hablar que no estaba en condiciones de cumplir ese compromiso así de inmediato, sino su rival despiadadamente siempre en aquel cobro; Me pague lo que me debes.
Como él había pedido un plazo al rey, de la misma manera su conserje lo imploró, sólo que no fue atendido y castigaba con sus amenazas.
Y no surtió el efecto que su superior quería, pues no había cómo rescatar ese débito de una hora para otra.
Entonces lo lanza en la cárcel sin dó y ni piedad hasta que le pagase la deuda.
Al ver, pues otros de su conserje lo que sucedía, quedaron muy indignados con que había presenciado y fueron a declarar al rey todo lo que pasaba.
Entonces el rey llamó a su presencia, le dijo, siervo malvado, perdoné toda aquella deuda, porque me suplicaste.
¿No debes tú de la misma manera, tener compasión de tu compañero como yo también tuve misericordia de ti?
Y indignado el rey, retoma la acción de la deuda de aquel siervo mal e hizo que pagase toda su deuda.
Esta historia sirve para enseñarnos, que cuando perdonamos, este perdón tiene que ser verdadero y de corazón.
La palabra de Dios nos dice que si no perdonáis de todo vuestro corazón, Dios tampoco perdona sus ofensas, (esta historia está basada en Mateo 18 V 15 A 35)
La palabra de Dios nos asegura que seremos perdonados, mediante nuestro arrepentimiento sincero, pero no siempre aceptamos este perdón incondicionalmente.
Y así perdemos lo que es de mejor para nuestro crecimiento espiritual, y nuestra vida como cristiano queda comprometida y nos aprisionamos en sentimientos de culpa.
Que tiene allí sus altibajos y esto nos hace esclavos de nosotros mismos; Lo que Dios nos dice en su palabra es que somos perdonados, una vez que reconocemos nuestros errores y nos arrepentimos,

                             ---- EJO ----- Continua
                 

Friday, June 23, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/189 -- N...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/189 -- N...:              O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                      PARTE - 189 A conspiração contra Neemias er...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/189 -- NATUREZA-HUMANA -- "Só temos o que lucrar se pararmos para meditar, e procurar eliminar de nossas mentes tudo aquilo que nos impede de ver as coisas como elas deveriam ser. Em nossa natureza humana às vezes nos extrapolamos em nossas decisões, e acabamos por meter os pés pelas mãos. Em vista disto devemos agir com sabedoria, e pedir orientação de Deus, eliminando todo ódio e amargura que porventura exista em nossos corações, todo e qualquer problema que tentarmos resolver de cabeça quente, jamais conseguiremos ter resultados positivos"


             O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                     PARTE - 189

A conspiração contra Neemias era grande:
E com pessoas de certa influência na sociedade, eram profetas que profetizavam falsamente contra ele e até sacerdotes corruptos comprados, que mais se interessavam em se dar bem, assim como nos nossos dias a corrupção andava solta, todos os que se diziam ser  autoridades, sempre dava um jeitinho de se dar bem em cima da classe menos favorecida.
Para muitos dos maiorais da cidade, o que Neemias estava fazendo estava sendo feito contra os interesses deles, porque o povo, principalmente a classe trabalhadora, que vivia oprimida com impostos altos e com trabalhos forçados, com leis arbitrárias, que escravizavam principalmente os mais simples, que trabalhavam muito, e poucos entendiam de seus direitos.
Em cinqüenta e dois dias, o muro ficou pronto, e depois que o muro ficou pronto os trabalhadores, ficaram com receio dos inimigos, achando que poderiam fazer represália contra eles, principalmente os gentios que os ajudaram na obra.
E que estavam presentes obedecendo às ordens de Neemias, porém reconhecendo que se não fosse por Deus, não teriam realizado tal façanha.
Infelizmente interesses políticos, deturpam as pessoa; pessoas importantes, que pareciam honestas, tais como as que são consideradas nobres de Judá, escreveram muitas cartas para Tobias, a fim de prejudicar Neemias, que recebia as broncas e ameaças de Tobias.
Porém Neemias não se intimidou, e continua seu trabalho, colocando os grandes portões que ainda estavam para ser colocado em seus lugares.
Depois que as portas estavam colocadas, começa a tarefa de organizar seu plantel de colaboradores;
Primeiro nomeou as pessoa que iria fazer o trabalho de porteiro, naturalmente que teria de ser pessoas de coragem e resistência, pois sabia que o perigo era eminente.
Depois, vem os cantores, para alegrar o ambiente, e os levitas para ensinar os mandamentos do Senhor.
Nomeou também seu irmão, para ser o seu braço direito no comando daquele povo, mais alguns que o ajudaria a olhar e fiscalizar todos os arredores de Jerusalém.

Com ordem expressa de não abrir as portas de Jerusalém, enquanto não fosse dia claro, quando o sol já estava aquecendo o ambiente, ou enquanto seus inimigos estivessem ali por perto, se continuassem, deveria trancar as portas e montar guarda dos moradores, cada um na sua guarda, vigiando a sua própria casa.

                                             ---- EJO ----- Continua


" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 168

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 168:                                      A ESSÊNCIA DO AMOR                                               PARTE - 168 Um exemplo de...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 168


                                     A ESSÊNCIA DO AMOR

                                              PARTE - 168

Um exemplo de perdão; vemos na parábola do rei que quis fazer um acerto de contas com seus servos.
Mediante aos que se apresentaram, apareceu um quê tinha uma divida de dez mil talentos.
Divida esta que não tinha como pagar, como o rei era justo, mas duro em suas decisões, mandou que ele e sua família fossem vendido, juntamente com tudo que lhe pertencia.
Pelo menos até conseguir arrecadar o montante suficiente a aquela quantia que ele devia:
Então aquele servo caiu de joelhos perante o rei e o reverenciava dizendo;
Senhor seja generoso comigo,  dê-me um tempo e eu lhe pagarei tudo o que lhe devo.
Aquele rei apesar de duro em suas decisões, mas de bom coração, deixou que ele fosse, e perdoou toda sua divida.
Aquele servo ficou muito agradecido e voltou para sua casa, com novos propósitos de ser mais controlado em seus negócios, para não mais precisar fazer nenhum empréstimo com mais ninguém.
Só que este servo, não sabia o que era perdão ou compaixão, pois da mesma maneira que ele devia ao rei, um de seus conservo lhe devia uma divida pequena.
Mas que representava muito pra ele, pois sua situação não estava nada agradável, e ainda precisando ser socorrido, pois o que ganhava não estava dando para sustentar sua família e não tinha como pagar o seu pequeno débito, pelo menos naquela ocasião.

Ao encontrá-lo, esqueceu que tinha sido beneficiado e perdoado pelo rei, e começou a   desacatá-lo e pressionando para que pagasse o que lhe devia.

(Tradução a pedido)

Un ejemplo de perdón; Vemos en la parábola del rey que quiso hacer un acierto de cuentas con sus siervos.
A los que se presentaron, apareció uno que tenía una deuda de diez mil talentos.
Divida esta que no tenía como pagar, como el rey era justo, pero duro en sus decisiones, mandó que él y su familia fueran vendidos, junto con todo lo que le pertenecía.
Al menos hasta conseguir recaudar la cantidad suficiente a aquella cantidad que debía:
Entonces aquel siervo cayó de rodillas ante el rey y lo reverenciaba diciendo;
Señor sea generoso conmigo, déme un tiempo y yo le pagaré todo lo que le debo.
Aquel rey, a pesar de ser duro en sus decisiones, pero de buen corazón, dejó que él fuese, y perdonó toda su deuda.
Aquel siervo se quedó muy agradecido y regresó a su casa, con nuevos propósitos de ser más controlado en sus negocios, para no más necesitar hacer ningún préstamo con nadie más.
Sólo que este siervo, no sabía lo que era perdón o compasión, pues de la misma manera que él debía al rey, uno de sus conserje le debía una divida pequeña.
Pero que representaba mucho para él, pues su situación no era nada agradable, y aún necesitaba ser socorrido, pues lo que ganaba no estaba dando para sostener a su familia y no tenía cómo pagar su pequeño débito, al menos en aquella ocasión.
Al encontrarlo, olvidó que había sido beneficiado y perdonado por el rey, y comenzó a desacatarlo y presionando para que pagara lo que le debía.

                               ---- EJO ---- Continua

Thursday, June 22, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/188 --- ...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/188 --- ...:                 O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                        PARTE -  188 Neemias mostra que não er...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/188 --- CONTINUAÇÃO -- "Oração não é obrigação; mas oramos sim, porque temos prazer em conversar com nosso pai, não porque se Ele vai atender somente porque insistimos em pedir coisas que não vai nos beneficiar. Ele sabe muito bem o que é bom ou ruim, e naturalmente, não vai atender a nenhum pedido, que venha causar algum mal a seu filho"


                O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                       PARTE -  188

Neemias mostra que não era homem de fraquejar com ameaças, porque sabia que estava sob a proteção de Deus, e conhecendo ele as regras e estatutos da lei de Deus jamais iriam entrar no templo por nenhum pretexto, e chega na conclusão que a proposta feita pelo eis presidiário, foi a mando do tal Sambalate, e responde pra ele com todas as letras; um homem como eu fugiria? 
E quem há como eu que entrando no templo sairia de lá vivo? De maneira nenhuma, lá entrarei.
O templo servia apenas para guardar as coisas sagradas, para sacrifícios e para orações e súplicas dos sacerdotes e dos levitas.
Quando o povo se reunia, ficavam no pátio ouvindo os conselhos dos sacerdotes, e ninguém teria coragem para entrar, porque sabia que não voltaria vivo de lá, devido o pecado que naturalmente pesavam em suas consciências.
Então entendeu que a palavra do eis prisioneiro não tinha nada de verdade, e que jamais iria cair na conversa de uma pessoa que não era temente a Deus.
E também sabia que não era de Deus tudo quanto lhe falou, seguindo as instruções de Sambalate, que o subornara para fazer tal serviço.

Pensavam eles que com isto o intimidaria, achando que Neemias iria ficar com medo e se escondesse no templo, assim facilitaria as coisas pra eles.

                                 --- EJO ---- Continua


" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 167

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 167:                                    A ESSÊNCIA DO AMOR                                               PARTE - 167 Quando falamos ...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 167


                                   A ESSÊNCIA DO AMOR

                                              PARTE - 167

Quando falamos de uma nova criatura, falamos em arrependimento e também de perdão.
A mensagem de salvação tem de anunciar o arrependimento e o perdão dos pecados através de Jesus Cristo.
A mensagem que não apresenta a necessidade de arrependimento é uma mensagem incompleta, vazia, e sem efeito.
A mensagem que não apresenta como base o perdão e o sacrifício de Jesus Cristo, pela sua morte na cruz torna-se vã, incompleta e vazia.
Em nossa pregação temos de ensinar que Jesus Cristo salva o pecador e que só Ele pode perdoar a quem verdadeiramente arrepender-se e humildemente e lhe pedir perdão.
E Jesus também nos ensina que temos de perdoar nossos irmãos.
Se nosso irmão pecar contra nós, devemos procurar este nosso irmão e conversar com ele, e tentar resolver a situação, antes que o problema chegue a ouvidos de terceiros.
Isto porque, depois que espalhar um boato, fica difícil de contorná-lo, procedendo desta maneira, e ele te ouvir naturalmente que conservaste a amizade com teu irmão, trazendo de volta a confiança, alegria; e a felicidade voltará a reinar, firmando ainda mais a sua amizade.
Pode acontecer que este teu irmão, não queira te dar a atenção que esperas, aí então chama algumas testemunha para presenciar a conversa, mesmo com testemunhas não te ouvir.
Leve o assunto à igreja, e se também não quiser dar ouvidos aos irmãos da igreja, aí sim ele será considerado ignorante como o gentio e o publicano, neste caso deverá deixá-lo de lado até que por si próprio chegue à conclusão de seu erro.
Quando este teu irmão cair em si e reconhecer teu erro, deverá ser perdoado, quantas vezes for necessária.
A palavra de Deus nos ensina que devemos perdoar nosso irmão não só sete vezes, mas setenta vezes sete, ou quantas vezes forem necessárias.

Agora imaginemos, se Deus fosse considerar esta regra em relação a nós, o que seria de nós; já estaríamos em débito com Ele há muito tempo, mas pelo seu grande amor e misericórdia, o seu perdão é infinito, mas isto não significa que não precisamos nos periciar, pelo contrário, devemos estar sempre em alerta para não contrariar a sua vontade.

(Tradução a pedido)

Cuando hablamos de una nueva criatura, hablamos en arrepentimiento y también de perdón.
El mensaje de salvación tiene que anunciar el arrepentimiento y el perdón de los pecados a través de Jesucristo.
El mensaje que no presenta la necesidad de arrepentimiento es un mensaje incompleto, vacío, y sin efecto.
El mensaje que no presenta como base el perdón y el sacrificio de Jesucristo, por su muerte en la cruz se vuelve vana, incompleta y vacía.
En nuestra predicación tenemos que enseñar que Jesucristo salva al pecador y que sólo Él puede perdonar a quien verdaderamente arrepentirse y humildemente y pedirle perdón.
Jesús también nos enseña que tenemos que perdonar a nuestros hermanos.
Si nuestro hermano pecar contra nosotros, debemos buscar a nuestro hermano y hablar con él, y tratar de resolver la situación, antes de que el problema llegue a oídos de terceros.
Esto es porque, después de esparcir un rumor, es difícil de rodearlo, procediendo de esta manera, y él te oye naturalmente que has conservado la amistad con tu hermano, trayendo de vuelta la confianza, la alegría; Y la felicidad volverá a reinar, firmando aún más su amistad.
Puede suceder que este tu hermano, no quiera dar la atención que esperas, entonces entonces llama a algunos testigos para presenciar la conversación, incluso con testigos no te oye.
Lleva el asunto a la iglesia, y si tampoco quieres oír a los hermanos de la iglesia, ahí él será considerado ignorante como el gentil y el publicano, en este caso deberá dejarlo de lado hasta que por sí mismo llegue a la conclusión de su error .
Cuando tu hermano caiga en sí y reconozca tu error, debe ser perdonado, cuantas veces sea necesaria.
La palabra de Dios nos enseña que debemos perdonar a nuestro hermano no sólo siete veces, sino setenta veces siete, o cuantas veces sean necesarias.
Ahora imaginemos, si Dios era considerar esta regla en relación a nosotros, lo que sería de nosotros; Ya estaríamos en deuda con él desde hace mucho tiempo, pero por su gran amor y misericordia, su perdón es infinito, pero esto no significa que no necesitamos perecer, por el contrario, debemos estar siempre en alerta para no contrariar su voluntad

                                ---- EJO -----Continua

Wednesday, June 21, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS -- P/187 --...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS -- P/187 --...:                 O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                           PARTE -- 187 Sambalate e Tobias era...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS -- P/187 -- CONTINUAÇÃO -- "Devemos entender que o nosso Deus é o nosso pai, agora imagine você gritando com o seu pai carnal, lamuriando com ele, ou pedir a ele com arrogância, será que ele vai ficar contente com sua atitude? Deus atende nossas suplicas segundo a nossa humildade, não adianta querer impor a vontade Dele. Ele sabe muito bem de nossas necessidades, e as atende, não porque merecemos ou porque Ele está sendo pressionado, mas pelo seu grande amor que Ele tem por nós"


                O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                          PARTE -- 187

Sambalate e Tobias eram os principais inimigos de Neemias, e tentavam a todo custo atrapalhar e fazê-lo cair, e desanimá-lo de completar sua obra.
Que agora já não era apenas o muro, mas também tudo que estava errado Neemias queria que se concertassem.
Sambalete vendo a sua popularidade entre os filhos de Israel, se mordia de ciúmes e queria a todo custo se livrar dele.
Não acreditando, que Neemias estava ali justamente fazendo uma obra, a mando do senhor Deus, e Deus não iria deixar que nada de mal viesse a lhe acontecer, pelo menos enquanto estivesse agindo segundo a sua vontade, e obedecendo a suas instruções.
Sambalate, vendo que não conseguia realizar seus intentos, muda de estratégia, na confiança, de que ele cairia em suas armadilhas.
Naquela época, só tinha permissão para entrar no templo, os sacerdotes e os levitas que foram consagrados para esta tarefa e que estavam em comum acordo com os estatutos da lei de Deus e Neemias não era um levita e nem sacerdote.

E qualquer outra pessoa que tentasse entrar no templo, não sairia de lá vivo, e assim Sambalete, passa instruções para um sujeito, filho de Meetabel eis presidiário, tentar convencer Neemias a se esconder no templo para não ser morto pelos seus inimigos.

                                    ---- EJO ---- Continua

    

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 166

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 166:                                     A ESSÊNCIA DO AMOR                                               PARTE - 166 A MISERICÓRDIA...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 166


                                    A ESSÊNCIA DO AMOR

                                              PARTE - 166
A MISERICÓRDIA E O PERDÃO:
A justiça de Deus atinge a todos quantos não cumprirem com sua missão aqui na terra, a misericórdia de Deus é ilimitada, mas precisamos fazer a nossa parte e cumprir com os nossos compromissos.
Deus é justo e não cobrará nada de nós se não merecermos; a clemência divina só alcança aqueles que verdadeiramente se mostrarem arrependidos e se dispõem a cumprir a sua vontade, vivendo pela fé.
E castiga aos rebeldes, mesmo aqueles que eram ou são parte de seu povo; pois a vitória final, só se efetivará, quando fizermos merecedores à condição de escolhidos de Deus.
Todos aqueles que se arrependerem de seus pecados, Deus cumpre o que prometeu, e alivia-os de seus sofrimentos, dando-lhes o que mais ele precisa.
Ou, seja, o perdão e a esperança que o reino de Deus promete, mas também receberá um jugo.
Que é a responsabilidade de serviço pela causa.
Uma vez arrependido, naturalmente quer se aliar com os demais em comunhão.

E fazer parte dos escolhidos para a obra do Senhor, pois está consciente de sua responsabilidade de também pregar o evangelho, principalmente dando seu testemunho de uma nova criatura.

(Tradução a pedido)

 LA MISERICORDIA Y EL PERDÓN
La justicia de Dios alcanza a todos los que no cumplen con su misión aquí en la tierra, la misericordia de Dios es ilimitada, pero necesitamos hacer nuestra parte y cumplir con nuestros compromisos.
Dios es justo y no cobrará nada de nosotros si no merecemos; La clemencia divina sólo alcanza a aquellos que verdaderamente se muestran arrepentidos y se disponen a cumplir su voluntad, viviendo por la fe.
Y castiga a los rebeldes, incluso a aquellos que eran o son parte de su pueblo; Porque la victoria final, sólo se efectúa, cuando hacemos merecedores a la condición de escogidos de Dios.
Todos aquellos que se arrepienten de sus pecados, Dios cumple lo que prometió, y los alivia de sus sufrimientos, dándoles lo que más él necesita.
O sea, el perdón y la esperanza que el reino de Dios promete, pero también recibirá un yugo.
Que es la responsabilidad de servicio por la causa.
Una vez arrepentido, naturalmente quiere aliarse con los demás en comunión.
Y formar parte de los elegidos para la obra del Señor, pues es consciente de su responsabilidad de también predicar el evangelio, principalmente dando su testimonio de una nueva criatura.

                               ---- EJO ---- Continua

Tuesday, June 20, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/186 -- C...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/186 -- C...:                  O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                              PARTE - 186 O muro já estava pr...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/186 -- CONTINUAÇÃO -- "Se quisermos ter uma vida diferenciada, em favor da causa do evangelho, precisamos de alguns cuidados, que poderão nos beneficiar muito; em muitos casos queremos nos justificar a razão de termos ódio por determinada situação que às vezes fogem de nosso controle. Tudo o que desejamos fazer pela nossa indignação, pelo nosso ódio, pela nossa raiva, que nos parecem perfeitamente justificável, será feito sem o nosso esforço, de maneira perfeita e total, que as nossas emoções descontroladas nem nos permitem imaginar. Deus se encarrega disto, se houver uma parte para nós, a ser re-presentada neste processo; se humildemente nos colocar sob seus cuidados, ele nos fará saber com clareza que parte é essa." Continua


                 O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                             PARTE - 186

O muro já estava praticamente pronto, porém os portões ainda não haviam sido colocados, e Neemias estava preocupado com seus inimigos, que lutavam a todo custo para impedir que a obra fosse terminada.
Na tentativa de atrair Neemias para matá-lo, faz um convite mais estapafúrdio, e sem lógica, para que ele fosse ao vale de Ono a fim de se reunirem; Vem e congregremo-nos juntamente nas aldeias do vale de Ono.
Neemias, como era temente a Deus e confiava plenamente Nele, não teve dificuldades em descartar esse convite, e envia mensageiros para lhe dizer que estava diante de uma grande obra e que não tinha nenhum assunto a tratar com eles, por isso não posso me retirar do meu posto de serviço, porque o trabalho não pode parar, e tem muito ainda o que fazer.
A insistência de seus inimigos era grande, constatando assim as suas segundas intenções, quatro vezes mandaram mensageiros com as mesmas propostas, e de igual modo todas elas foram respondidas. 
Mas, o inimigo não desiste, e envia mais uma carta a Neemias, agora com certa agressividade, que dizia assim:
Entre as gentes se ouviu, e Gusmu diz que tu e os judeus intentais revoltar-vos, pelo que edificais o muro; e que tu te farás rei deles, segundo estas palavras.
E que puseste profetas, para pregarem de ti em Jerusalém, dizendo: este é rei em Judá.
Ora o rei o ouvirá segundo estas palavras; e insiste; vem pois agora e consultemos juntamente.

Diz o ditado popular que o esperto não dorme com o olho dos outros, e Neemias, já estava escaldado com este sujeito, e não dá trégua as suas palavras, e ainda o chama de mentiroso, pois tudo quanto falava, falava de si mesmo, por pura invenção de sua cabeça.

                                  ---- EJO ---- Continua



" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 165

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 165:                                   A ESSÊNCIA DO AMOR                                             PARTE - 165 Hó!... Quão bom e ...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 165


                                  A ESSÊNCIA DO AMOR

                                            PARTE - 165

Hó!... Quão bom e quão suave é, que os irmãos vivam em união, assim nos diz a palavra de Deus.
Quem está nas trevas vive e pratica as coisas das trevas e ninguém lhe cobra nada, pois tudo que pratica as escuras ninguém vê.
Comparamos a um pano preto onde lhe cai uma tinta preta, vai fazer alguma diferença?
Assim é o pecado, a mancha ninguém vê, pois tudo está de acordo com seu domínio, e depois que começa a pecar fica como sego dando cabeçadas por todos os lados, e o caminho de volta vai se distanciando cada vez mais, se ninguém ajudá-lo.
Para ser crente de verdade, muita coisa tem que mudar em sua vida, a vida do Cristão tem que estar em constante vigilância.
Seu comportamento, seu modo de viver e de agir, tudo deve ser transparente e precisa ser revisto a cada instante.
As ações do cristão não podem de maneira nenhuma ser confundida como a de qualquer outro que não conhece as verdades das escrituras.
É responsabilidade de cada um, tirar de sua vida, tudo aquilo que serve de empecilho e que está atrapalhando o seu testemunho.
É dever nosso cortar o mau pela raiz, qualquer sinal de pecado que nos cercar temos que tirá-lo de nossas vidas o quanto antes.

Pois precisamos a cada dia estar mais e mais perto de nosso Deus, para estar sempre revestido com seu poder e nos fortalecer espiritualmente.

(Tradução a pedido)

¡Hola! ... Cuán bueno y cuán suave es, que los hermanos vivan en unión, así nos dice la palabra de Dios.
Quien está en las tinieblas vive y practica las cosas de las tinieblas y nadie le cobra nada, pues todo lo que practica las oscuras nadie ve.
Comparamos a un paño negro donde le cae una tinta negra, va a hacer alguna diferencia?
Así es el pecado, la mancha nadie ve, pues todo está de acuerdo con su dominio, y después que comienza a pecar queda como sego dando cabezas por todos lados, y el camino de vuelta se va distanciando cada vez más, si nadie ayuda (En inglés).
Para ser creyente de verdad, mucha cosa tiene que cambiar en su vida, la vida del cristiano tiene que estar en constante vigilancia.
Su comportamiento, su modo de vivir y de actuar, todo debe ser transparente y necesita ser revisado a cada instante.
Las acciones del cristiano no pueden de ninguna manera ser confundidas como la de cualquier otro que no conoce las verdades de las escrituras.
Es responsabilidad de cada uno, sacar de su vida, todo aquello que sirve de escollo y que está obstaculizando su testimonio.
Es deber nuestro cortar el mal por la raíz, cualquier signo de pecado que nos rodea tenemos que sacarlo de nuestras vidas cuanto antes.
Porque necesitamos cada día estar más y más cerca de nuestro Dios, para estar siempre revestido con su poder y fortalecernos espiritualmente.

                                  --- EJO ---- Continua

Monday, June 19, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/185 -- ...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/185 -- ...:                 O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                       PARTE -  185 Neemias se preocupa com se...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/185 -- CONTINUAÇÃO --- "É importante observar que um mau testemunho, repercute muito mais que um bom testemunho. Por muito que se esforce para dar exemplos pra outros, se não deixar que Deus dirija a sua vida, naturalmente será impossível de se conseguir, é como aquele ditado que diz nadou, nadou e morreu na praia. Temos visto casos de pessoas que passaram a vida toda, dando a impressão que eram pessoas separadas, diferenciadas, pareciam imaculadas, aparentemente nada os desabonavam. Mas quando tudo parecia que estas pessoas seriam exemplos de vida, deixam a mascara cair, mostrando a suas verdadeiras identidades.


                O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                      PARTE -  185

Neemias se preocupa com seus irmãos:
Neemias queria mostrar para seus irmãos que ele pensava diferente, e agia diferente daqueles governadores corruptos, e sempre lembrando que era temente a Deus, e pedia a seus irmãos que assim o fossem também.
Lembrando que na reconstrução do muro, naturalmente que precisava desapropriar ou comprar algumas terras, mas nem isso foi preciso, porque para o bem da comunidade, tudo era ofertado, sem nenhuma pressão, a mão de obra foi oferecida com toda boa vontade, e todos se ajuntaram ali na obra, a fim de ver tudo pronto o mais rápido possível.
Também cento e cinqüenta homens dos judeus e dos magistrados, se ajuntaram para ajudar, e na hora das refeições todos se serviam de igual modo, sem nenhum constrangimento ou preconceito, mesmo não fazendo parte de seu povo.
O que se preparava para cada dia eram um boi inteiro e seis ovelhas escolhidas; e até aves eram preparadas.
E de dez em dez dias uma comemoração regada a muito vinho, mesmo com estas despesas todas jamais foi exigido qualquer importância do governador, em vista da grande servidão que antes era imposta a seus irmãos, e não aceitava a sua ajuda, simplesmente para não ficar devendo favores a eles.

E em suas orações pedia a Deus a se lembrar dele para o bem, e de tudo quanto havia feito pelo povo, na preocupação e na esperança, de que eles voltassem a sua presença, e andassem em seus caminhos.

                                        --- EJO ----- Continua


" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 164

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 164:                                     A ESSÊNCIA DO AMOR                                                 PARTE - 164 O que De...

A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 164


                                    A ESSÊNCIA DO AMOR

                                                PARTE - 164



O que Deus mais quer de nós é obediência, aos seus ensinamentos e seus mandamentos, a obediência à palavra de Deus nos traz alegria e compreensão, uns para com os outros e nos traz firmeza para nossos propósitos.
Bem sabemos que obedecer a homens, é muito duvidoso, pois nos trás insegurança e incertezas, pois a natureza humana é pecaminosa.
Mais importa obedecer a Deus do que aos homens, e assim podemos dizer com toda certeza, pois o Senhor nosso Deus nunca falha, é sempre fiel com os que o obedecem.
Sempre ouvimos alguém reclamar, que ser crente é muito difícil, pois o crente é sempre cobrado por tudo que faz e que o crente não pode fazer isto ou aquilo e que o padrão de vida do crente exige muito sacrifício, e quando ele tem algum deslize ele é sempre apontado pela sociedade.
Isto é verdade porque a pessoa que se diz crente, tem por obrigação de mostrar a todos, o sentido de ser crente;
Pode até parecer injusto esta cobrança, mas é natural, porque se o crente desliza e ninguém procura ajudá-lo, ele vai sentir o descaso dos irmãos.
E isto pode ser perigoso, pois está sendo sujeito a tentações e sem forças para suportá-las, poderá até se afastar do convívio dos irmãos e se esfriarem.
 Pois o apoio dos irmãos faz muita falta; a comunhão e a convivência uns com os outros é de suma importância para o crescimento espiritual de todos nós.
Precisamos ter mais convicção de nossa posição diante de Deus, o afastamento nos torna muito volúvel e nos esfria, é como uma brasa no braseiro enquanto está na união das outras ela permanece quente, tirando a, ela perde todo o seu calor.

Assim é o crente que afasta do convívio dos irmãos, podendo até se afastar da presença de Deus, assim sendo a igreja de uma forma geral tem por obrigação estar sempre em comunhão uns com outros.

(Tradução a pedido)

Lo que Dios más quiere de nosotros es obediencia, a sus enseñanzas y sus mandamientos, la obediencia a la palabra de Dios nos trae alegría y comprensión, unos para con los demás y nos trae firmeza para nuestros propósitos.
Bien sabemos que obedecer a los hombres, es muy dudoso, pues nos da inseguridad e incertidumbres, pues la naturaleza humana es pecaminosa.
Más importa obedecer a Dios que a los hombres, y así podemos decir con toda certeza, porque el Señor nuestro Dios nunca falla, es siempre fiel con los que lo obedecen.
Siempre oímos a alguien reclamar, que ser creyente es muy difícil, pues el creyente es siempre cobrado por todo lo que hace y que el creyente no puede hacer esto o aquello y que el patrón de vida del creyente exige mucho sacrificio, y cuando tiene algún deslizamiento Es siempre apuntado por la sociedad.
Esto es verdad porque la persona que se dice creyente, tiene por obligación de mostrar a todos, el sentido de ser creyente;
Puede incluso parecer injusto este cobro, pero es natural, porque si el creyente se desliza y nadie busca ayudarle, él va a sentir el descuido de los hermanos.
Y esto puede ser peligroso, pues está siendo sometido a tentaciones y sin fuerzas para soportarlas, podrá incluso apartarse de la convivencia de los hermanos y enfriarse.
 Porque el apoyo de los hermanos hace mucha falta; La comunión y la convivencia unos con otros es de suma importancia para el crecimiento espiritual de todos nosotros.
Necesitamos tener más convicción de nuestra posición ante Dios, el alejamiento nos hace muy voluble y nos refresca, es como una brasa en el brasero mientras está en la unión de las otras ella permanece caliente, sacando la, ella pierde todo su calor.
Así es el creyente que aleja de la convivencia de los hermanos, pudiendo incluso alejarse de la presencia de Dios, así que la iglesia de una forma general tiene por obligación estar siempre en comunión unos con otros.

                                ---- EJO ----- Continua

Friday, June 16, 2017

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/184 -- C...

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/184 -- C...:                              O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS                                        PARTE - 184 Desde o ...

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/184 -- CONTINUAÇÃO -- "O que fazemos de bom, só interessa a nós mesmo, se temos a nossa consciência tranquila, não precisamos mostrar para ninguém, pois Deus está vendo as nossas verdadeiras intenções. se queremos que nosso testemunho sirva de exemplo para outros, temos que procurar andar dentro dos padrões exigidos pela palavra de Deus. Pois se estamos atentos à palavra de Deus, temos condições de viver dignamente, sem deixar margem que passa nos comprometer"


                             O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                       PARTE - 184

Desde o ano vinte, até ao ano trinta e dois do reinado de Artarxexes, o povo já não precisava mais de pedir dinheiro emprestado e tudo o que comiam era do seu próprio esforço, do suor de seus trabalhos, e já não comiam mais a custa de nenhum governo.
Agora tudo era diferente, o governador atual era Neemias, e não tratava o povo como os governadores anteriores que sempre procurava usurpar a boa fé do povo, deixando os sem saída, numa verdadeira opressão, tudo que podiam, eles tiravam do povo, como nos nossos dias.
Os grandes e poderosos sempre arranjam uma maneira de arrecadar mais, sacrificando a classe menos favorecida, mas no caso de Neemias não foi assim porque era temente a Deus.
O povo de tanto sofrer na escravidão, já não faziam mais conta nem de sua própria existência, e da forma que Neemias os tratavam, pra eles era tudo falso, porque já não acreditava em mais ninguém.
Só que Neemias não levou isso em conta, reconhecendo o sofrimento que eles haviam enfrentado, e procura todos os meios satisfazer seus irmãos, fazia tudo para adquirir a confiança de todos eles, e em seu discurso relatava tudo quanto tinha feito e tudo quanto gastou, sem precisar da ajuda do governador.
 Chama a atenção do povo em relação ao tratamento dos governadores que antes dele governava toda nação, oprimindo o povo em tudo, tomaram seus alimentos suas vinhas, e, além disso, tinha que pagar quarenta ciclos de prata numa imposição do rei como pagamento de imposto.

Quando um governo trabalha com seriedade, tudo contribui para o bem de todos, é o que esperamos dos nossos governantes.

                              ---- EJO ---- Continua

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 163

" B L O G - DO - O L I V E I R A " : A ESSÊNCIA DO AMOR - PARTE - 163:                                     A ESSÊNCIA DO AMOR                                              PARTE - 163 Deixe que Deus ...