NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, July 13, 2007

Novela Virtual A Grande Promessa cap.18

Novela Virtual A Grande Promessa - Cap. 18
Novela Virtual - A Grande PromessaCapitulo 18Cenas na casa de Abraão Abraão --> Bendito seja nosso Deus e pai, como ele prometeu, ele cumpriu, agora sou um homem completo, vou ser pai nesta idade, isto não importa, o que importa é que ele se lembrou de mim na minha velhice de mim e de minha querida Sara.Todos os dias da minha vida estarei agradecendo a meu Deus por isto, agora sim, aqui começa uma nação de muitas gerações, segundo o que Deus me prometeu.Haagar --> (com ciúmes fala entre os dentes) É!... Agora só se fala neste tal filho que vai chegar, vejo que vou ficar no esquecimento, preciso estar esperta se não vou ficar no prejuízo; o que será de mim e de meu filho se isto acontecer.Bem!... Se o Ismael é filho de Abraão, então porque esta minha preocupação? Pois se conhecemos bem o nosso bom Abrão, também sabemos que ele é homem justo e não vai deixar que nada de mal aconteça conosco.Sara --> (Sara ouve os resmungo de Haagar)... Você pode ficar despreocupada, Haagar; os nossos filhos, só vão trazer alegria para esta casa, garanto que eles vão se dar muito bem, vamos unir nossas forças na educação dos dois; se temos um Deus bondoso e que faz tudo por nós, também vai nos orientar para que eles sejam homens de valor.Abraão --> Deus está sempre presente conosco, e vai dirigir a cada passo destas crianças, mas temos de entender que a nossa parte, somos nós que teremos de fazer.Deus é bom é justo, mas espera que cada um cumpra com seus compromissos, e cada um de nós sabemos muito bem quais são.Haagar --> Pela lei da natureza, pai Abraão, no meu intimo, sinto que vou ser desprezada junto com meu filho, entendo que todos me querem muito bem, mas sei também reconhecer que é hora de cassar o meu lugar.Eu não posso interferir e nem atrapalhar vida de vocês, por isto vejo que aqui, já não é mais o nosso lugar.Abraão --> Haagar não fique antecipando os acontecimentos tudo está nas mãos de Deus, só ele sabe o dia de amanhã (dirige a Sara) Como está se passando Sara, está se sentindo bem?Sara --> Sim tudo bem, só algumas contrações, mas isto é normal, gostaria que Zhoam estivesse aqui comigo, porque ela sabe lidar com mulheres nas minhas condições.Zhoam --> Me chamou senhora Sara? Está sentindo alguma dor, me deixe dar uma olhada, (dirige-se a Abraão) Por favor, pai Abraão queira nos deixar as sós.Haagar --> Eu também vou indo tenho muita roupa para lavar; pelo jeito eu aqui sou vou atrapalhar, e isto eu não quero que aconteça.Pois se acontecer alguma coisa de errado, vão querer colocar a culpa em cima de mim, e eu não vou servir de motivo se alguma coisa não der certo. (saem os dois)Sara --> Fico magoada com Haagar; tanto que eu–a ajudei, quando precisou de mim, fiquei na expectativa que fosse se oferecer para ajudar, mas arranjou tanta desculpa, que acabei ficando sem graça em pedir que ela ficasse; uma mão a mais seria bem mais fácil de se controlar a situação; mais tudo bem se ela quis assim paciência.Zhoam --> Liga não, ela só está se roendo de ciúmes, com medo de ser desprezada com seu filho, mas isto logo passa. (Zhoam grita com as outras criadas) traga logo água quente e muito pano limpo (movimento de trabalho de parto, com gritos de dor, aquela expectativa: de repente ouve-se choro de criança)… Nasceu!... É um belo menino.Sara --> Traga meu filho pra junto de mim, meu coração está cheio de contentamento, a minha alma se regozija no Senhor.Chame Abraão para conhecer nosso filho. (a criada chama a AbraãoAbraão --> (entra, vai até cabaceira da cama, dá um beijo carinhoso em Sara e exclama) Pai todo poderoso, meu coração rejubila de contentamento, agora sim a minha semente me trará muitas alegrias porque sei que este filho foi obra sua.Sara --> É claro que foi obra de Deus, mas agora vão rir de mim, uma velha dando de mamar, quem diria Abraão, que eu Sara daria de mamar a um filho nesta idade, já estou até ouvido o que vão dizer, mas preciso me controlar, porque não posso ficar nervosa, isto atrapalha na amamentação, e eu quero o meu filho forte e saudável.Zhoam --> O que os outros vão dizer não importa, o que importa mesmo, é que estamos todos felizes, agora esta casa vai ter muito mais luz, pois estas crianças vão iluminar a todos com suas gracinhas e correndo pra todo lado,Oito dias depois, clima de festa.Abraão --> Hoje é dia de cumprir; o que prometi a meu senhor, a partir de hoje toda criança do sexo masculina será circuncidada aos oito dias de idade, estou feliz e orgulhoso, pois hoje posso apresentar, para todos, o meu filho Isaque o legitimo herdeiro, fruto do meu amor verdadeiro. (Abraão se interte brincando com Isaque).Haagar -->Veja só, parece um pavão todo enfeitado.Ismael --> Você não devia falar assim do papai, afinal de contas ele é um bom pai para mim.Haagar --> Você fala assim porque não sabe o que te espera; você acha que de agora em diante, seu pai vai ter olhos pra você?Ismael --> Pode até ser, mas garanto que meu pai nunca vai deixar de me amar.Hagar --> É… Mesmo, então veremos. (saem)(entra Eliezer e Zhoam)Eliezer --> Eu não poderia imaginar, que fosse juntar tanta gente nesta festa de circuncisão.Zhoam --> Daqui mais algum tempo será nosso filho que vai dar esta festa.Eliezer --> porque está dizendo isto?Zhoam --> É porque estou cismada que estou esperando filho seu, estou sentindo uma diferenças esquisitas no meu corpo, tem hora que me dá uma sensação estranha, um mau estar e isto só pode ser sinal de gravidez.Eliezer --> Se isto ficar confirmado, acho que vou ficar tão feliz quanto a Abraão, quando soube que ia ser pai, acho que não mereço tanto.Zhoam --> Merece sim, por que não!… você é homem bom, cumpridor com seus deveres, e é temente a Deus e além domais você é tudo que uma mulher possa desejar, e eu te desejo e te amo muito.Eliezer --> É muito bom ouvir isto da pessoa amada, e é por isto que a amo cada vez mais.Já estou começando a gostar da idéia, e estou pedindo a Deus que seja confirmada a sua suspeita, pois não vejo a hora de poder pegar o meu filho no colo.Já estou até imaginando como será o seu rostinho, se for menino, vou pedir opinião ao pai Abraão, pois ele é inspirado por Deus, e naturalmente vais me ajudar a educá-lo para ser no futuro um bravo e respeitado homem: tenho certeza que esta será à atitude mais sensata. E sei que você vai concordar comigo, não é mesmo? (Continua)Todos os Capitulos deletados da pagina de frente, você encontra no Passo a Passo. no Blog do Oliveira

Thursday, July 12, 2007

Novela Virtual A Grande Promessa cap.17

Novela Virtual – A Grande Promessa

Capitulo 17

Cenas na varanda da casa de Ló(À tardinha, já escurecendo; faz muito calor e a família de Ló conversa lado de fora da casa, em um animado e divertido bate papo, mas o clima não estava muito favorável, pois tinha no ar uma sensação estranha, parecia que estavam prevendo que algo de muito ruim estava pra acontecer)Lira --> (esposa de Ló) Este povo aqui de Sodoma, é um povo muito esquisito, diferente de todos os lugares, que eu conheço, vejam só a maneira como este povo se comporta, estão sempre mal humorados e discutindo.Estou vendo a hora que um deles leve mais adiante a sua ignorância e acaba por fazer o pior.Ló --> É isto mesmo, parece que o povo daqui só pensa em fazer maldades, imagine que ontem quando estava passando pela rua, quase fui atingido por um pedaço de madeira que um elemento jogou no outro, simplesmente porque ele não quis emprestar um denário, pra que ele pudesse pagar por uma bebida.Zilca --> (filha mais velha de Ló) Este povo está, sempre rancoroso, você não vê ninguém com semblante alegre, estão sempre mal humorado, só se vê ofensas e grosseria e muita ignorância.Nilda --> (a filha mais nova) Você não vê também, ninguém falar em nome de Deus, parece que abandonaram por completo, o respeito pela lei de Deus, e sabemos o que acontece com aqueles que não dão ouvidos a voz de Deus.Gerso --> (genro de Ló) Também pudera este povo só, se envolve com o que não presta, é idolatria, feitiçaria, corrupção prostituição tudo de mau você encontra com eles, a confiança aqui é coisa difícil de encontrar, parecem que estão cegos, e não vêem o buraco que estão se metendo.Mais tarde, já bem de noite, mas o clarão da lua fazia parecer diaLó à (Se afasta do grupo, e se assenta um pouco mais adiante, quando avista dois moços diferentes, e faz sinais para que se achegassem) Venham, venham entrem, aqui vocês são bem-vindos, não é bom que vocês fiquem aqui fora, pode ser muito perigoso, este povo daqui não respeita ninguém.Primeiro anjo --> (Os anjos sobem a escada da varanda) Não queremos incomodar, vamos dormir aqui na rua mesmo, amanhã nós conversaremos, e depois seguiremos nosso caminho.Ló --> (insiste) Não!... Não vou conseguir dormir em paz, sabendo que os enviados de Deus, estão dormindo na rua, ainda mais com um clima destes, venham e participem do nosso jantar, sei que estão em missão especial, portanto é preciso descansar, e aqui fora não tem nenhum conforto.Segundo anjo --> É.. Realmente está um clima muito desagradável, o ambiente aqui está muito carregado, vamos aceitar o convite. (entram e participam do jantar)Primeiro Anjo --> (após o jantar)… Ló!… sua esposa é uma excelente cozinheira, ha. muito tempo que não comia tanto, realmente estava muito gostosa a comida, mas agora, se for possível, gostaríamos de descansar um pouco (saem para os aposentos, demonstrando certo cansaço, após algum tempo, houve-se uma gritaria lá fora, gritando e fazendo arruaças, muito barulho demonstrando falta de educação e muita ignorância)Vândalo --> Sr. Ló, queremos falar com o senhor!...Ló --> (aparece na porta com meio corpo pra fora) O que queres de mim? Já é tarde e estou com visitas, não quero nenhuma perturbação, e nem tão pouco que interrompem o nosso assunto, pois é de interesse só da família, amanhã conversaremos.Vândalo --> Parece que o senhor não está entendo, do senhor não nada, só queremos saber onde estão os dois moços que o senhor recebeu nesta noite, sabemos que eles estão aqui e nós queremos conhecê-los.Ló --> (conhecendo suas atitudes) Peço a vocês que não façam nenhum mau a estes moços, eu dei abrigo, a eles e ninguém vai tocar neles, se preciso prefiro que vocês, vinguem suas raivas em mim, mas deixe-os em paz.Vândalo --> (com rispidez) Não queremos nada com o senhor, só queremos falar com os moços.Ló --> (Se expondo, sae para fora) Mais uma vez eu imploro, deixe esses moços em paz, se vocês soubessem com quem estão lidando, já teriam ido embora há muito tempo.Simplesmente estou tentando fazer vocês compreender, que não vale a pena continuar com suas intenções, mas para evitar um mal maior leve minhas filhas, são muito bonitas, ainda virgens, levem-nas, mas não toque nestes moços.Vândalo --> Isto não nos interessa, mulher tem pra todo lado, estes moços vieram aqui, querendo bancar o juiz em tudo, agora a nossa paciência acabou, já que o senhor não quer nos entregar os moços; vamos fazer mais mal a ti do que a eles,(tentam agredir Ló) (entram em cena os dois anjos, o primeiro anjo, fala com autoridade).Primeiro Anjo --> Afaste-se deste homem, ele é homem, bom justo e temente a Deus, vós sois idólatras e feiticeiros, e não são bem vistos perante os olhos Dele, vão ter com os demônios dos infernos aqui não é vosso lugar. (faz um gesto com as mãos em direção a eles, e ficam cegos e perturbados, saem tropeçando em tudo,) (depois de um tempo de terem saído os vândalos o anjo continua) agora sim, pelo menos por enquanto poderemos descansar em paz, então vamos descansar. (E entram em casa)Dia seguinteSegundo Anjo --> (local - sala de jantar, todos reunidos em redor da mesa)… Tem mais alguém morando aqui com vocês?Ló --> Os que moram aqui comigo além de minha família, são só meus criados e meus servos.Primeiro Anjo --> Então mande que todos se preparem, porque não vão poder ficar aqui, nesta cidade; vai ser toda destruída, Deus já não suporta mais tanta maldade deste povo, quem ficar aqui certamente morrerá.Saem os dois anjosLó --> (falando a seus genros) Preparem suas coisas seus pertences, para não padecerem junto com este povo.Gerso --> (com ar de zombaria) O senhor não vai me dizer, que está acreditando nestes absurdos que estes moços estão dizendo?Não têm cabimento um homem na idade do senhor com a experiência de vida que tem, venha a acreditar num absurdo deste tamanho.E de mais a mais eu não vou deixar pra traz, tudo que consegui com tanta dificuldade, se o senhor está acreditando nestes absurdos, o senhor vá sozinho mais nos deixe viver nossa vida em paz, mas aqui.Ló --> (se levantando, se sentindo ofendido, fala com autoridade) Não interessa o que você pensa, o que importa é que temos de obedecer à ordem de Deus.Não posso esperar pelas suas duvidas, espero que vocês sejam prudentes e cumpram minhas ordens, você pode não querer ir, então terá que ficar sozinho, pois as minhas filhas, eu as levarei.Mais tardeLó --> (movimentos afobados como se preparassem para viajar)… Vamos logo, minha gente, não temos tempo a perder!... Vamos Lira traga só o necessário, mas vamos logo.Lira --> Porque tanta pressa, não vejo nenhum sinal no céu que possa, marcar alguma destruição!…, Eu estou de acordo com nosso genro, também não estou acreditando muito nas palavras destes moços, não, só irei para satisfazer suas vontades.Primeiro Anjo --> Vamos... Vamos,… o senhor Deus, não vai esperar mais, não podemos esperar para quem está duvidando de nossas palavras, o que eu posso dizer é que vão se arrepender amargamente.Segundo Anjo --> Estamos perdendo muito discutindo, se ficarmos mais tempo, nós também padeceremos, vamos não olhem para traz sigam sempre olhando para frente de cabeça erguida, para que não padeçam junto com este povo mau. (Lira esposa de Ló, não acreditando, olhou para traz e se transformou em uma estatua de sal) (Continua)

Wednesday, July 11, 2007

Novela Virtual A Grande Promesa cap.16

Novela Virtual A Grande Promessa
Capitulo 16
Cenas na cozinha

Abraão --> Sara amassa depressa três medidas de flor de farinha e faça bolos, porque o senhor está conosco, não é pra qualquer um esse privilégio de receber o Senhor em sua casa, por isto quero que faça o melhor que puder para agradá-lo; enquanto você prepara as iguarias da cozinha eu vou ao curral pegar uma vitela para que o moço que está com nosso Senhor possa prepará-la como bem lhe convier.

Sara --> Vá, vá buscar a vitela, e eu fico preparando o bolo, vou caprichar, porque não é sempre que temos visitas tão ilustres, alias é mais que ilustre, é o nosso guia, nosso protetor, e bem presente em nossas angustias, a Ele toda glória e honra.

Abraão --> Vou levar a vitela, para que o moço-a prepare como lhe convier, enquanto isto, você termina de preparar as demais iguarias, para acompanhar a carne, os outros amigos disseram que ninguém prepara uma vitela como ele, vou prestar a atenção na maneira de como faz, pra depois eu fazer aqui pra nós também. (SAE)

Os anjos de pé movimentando como se estivessem aguardando a vitela (mostrando um pouco de impaciência), cenário, campo e arvore, mostrando harmonia e tranqüilidade.

Abraão --> Escolhi a melhor vitela que pude encontrar no pasto, ela está ali no ponto de ser abatida, pode prepará-la com convier, demorei um pouco, pois ela estava solta e me deu um bom trabalho para pegá-la, mas agora está a sua disposição, enquanto preparam vou ajudar Sara na cozinha, pra não demorar mais.

Segundo Anjo-->Vou prepará-la garanto que vão gostar, a vitela está do jeito que preciso para torná-la ainda melhor.

Primeiro Anjo ou o *Senhor Deus* à Onde está Sara tua mulher?

Abraão --> Está aí na cozinha, cuidando de suas obrigações domésticas, ela não para, vive trabalhando pra enganar o tempo.

Primeiro Anjo --> Certamente te tornarei por este tempo da vida, e Sara tua mulher terá um filho.

Abraão --> Mas senhor, eu e Sara já estamos de idade avançada, e mulher na idade dela já perdeu o costume de dar a luz, já não temos mais esperanças que isto aconteça, mas a nossa confiança no Senhor, nos mostra que para Ele nada é impossível, vamos esperar... (vai continuar, mas Sara o interrompe com sua chegada)

Sara --> (entrando com sorriso discreto nos lábios) terei eu ainda o prazer de amamentar um filho com esta idade... (fala rindo, como se não tivesse acreditando no que ouvira)... E afinal de contas Abraão também, não é mais nenhum moço.

Primeiro Anjo --> Porque você riu Sara; porventura você acha que existe alguma coisa impossível para o seu Senhor?

Sara --> Não, eu não estou rindo. (se desculpando sem graça)… meu jeito é assim mesmo, me desculpe, mas eu gosto de ser espontânea, e às vezes eu falo demais, se eu estava rindo eu nem notei.

Primeiro Anjo--> (repreendendo Sara) Não diga isto você riu sim, mas isto não importa (levanta-se olha fixamente para as bandas de Sodoma e depois para as bandas de Gomorra afasta de Abraão e fala para se mesmo) Ocultarei eu de Abraão o que faço, já que Abraão, certamente, virá a ser uma grande e poderosa nação e nele serão benditas todas as famílias da terra; porque eu o tenho conhecido, sei que ele vai ordenar a todos os seus filhos e toda sua geração, a guardar o meu caminho, e fazer tudo com justiça e juízo, para que possam vir sobre a Abraão, o que tenho falado dele; agora tenho olhado para Sodoma e Gomorra o seu clamor tem chegado até a mim, o seu pecado tem se multiplicado a cada dia que passa,(dirige aos outros anjos) agora vão e veja o que está se passando por lá… a minha conversa com Abraão ainda não acabou. (volta a conversar com Abraão)

Abraão --> Mas senhor os justos morrerão com os ímpios?…

Senhor Deus --> De maneira nenhuma,… mas se houver justos na cidade!…

Abraão--> Se houver cinqüenta justos nesta cidade, mesmo assim vai destruí-la?

Senhor Deus --> Se houver cinqüenta justos; por amor aos cinqüenta justos, não destruirei a cidade.

Abraão --> Quarenta e cinco, mesmo faltando cinco para os cinqüenta, mesmo assim destruirá a cidade?

Senhor Deus --> Por amor aos quarenta e cinco não destruirei

Abraão --> E se achar ali quarenta justos.

Senhor Deus --> Por amor aos quarentas justos não destruirei.

Abraão --> Não se zangue comigo, se porventura encontrar ali trinta justos.

Senhor Deus --> Por amor aos trintas não destruirei.

Abraão --> E pelos vinte?

Senhor Deus --> Nem pelos vinte eu destruirei.

Abraão --> Senhor se por ventura achar ali dez justos.

Senhor Deus --> Por amor aos dez justos, pouparei a cidade. (retira-se lentamente, nesta hora as nuvens do céu se movimentam e o Senhor se retira por completo e desaparece nas nuvens. E Abraão fica de olhar fixo na direção, com as mãos levantadas acenando em direção onde viu o Senhor pela ultima vez.) (Continua).

Sunday, July 08, 2007

----------- Fluir de Maneira a Satisfazer a Vontade de Deus ---------

O resultado negativo que um escândalo provoca, nas pessoas de bem, quase sempre são irreversíveis, pessoas que poderiam ser de grande valor no trabalho da causa do Senhor, vivem na desilusão e se acomodam em vista da decepção que os atingiu.
Se por acaso tenha sido atingido de alguma maneira por escândalos na igreja, seja lá por qualquer motivo, não se deixe abater, pois a sua participação no desenvolvimento do reino de Deus, é sem sombra de dúvida muito importante.
Pois o evangelho não pode ser prejudicado e nem pode parar por causa de pessoas inescrupulosas, e gananciosas sem caráter e pudor.
O seu pastor se é uma pessoa responsável dê todo crédito a ele, e não venha a dizer que o pastor ou qualquer líder da igreja é culpado pelo seu fracasso.
Se quiserdes fazer alguma coisa para ser útil a causa, faça-o com responsabilidade, para que depois não venha culpar ninguém se suas atitudes não funcionaram da maneira como querias.
É importante levar em conta, que ninguém vai impedir o que fizeres, seja bom ou mau.
Por isto a suas atitudes devem ser levadas a sério e com responsabilidade, para que possa fluir de maneira tal a satisfazer a vontade de Deus.
Somos livres para escolher o que devemos fazer, ninguém tem o direito de interferir em nossas atitudes a não ser a nossa própria consciência, cada um de nós temos que procurar aquilo que é de melhor para que possamos comemorar vitórias.
Tudo aquilo que nos propomos a fazer temos de fazer com responsabilidade dedicação e amor, sem pensar em criticas, ressentimento, recriminações, ou se vai dar certo ou errado, só ficaremos sabendo se tudo funcionou a contento se agirmos, e com responsabilidade, caso contrário, ficaremos em dúvidas e isto não é bom para o crescimento espiritual de ninguém.
Muitos acham que se estiverem contribuindo, regularmente e fazendo seu ato de caridade, vai solucionar seu compromisso diante de Deus, mas é sabido que nada disto vai adiantar em alguma coisa.
Caridade no sentido de tirar do bolso uma quantia que não vai lhe fazer falta alguma, ou de assinar cheques que não vai fazer nenhuma diferença em seu extrato bancário, ainda não resolve.
Pois o que resolve mesmo é estar agindo segundo a vontade de Deus, e seu amor pelo seu próximo que é mandamento de Deus, que ainda está sendo a maior de todas as virtudes, este sentimento de amor e interesse pelo seu próximo, que às vezes são criticados por muitos que não enxergam as misérias que enxergamos.
Se cada um que se diz salvos por Jesus, e que tem sua vida separada para servir a causa, tiver o amor ao próximo em seu coração e agir em favor dos necessitados.
Muitas almas que estão mergulhadas no pecado terão oportunidade e o direito de também partilhar da salvação que Jesus Cristo nos proporcionou, morrendo na cruz em remissão de nossos pecados.
A missão que temos em anunciar o evangelho tem que ser executada com o máximo de responsabilidade.
Sabemos que a missão de pregar o evangelho é difícil e árdua, não pelo simples fato de ir a lugares distantes ou perigosos para pregar as pessoas.
Mas pela maneira que nossa vida representa, se não tivermos uma vida de consagração e testemunho visível, e não colocar-mos fé em nossos objetivos, dificilmente conseguiremos atingir os nossos intentos.
Sabemos que para conseguir-mos os nossos ideais; precisamos batalhar muito e ter fé em tudo o que estiver em nossas mãos para fazer, pois se ao tomar posse de nossas responsabilidades, e mostrarmos fracos, jamais alcançaremos resultados positivos.
Para ganhar o Brasil e o mundo para Cristo, depende muito de nosso empenho e dedicação, e sobre tudo clareza em nosso modo de viver e agir, que para isto cada um tem que fazer a sua parte, porem sabemos que é difícil, e que com nossas próprias forças torna-se humanamente impossível, devido as indiferenças que existem entre os povos, cada qual pensa e age de maneira diferente, dificultando assim qualquer entendimento.
Mesmo sabendo das dificuldades encontradas, não podemos calar e nem nos acomodar temos que trabalhar confiantes no poder de Jesus Cristo, para a conquista da vitória e assim ter-mos condições de vida diferenciada dos que ainda vivem sem saber nada a respeito do evangelho.----------- Fluir de Maneira a Satisfazer a Vontade de Deus ---------

O resultado negativo que um escândalo provoca, nas pessoas de bem, quase sempre são irreversíveis, pessoas que poderiam ser de grande valor no trabalho da causa do Senhor, vivem na desilusão e se acomodam em vista da decepção que os atingiu.
Se por acaso tenha sido atingido de alguma maneira por escândalos na igreja, seja lá por qualquer motivo, não se deixe abater, pois a sua participação no desenvolvimento do reino de Deus, é sem sombra de dúvida muito importante.
Pois o evangelho não pode ser prejudicado e nem pode parar por causa de pessoas inescrupulosas, e gananciosas sem caráter e pudor.
O seu pastor se é uma pessoa responsável dê todo crédito a ele, e não venha a dizer que o pastor ou qualquer líder da igreja é culpado pelo seu fracasso.
Se quiserdes fazer alguma coisa para ser útil a causa, faça-o com responsabilidade, para que depois não venha culpar ninguém se suas atitudes não funcionaram da maneira como querias.
É importante levar em conta, que ninguém vai impedir o que fizeres, seja bom ou mau.
Por isto a suas atitudes devem ser levadas a sério e com responsabilidade, para que possa fluir de maneira tal a satisfazer a vontade de Deus.
Somos livres para escolher o que devemos fazer, ninguém tem o direito de interferir em nossas atitudes a não ser a nossa própria consciência, cada um de nós temos que procurar aquilo que é de melhor para que possamos comemorar vitórias.
Tudo aquilo que nos propomos a fazer temos de fazer com responsabilidade dedicação e amor, sem pensar em criticas, ressentimento, recriminações, ou se vai dar certo ou errado, só ficaremos sabendo se tudo funcionou a contento se agirmos, e com responsabilidade, caso contrário, ficaremos em dúvidas e isto não é bom para o crescimento espiritual de ninguém.
Muitos acham que se estiverem contribuindo, regularmente e fazendo seu ato de caridade, vai solucionar seu compromisso diante de Deus, mas é sabido que nada disto vai adiantar em alguma coisa.
Caridade no sentido de tirar do bolso uma quantia que não vai lhe fazer falta alguma, ou de assinar cheques que não vai fazer nenhuma diferença em seu extrato bancário, ainda não resolve.
Pois o que resolve mesmo é estar agindo segundo a vontade de Deus, e seu amor pelo seu próximo que é mandamento de Deus, que ainda está sendo a maior de todas as virtudes, este sentimento de amor e interesse pelo seu próximo, que às vezes são criticados por muitos que não enxergam as misérias que enxergamos.
Se cada um que se diz salvos por Jesus, e que tem sua vida separada para servir a causa, tiver o amor ao próximo em seu coração e agir em favor dos necessitados.
Muitas almas que estão mergulhadas no pecado terão oportunidade e o direito de também partilhar da salvação que Jesus Cristo nos proporcionou, morrendo na cruz em remissão de nossos pecados.
A missão que temos em anunciar o evangelho tem que ser executada com o máximo de responsabilidade.
Sabemos que a missão de pregar o evangelho é difícil e árdua, não pelo simples fato de ir a lugares distantes ou perigosos para pregar as pessoas.
Mas pela maneira que nossa vida representa, se não tivermos uma vida de consagração e testemunho visível, e não colocar-mos fé em nossos objetivos, dificilmente conseguiremos atingir os nossos intentos.
Sabemos que para conseguir-mos os nossos ideais; precisamos batalhar muito e ter fé em tudo o que estiver em nossas mãos para fazer, pois se ao tomar posse de nossas responsabilidades, e mostrarmos fracos, jamais alcançaremos resultados positivos.
Para ganhar o Brasil e o mundo para Cristo, depende muito de nosso empenho e dedicação, e sobre tudo clareza em nosso modo de viver e agir, que para isto cada um tem que fazer a sua parte, porem sabemos que é difícil, e que com nossas próprias forças torna-se humanamente impossível, devido as indiferenças que existem entre os povos, cada qual pensa e age de maneira diferente, dificultando assim qualquer entendimento.
Mesmo sabendo das dificuldades encontradas, não podemos calar e nem nos acomodar temos que trabalhar confiantes no poder de Jesus Cristo, para a conquista da vitória e assim ter-mos condições de vida diferenciada dos que ainda vivem sem saber nada a respeito do evangelho.
Se todos fizerem com responsabilidade aquilo que lhe foi proposto a fazer no sentido de melhorar as condições de vida de cada um e deixar que Jesus Cristo seja o seu comandante.
Naturalmente que tudo se resolverá com muito mais facilidade, trazendo melhor qualidade de vida para todos, assim temos que entender que a salvação do mundo depende de cada um de nós, principalmente dos que tem suas convicções de verdadeiros crentes em Jesus Cristo.

Eni José de Oliveira


Se todos fizerem com responsabilidade aquilo que lhe foi proposto a fazer no sentido de melhorar as condições de vida de cada um e deixar que Jesus Cristo seja o seu comandante.
Naturalmente que tudo se resolverá com muito mais facilidade, trazendo melhor qualidade de vida para todos, assim temos que entender que a salvação do mundo depende de cada um de nós, principalmente dos que tem suas convicções de verdadeiros crentes em Jesus Cristo.

Eni José de Oliveira

Friday, July 06, 2007

Nov Virt. A Grande Promessa cap.11-12-13-15

Novela Virtual A Grande Promessa Cap 15
Novela Virtual - A Grande Promessa
Capitulo 15

(Abrão já com idade avançada, com seus noventa e sete anos, apareceu o Senhor e lhe disse.)

Voz de Deus  Eu sou Deus todo poderoso, anda na minha presença e sê perfeito, e firmarei o meu pacto contigo e sobremaneira te multiplicarei.

Abrão  (ajoelha e se prostra com rosto em terra e Deus fala-lhe dizendo)

Voz de Deus  Quanto a mim, eis que meu pacto é contigo, e serás pai de muitas nações.
Não mais será chamado Abrão, mais Abraão será o teu nome, pois por pai de muitas nações te hei posto; far-te-ei frutificar sobremaneira, e de ti farei nações, e reis sairão de ti.
Estabelecerei o meu pacto contigo e com a tua descendência, depois de ti em suas gerações, como pacto perpétuo, para te ser por Deus a ti e ‘a tua descendência depois de ti.
Dar-te-ei a ti e a sua descendência depois de ti a terra de tuas peregrinações, toda a terra de Canaã em perpétua possessão e serei o seu Deus.
Quanto a ti, guardarás o meu pacto, tu e tua descendência depois de ti, na sua gerações.
Este é o meu pacto que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti.
Todo varão vos será circuncidado. Circuncidar-vos-eis na carne do prepúcio; e isto será por sinal de pacto entre mim e vós.
A idade de oito dias todo varão dentre vós será circuncidado, por todas as vossas gerações, tanto o nascido em casa como o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro que não for da tua linhagem.
Com efeito, será circuncidado o nascido em tua casa e o comprado por teu dinheiro, assim estará o meu pacto perpétuo.
Mas o incircunciso, que não circuncidar na carne do prepúcio, essa alma será extirpada do seu povo; violou o meu pacto.
Quanto a Sarai, tua mulher, não lhe chamarás mais Sarai, porem Sara será o teu nome.
Abençoá-la-ei, e também dela te darei um filho; sim abençoá-la-ei, e ela será mãe de nações, reis de povos sairão dela.
(depois de ter falado a Abraão, tudo a respeito do pacto, subiu Deus de diante dele)

Alguns meses depois - cenas no quarto da casa, O Senhor Deus já havia mudado os nomes de Sarai para Sara e de Abrão para Abraão.

Sara --> Haagar, sua hora tão esperada está chegando, e você já escolheu o nome para seu filho? Será que vai ser menino ou menina?

Haagar --> Pra mim tanto faz, eu vou amá-los da mesma maneira, mas o anjo do senhor me disse lá no deserto que vai ser menino, e que vai ser um bravo homem; e que vai ser respeitado por todos, e seu nome será Ismael.

Sara --> Você deverá educá-lo nos ensinamentos de Deus para que você possa se orgulhar muito dele, se você tiver o cuidado de começar a educá-lo desde cedo, você não terá muitas dificuldades com ele quando crescer.

Haagar --> É Deus através do anjo, prometeu que dele, há de sair uma grande nação, príncipes e princesas sairão dele, já pensou eu ser mãe de um futuro comandante e respeitado por todos?

Sara --> Você é uma mulher de sorte, e tenho certeza que Deus vai te abençoar muito, naturalmente, Ele vai te proporcionar muitas felicidades.

Haagar --> Hum… hum… estou sentindo dores horríveis, será que vai ser agora? (segurando e fazendo massagem na barriga) aí, aí, hum... Como dói.

Sarai --> Me deixe examinar você, pra eu ver como está às condições do bebê (examinando)... (dá se um tempo)... Não podemos esperar mais, vamos ter que agir rápido (chama a criada) Zhoam venha rápido e traga água quente e muitos planos limpos (espera o tempo de preparar tudo)

Zhoam --> Aqui está senhora Sarai, ou melhor, senhora Sara, estou custando a me acostumar com a mudança do nome, porque será que o Senhor mudou o nome da Senhora Sarai pra Sara e o do Senhor Abrão para Abraão, curioso não é mesmo!... (ninguém responde)

Sara --> (fala para Haagar) Muito bem agora você vai fazer tudo o que eu mandar (movimento de trabalho de parto, imaginar tudo o que acontece durante um parto) calma; calma tudo vai sair bem. (o silencio é interrompido com o choro do bebê) graças a Deus tudo saiu perfeito; é um belo menino, tome Haagar ele deve estar faminto.

Haagar --> Graças te dou hó meu Deus, pois tu não abandonaste a tua humilde serva, prometo ser uma boa mãe, farei tudo que poder para dar boa educação para meu filho, estarei sempre em sua presença para que eu possa fazer o que queres que eu faça.

Dias depois cenário de festa pela chegada de Ismael, Eliezer e Zhoam organizam tudo.

Eliezer --> Nosso pai Abraão deve estar muito feliz, porque nosso Deus ouviu suas preces, e lhe deu um filho varão.

Zhoam --> É, e não é pra menos, eu já estava preocupada com o sofrimento de nosso pai Abraão, porque como ele mesmo disse: Deus havia prometido a ele uma grande nação, como ele poderia ser uma grande nação sem filhos?
Eu espero poder contar com uma grande família, pois sempre fui muito achegada a crianças, e meu sonho é poder ter muitos filhos.

Eliezer --> Sim: Deus tem abençoado muito o nosso pai Abraão, e nós também recebemos muitas bênçãos por causa dele… ele merece, pois é homem integro bom e justo, e todos nós gostamos muito dele, ninguém pode se queixar, pois ele sempre tem bons conselhos, para cada situação, e nos enche de confiança. (meio desconcertado com a história de filhos)... Bem quanto aos filhos, tudo é possível não é mesmo.?

Zhoam --> Deus é sempre fiel com aqueles que procuram fazer sua vontade (interrompe a conversa)… veja, o pai Abraão está chegando com o pessoal, vivas ao pai Abraão, vivas a Ismael… (e o povo se aglomera em volta de Abraão na maior felicidade, pois achavam que estava resolvido o problema quanto o sucessor de Abraão)

Abraão --> (Apresentando seu filho como se fosse um troféu, mostrando aparente satisfação)... Bendito seja o Senhor nosso Deus, que nos deu a razão desta festa, a minha alma se regozija na presença do senhor, alegrem se todo o povo comigo, comam, bebam, e cantem comigo, participem de minha felicidade, Ismael será um grande homem, e será amparado pelas mãos do nosso Deus Altíssimo. (todos participando da festa com muita alegria, mostrando a Abraão o quanto é respeitado)

Alguns dias depois

Cena continua - na varanda da casa, Abraão conversa com Eliezer –


Abraão --> Como está o comportamento dos pastores? Tem havido alguma desavença entre eles? E aquelas vacas que separamos, já deram cria?

Eliezer --> Sim pai Abraão, na bezerrada a maioria são fêmeas, quanto aos pastores, o senhor sabe… não é muito fácil lidar com eles, mas não tem acontecido nada de grave, os desentendimentos deles sempre têm sido resolvidos da melhor maneira possível, nada que possa se preocupar.

Abraão --> Estou pensando seriamente em aumentar nosso gado, assim poderei dar mais oportunidade para todos que se empenham e querem ser alguém na vida, isto eu gosto de fazer, mostrar reconhecimento a todo bom servo que mostra sua dignidade.
Diga-me Eliezer, você tem achado graças em Zhoam (olhar zombeteiro) tenho notado que você fica desconcertado, quando ela aparece em sua frente.

Eliezer --> É… realmente tenho visto Zhoam com bons olhos, e parece que ela retribui da mesma maneira.
Ainda a pouco ela me deixou todo desconcertado, ela arranjou uma história de filhos que me fez ficar sem graça, pois ainda não tive coragem para me declarar a ela.

Abraão --> Eu faço muito gosto em unir vocês dois, gosto muito de vocês e se você quiser, eu acerto tudo para que vocês se entendam.


Eliezer --> (gostando da idéia)… o senhor faria isto por mim? Mas é claro que quero, e fico muito contente com sua permissão e agradeço seu apoio e sua consideração (Eliezer sai dando murros de satisfação no ar)

Horas depois

Abraão --> (fica só pensativo, fazendo gestos leves como se tivesse planejando alguma coisa) (olha a sua frente e se depara com três anjos, imediatamente levanta-se e se ajoelha diante deles)… meu senhor agora, que tenho achado graças em teus olhos, rogo-te que não passes direto de teu servo, fique um pouco e descanse, vou buscar água fresca para que possam beber e lavar os pés, depois recostai um pouco debaixo da arvore e descanse enquanto preparamos alguma coisa para se comer, (Abraão sai apressado e volta logo com água e toalhas limpas) Sentem-se por favor deixe eu lavar os vossos pés, devem estar muito cansado.
(a começar pelo anjo do meio que é o principal) agora meus amigos cheguem até aquela arvore e descanse naquela sombra, pois lá está bem melhor que aqui dentro de casa, pois está fazendo um calor de rachar, enquanto descansam vamos preparar as iguarias, para que possam aquecer vossos corações. (Continua)

Posted by Eni José de Oliveira at 12:32 0 comments



Quinta-feira, 5 de Julho de 2007
----- Novela Virtual A Grande Promessa Cap.13 ---
Capitulo 13
Cenas na casa de Abrão

161 - Abrão  Sarai; a muito tempo você me falou na possibilidade de, de eu ter um filho com uma das criadas, eu reneguei esta idéia, porque não suporto a idéia de magoar você, mas em vista da situação, já estou chegando a conclusão de que você está certa, estamos cada vez mais velhos e o tempo está passando, como poderei ser pai de uma grande nação, se não tiver filhos?, Mesmo sendo com outra pessoa?

162 - Sarai  Eu só estava esperando você se manifestar, vou hoje mesmo falar com Haagar, pra ela vai ser muito conveniente, pois assim estará garantindo o seu futuro, gosto muito dela, pois muito me ajudou quando estive aprisionada do Rei, e também sei que saberá cuidar muito bem, do herdeiro de seu trono i. (ouve-se batendo a porta)

163 - Melquizedeque  (fala ao mesmo tempo em que bate a porta) Abrão,… Abrão,… sou eu seu amigo, não está reconhecendo minha voz?

164 - Abrão  Por favor, Sarai, veja quem é. Eu acho que estou reconhecendo esta voz, se for o Melquisedeque mande o entrar logo…

165 - Sarai  Há… é o senhor, por favor, entre, entre, Abrão vai ficar contente com sua visita ele está repousando, entre e fique a vontade.
Vou deixar vocês a sós, devem ter muito que falar, mediante os últimos acontecimentos, e além do mais já faz um bom tempo que não se vêem, sinta-se em casa. (fala e sae)

166 - Abrão  Ora veja,… há quanto tempo, que bons ventos o traz, sente–se e descanse, é um bom bocado de terra, entre seu reinado até aqui, e garanto que deves estar muito cansado, quais as novidades do seu reino que você veio partilhar comigo?

167 - Melquizedeque  Em primeiro lugar deixe-me tomar um fôlego, depois te conto tudo, (pausa para o fôlego) deixei meus escravos lá fora, para que possamos conversar mais a vontade, não gostaria de ser interrompido por inconveniência de nenhum escravo, (antes de se assentar, estende as mãos em direção a Abrão, abençoando-o) Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, possuidor do céu e da terra, e bendito seja o Deus Altissimo que entregou os inimigos em suas mãos,
E Abrão que não aceitou as oferendas do rei, e que não quiz nenhum lucro da batalha, deixando tudo para o rei; para que depois o rei não se gabasse, dizendo que o enriquecera.

168 - Abrão  Bendito seja você também: porque você também é protegido do nosso Deus Altíssimo, honra e gloria seja dado ao nosso Deus.

169 - Melquizedeque  Trouxe pão e vinho, para comemorar-mos sua vitória, sei que a vitória só aconteceu porque Deus estava na frente te orientando em todas as suas decisões.

170 - Sarai  (entrando) Eu também trouxe pão sem fermento, vamos nos alegrar na
presença do senhor nosso Deus pois só Ele é merecedor de toda glória.

(depois de muita conversa)

171 - Melquizedeque  Ótimo… ótimo… mas Abrão você está me devendo uma visita,
gostaria que você fosse passar uns dias lá no palácio, tenho uns projetos importantes, para melhorar a qualidade de vida do meu povo, e gostaria de ouvir suas opiniões.

172 - Abrão  Sou um homem muito ocupado, mas a qualquer momento destes, quando você menos esperar, eu apareço por lá, e terei muito prazer em ajudá-lo no que for possível e tenho absoluta certeza que vou utilizar de seus projetos para também poder ajudar meu povo, se a vossa majestade assim o permitir é claro.

173 - Melquizedeque  E Sentirei muito prazer em poder ajudar sua gente, então, meu amigo, tenho que ir, mas espero que você não demore a aparecer por lá.

174 - Abrão  Pode me esperar (despede-se com um forte abraço) até breve meu amigo, que o Senhor nosso Deus o Altíssimo, esteja te protegendo no caminho de volta.

175 - Sarai  (espera um pouco para falar) É homem de valor este seu amigo, não é mesmo, parece muito consciente em suas afirmações.

176 - Abrão  Realmente é uma pessoa em quem se pode confiar, gostamos de dividir nossas idéias, e sempre nos damos muito bem.

177 - Criado - (entra com um cesto de frutas e legumes) Pai Abrão, o senhor precisa ver como está, a nossa lavoura, parece milagre, tudo o que se planta desenvolve, de maneira que nunca vi antes, em lugar nenhum; é uma maravilha, a nossa horta está produzindo tanto a ponto de não ter consumo de tudo que colhemos.

178 - Abrão  Sim meu jovem, é o poder de Deus que está no comando de tudo e se manifesta na vida de todos os que atentam pra Ele, é preciso que andemos sempre em comunhão com ele, para que possamos sempre receber estas maravilhas. (continua)

Posted by Eni José de Oliveira at 11:10 0 comments



Quarta-feira, 4 de Julho de 2007
Novela Virtual a Grande Promessa cap.12
Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 12

Alguns anos mais tarde - Abrão descansa recostado em um banco, entra um mensageiro apressado e ofegante.

Mensageiro  Pai Abrão… pai Abrão… levaram Ló e toda sua família presa.

Abrão  Que me diz homem, fale com calma, como foi isto?

Mensageiro  É… os reis estavam em guerra contra Sodoma, e levaram tudo que puderam carregar, consegui me esconder e logo que pude sai correndo e vim avisá-lo.

Abrão  Deu pra você ver se tinha muitos guerreiros? E por onde foram? Sei que você está apavorado e afoito, mas tente lembrar de algum detalhe que nos facilite encontra-los, você não ouviu alguma coisa referente o caminho que eles iriam passar?

Mensageiro  Sim eram muitos guerreiros e estavam bem armados, os guerreiros estava muito ignorante e muito abusado, eu fiquei muito indignado, mas não tinha como fazer nada, foram naquelas estradas das bandas de Gomorra (fala atropelando as palavras)

Abrão  Então agora vamos reunir nossos homens, e vamos surpreendê-los pelo atalho, vamos logo não há tempo a perder, esses malditos vão pagar caro por esta afronta, você vai chamar o Eliezer, vamos nos organizar e traçar os planos para nada sair errado, e que o Nosso Deus esteja na frente desta batalha.

Sarai - O que está acontecendo, porque toda esta afobação? Calma assim, poderá sofrer um ataque de coração, você já não está com idade, pra tanta preocupação e de mais a mais fazer as coisas sem ter tempo para raciocinar torna-se muito perigos.

Abrão - Sei que preocupas comigo, mas o assunto é serio e não podemos perder tempo, Ló está em apuros e está precisando de nós.,vamos agir imediatamente, sei que o meu Deus vai me guiar, ele vai me mostrar o que tenho de fazer, e tenho certeza da vitória. (saem de cena)

Dias depois, Abrão, Sarai e Ló, estão na praça.

Abrão  Vamos aproveitar que estamos aqui na praça pra fazer algumas compras, estamos necessitando de algumas provisões, a batalha nos trouxe alguns desfalques e precisamos repor o que falta para nosso consumo, apesar de todo sacrifício, valeu a pena pois Deus nos deu a vitória, sobre nossos inimigos; graças a ele conseguimos recuperar Ló, sua família e toda sua fazenda.

Ló - Eu vou ficar eternamente grato ao senhor meu tio, eu não sei o que seria de mim e minha família se não fosse à intervenção do senhor, é por isto que eu sempre digo o senhor é mesmo um homem de fibra, e é respeitado por todos, mas tem um grande coração.

Sarai  Deus nos tem dado muitas vitórias, é preciso que estejamos sempre atentos; para não entrar-mos em atrito com ele, desgostar o nosso Deus é desgostar da própria vida..
Eu fico imaginando como tem gente ruim nesta terra, se todos fossem tementes a Deus, seria muito melhor para se viver aqui.

Abrão - Realmente… (é interrompido com a presença do rei Bera que é conduzido por quatro escravos)

Rei Bera  Parem!... Parem aqui, preciso falar com Abrão (dirige a ele a palavra) louvado seja Abrão, conquistador da grande luta contra nossos inimigos.
Eu sou o rei Bera, rei de Sodoma, (fala com certa arrogância, querendo se mostrar muito importante).
Declaro que por causa de sua coragem e valor, sua astúcia, você deverá receber as merecidas honras e recompensas, pela vitória contra nossos inimigos, o rei tem a honra de premiar o bravo guerreiro e chefe da tribo.

Abrão  Eu não quero nada disto, eu lutei apenas para libertar meu sobrinho e sua família das garras destes ignorantes, eu não sei por que, os reis se desentendem e nós é que ficamos no prejuízo, acho que deveriam ter mais responsabilidade e não sacrificar pessoa inocentes.

Rei Bera  (desconcertado, com indignação)… Não quer nada mesmo?

Abrão  Eu juro pelo senhor do universo, criador do céu e da terra, que não pegarei uma tira de couro das sandálias daqueles infelizes!… perdedor desta batalha; são todos seus. (vira as costas pro rei e vai sair).

Rei Bera  Você não está se esquecendo de nada, você sabe que agora seu povo está livre?

Abrão  É… graças a mim e a meu Deus; se dependesse de você a estas horas já estária-mos todos mortos (dirige se a Ló) agora sim, estamos todos livres para trabalhar e sonhar e viver em paz, (coloca as mãos no ombro de Ló e diz) agora você pode ir em paz e cuide bem de sua família, qualquer hora desta eu apareço por lá, pra ver como está a sua fazenda de gado.

Ló - Obrigado meu tio, nunca vou esquecer tudo isto; tudo que passamos foi muito sofrimento, mas agora estamos livres, como o senhor, disse para sonhar e vivermos em paz estarei aguardando a sua visita. (saem, primeiro os de Abrão depois os do Rei)
(Continua)

Posted by Eni José de Oliveira at 12:02 0 comments



Terça-feira, 3 de Julho de 2007
Novela Virtual a Grande Promessa cap.11
Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 11

Anos depois, cenas no curral, discórdia entre os pastores de gado de Abrão e Ló.

Primeiro pastor  Você não devia maltratar tanto assim seu animal, se Ló souber ele não vai gostar de ver o que você está fazendo.

Segundo pastor  Não quero palpites de outro pau mandado, que nem eu mesmo; você anda se metendo muito comigo, qualquer dia destes eu perco a cabeça, e você pode se dar muito mal comigo, cuide de sua vida e me deixe em paz, da minha vida cuido eu, não se mete.

Primeiro pastor  Eu não tenho medo de cara feia, mas você precisa ser um pouco mais educado, e ter mais paciência em seu trabalho, seu animal não tem culpa nenhuma de seus problemas, não queira descontar seus fracassos em cima de quem não sabe se defender e de mais a mais o tempo que você está perdendo com suas ignorâncias, já teria terminado suas obrigações.

Segundo pastor  Chega, não quero ouvi-lo mais; você é um tremendo de um puxa saco, está querendo fazer média com o Ló, o que você ganha com isto, será que você ganha mais que eu por causa desta puxação?

Primeiro pastor  Eu só gosto de fazer as coisas certas, e não me arrependo por isto, eu não trabalho para puxar ninguém, mas gosto de fazer minhas obrigações, de maneira a não deixar margem para que ninguém me chame ‘a atenção, por uma coisa banal, afinal de contas se não estou satisfeito com meu serviço, tenho que falar é com o patrão, mas nunca descontar minhas frustrações em cima de outro.

Segundo pastor  (em tom de ameaças) Suma daqui, não quero ver sua cara por aqui, se você cruzar meu caminho novamente, juro que lhe mato, fique com sua dedicação fajuta e vai....(É interrompido por Eliezer)

Eliezer  Chega de discussão, se Abrão souber ele vai castigar os dois, já a muito tempo que venho observando os dois e tenho notado que não estão se entendo, e podem ser castigados por isto.

Abrão  (entra em cena) Não quero que os nossos problemas sejam resolvidos a custa de violência, nem de sangue derramado, (dirige a Eliezer)…vá chamar Ló, quanto a vocês dois, vá cuidar de suas obrigações e não me arrange mais problemas !…. (os dois saem)


Ló  (entrando) Mandou me chamar meu tio? Vim logo que recebi a noticia da briga dos pastores, quem começou?

Abrão  Quem começou isto não importa, nossos pastores estão brigando muito, e estão sempre se desentendendo, precisamos tomar providencias urgentes, para não causar mau maior, o que você me sugere?

Ló  Meu tio Abrão, eu já havia notado as indiferenças entre nossos pastores, mas ainda não tinha visto nada sério, mas pelo que Eliezer me falou desta vez, foi muito desagradável; o que podemos fazer? Só se…

Abrão  Só se o que?… Termine…

Ló  Bem, nosso gado tem aumentado muito graças a Deus, e estou vendo que nossos pastos estão poucos, será que não está na hora de separar-mos?, mas isto se o Senhor estiver de acordo.

Abrão  É… pra dizer a verdade, eu já havia pensado nisto e vejo que chegou o momento.
Pois bem, você pode escolher as terras que quiser; se escolheres a minha direita eu vou para esquerda, se a esquerda escolher, para direita eu irei, pra mim não faz diferença pois o meu Deus vai estar comigo aonde eu estiver.

Ló - (olha pra direita, olha para a esquerda e decide)…Da mesma maneira penso eu, mas já que o senhor me deu a oportunidade de escolher, vou ficar com estas terras das campinas do Jordão, pros lados de Sodoma.

Abrão  Pra mim tudo bem, eu fico aqui pelas bandas de Canaã mesmo, podemos então começar a dividir nossas coisas e nossos gados, e que o nosso Deus nos ajude nesta decisão. (Continua)

Tuesday, July 03, 2007

Novela Virtual A Grande Promessa Cap 08-09-10

vela Virtual A Grande Promessa

Capitulo 10

Cenas nos aposentos do Rei, o rei alucinado se descabelando, num desespero total anda de um lado para outro, como um louco dando gritos de horror, assustando até os moradores mais afastados.

122 - Abrão  (Pensando alto e se gesticulando, estou preocupado com sarai , será que ela está sabendo o que está se passando, será que ela está bem? Se tudo correr bem, prometo para o meu povo, melhorar as condições de vida de todas as famílias, acho que o meu Deus vai aprovar minhas intenções.) (chegando aos aposentos do Rei)

Mandou me chamar majestade, em que posso servi-lo, o que se passa? (fala como quem já soubesse o que estava acontecendo, colocando um pouco de cinismo em suas palavras)

123 - Rei  O seu Deus me castigou severamente, sinto dores horríveis, a minha cabeça parece que vai explodir isto só pode ser por eu ter tomado Sarai; o que é isto que você me fez, porque não disse que era casado com ela? Porque fez isto comigo? (o Rei humilhado implora para Abrão que intercedesse por ele, para se livrar daquele terrivel mal). Por favor peça o seu Deus para retirar de mim este mal, eu já não suporto mais tanta dor, me sinto ofendido e humilhado, mas peça por favor.

124 - Abrão  Vossa majestade acha que foi ofensa o que eu fiz, mas para o meu Deus, é ofensa muito maior, matar os maridos para ficar com as esposas deles; existe muita coisa que eu não tenho certeza ainda, mas de uma coisa eu tenho absoluta certeza que o meu Deus não mandou que ficasse com ela e por isto está sendo castigado. Eu e Sarai fomos feitos um para o outro e ninguém vai mudar isto.

125 - Rei  Eu sei!... Eu sei!... E estou profundamente arrependido, e não quero mais desafiar o seu Deus, eu aprendi muito com você Abrão, e que tudo isto sirva de lição, para mim, para nunca mais repetir estes erros, e de agora em diante tudo aqui vai mudar, leve sua mulher e as escravas que designei para servi-la, elas poderão lhe ser muito útil, vá em paz, ninguém vai importuná-los, os meus soldados, irão escoltar vocês até as terras onde vão morar, e espero que não seja esta a única vez que nos vemos, pois apesar de tudo ainda quero conviver um pouco mais contigo para aprender mais a respeito do seu Deus.

(Realmente naquele reinado houve uma transformação radical para melhor, era tudo que o povo queria, já não havia mais torturas, e nem trabalhos forçados, a alimentação era farta e o respeito imperava na vida de todos, todos tinham respeito um pelo o outro e a felicidade era visível no semblante de cada um.) (Continua)

Para efeito de postagens de outras novelas Virtuais, precisamos da avaliação de cada um, comente e dê sua nota de 0 a 10 - contato - enijoliveira@gmail.com

Posted by Eni José de Oliveira at 10:41 0 comments



Sexta-feira, 29 de Junho de 2007
Novela Virtual A Grande Promessa Cap 09
Novela Virtal - A Grande Promessa

Cap.09

Cenas no pátio do palácio

Abrão  Ló, deve Haver um jeito de tirar Sarai de lá, Eliezer venha, vamos nós três traçar um plano.
Ló, procure saber quantos guardas tem, Eliezer prepare os homens, e vamos tirá-la de lá; mas com cuidado, porque Sarai não pode correr nenhum risco. (enquanto isto Nicanor entra em cena trazendo um criado ferido até Abrão)

Nicanor - Pai Abrão, este rapaz, foi separar uns animais que estavam brigando, e acabou sendo pisoteado por eles, parece que ele está muito machucado, preciosa de socorro urgente.

Abrão - Levem-o até a cabana das mulheres, elas têm o ungüento para por em suas feridas e estão preparadas para estes casos, (volta à conversa anterior) agora vamos voltar ao nosso plano de resgatar a Sarai.

Eliezer- Abrão, pense um pouco mais; não devemos nos precipitar agora, você é responsável por toda essa gente, e como você mesmo disse; Deus não te prometeu uma grande nação? E abençoarias todos que te abençoar e amaldiçoaria todos que te amaldiçoarem, então Abrão confia nele.


Abrão  É Eliezer, apesar de estar tão pouco tempo entre nós, está se mostrando que posso confiar em você, está coberto de razão; parece que eu estava num sono profundo, foi bom você me acordar, obrigado; mas agora quero fica sozinho com minha dor (de repente o rei começa uma gritaria, como se tivesse aterrorizado).

Eliezer  Você ouviu Abrão, os gritos do rei, quem sabe não é o nosso Deus se manifestando!...É como eu sempre digo quem pode como nosso Deus? O Deus verdadeiro o Altíssimo.

Abrão  Não tem a menor dúvida, fico feliz em ver que você está se referindo ao nosso Deus assim… vamos aguardar os resultados. (o criado do rei entra em cena ofegante e apressado)

Criado do Rei - A vossa majestade o rei parece que está ficando louco está como um possesso pulando e batendo a cabeça na parede, tentando amenizar a dor que está sentindo.
Eu não sei o que aconteceu com ele, desde a hora que o Sr. Abrão saiu de lá que ele não tem sossego e está chamando o com urgência.

Eliezer - Cuidado Abrão, com as reações do rei ele está desesperado, já vi casos de loucura que acabaram em morte.

Abrão - Vocês não precisam se preocuparem, saberei como lidar com ele, ou vocês esqueceram que o meu Deus está comigo. (Continua)

Para lançamento de outras Novelas Virtuais, Precisamos de sua avaliação,
Dê seu racadinho, se possivel comente - e dê sua nota de 0 a 10

Eni'Site - http://enijoliveira.multiply.com

Blog do Oliveira - http://oliveirana.blogspot.com

P R Ó X I M O L A N Ç A M N T O - * O PREÇO DA GANÂNCIA * NO OUTRO SITE

Posted by Eni José de Oliveira at 10:46 0 comments



Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
Novela Virtual A Grande Promessa Cap 08
Novela Virtual - A Grande Promess

Cap.08

O rei assentado em seu trono, mostrando a ostentação que lhe é peculiar, conversa com um de seus súditos…

Rei - Como são estas gentes, que vem do sul e que quer falar comigo?

Súdito - É um povo de boa aparência, que apesar de estarem cansados da viagem, estão vestidos descentemente, parecem ser gente boa.

Rei - E tem muitas mulheres entre eles? Procure saber, e me traga o relatório.

Súdito - Sim majestade, vou verificar isto, e volto já, já. (sae volta alguns minutos depois, trazendo algumas mulheres, mas antes o principe chega com Abrão, Sarai e Ló)

Principe - Aqui estão majestade, o líder do povo mais os seus companheiros, que estão habitando as terras do sul.

Rei - Muito bem agora você já pode se retirar. (dirige-se a Abrão)… muito bem o que os trazem até a mim? (enquanto conversam, não tira os olhos de Sarai)

Abrão - É que nós somos recentemente, chegados a esta região, e queríamos pedir permissão para habitar as terras do sul.

Rei - Vejo que és homem precavido, e pela sua postura, nota-se que é homem de bem, e esta mulher que está contigo quem é?

Abrão - É minha irmã Sarai,… ela me é muito útil, na administração do meu povo.

Rei - (demostrando um interece especial por Sarai) É… sua irmã, é realmente muito bonita, e com as qualidades que tem, resolvi agora ficar com ela.

Abrão  Mas… Majestade… (o rei corta rispidamente)

Rei - Não me interrompa; continuando, receberás algumas ovelhas gado e camelos para começar a vida aqui, receberá também carroças, tendas, sementes e alimentos, terão pastagens para o gado e terão de obedecer às ordens deste reinado, (faz uma pausa) sua irmã agora faz parte deste reinado; agora podem ir. (neste momento o súdito chega com as outras mulheres)

Abrão  Mas majestade nós temos tantas outras mulheres, e o senhor escolhe justamente a que mais me serve como lhe disse ela é o meu braço direito no comando deste povo.

Rei - Não tem mais e nem meio mais, eu quero ela e pronto, foi por isto que lhe ofereci todos estes bens, agora retirem-se é uma ordem.

Abrão - Sim senhor. (retira-se indignado) (Continua)

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX----------XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Para outros lançamentos de Novelas Virtuais, dependemos de sua avaliação

a respeito das que estão em evidência;

Mande seu racadinho e dê sua nota - de 0 a 10.

Novela Virtual - Nunca é Tarde Para Voltar - http://enijoliveira.multiply.com

Novela Virtual - A Grande Promesa - http://oliveirana.blogspot.com

Contato por e-mail - enijoliveira@gmail.com

Friday, June 29, 2007

Novela Virtual - A Grande Promessa Cap. 07

Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 07

Dois dias depois, cenas no pátio do palácio.

Ló - (conversa com um dos servos de Abrão)… Precisamos ficar atentos, para não sermos surpreendido, estamos em terras estranhas e não sabemos os costumes daqui.

Nicanor- Acho que deveríamos ter deixado nossas mulheres em casa, olhe como eles reparam cada uma delas, parece até que não existe mulheres por estas bandas.

Eliezer - (entra na conversa)… Ter!.. Garanto que tem, mas tenho certeza que nunca viram mulheres tão bonitas.


Nicanor - (sentindo ofendido) Pra você Eliezer que é novo no grupo, tem que tomar cuidado, no que fala e no que faz, porque o tio Abrão, é muito generoso, mas sabe também ser enérgico quando precisa e todos nós o respeitamos muito.

Eliezer - Não disse por mau, só queria quebrar um pouco a tensão, pois estou vendo um certo nervosismo estampado nos rostos de cada um; tudo o que o senhor Abrão fez por mim, vou saber recompensá-lo de alguma forma, sou muito grato a ele…
(fica o grupinho de homens conversando, nisto chega o príncipe do rei)

Príncipe do rei  Quem é o responsável pela caravana?

Ló  É o meu tio Abrão (apontando para Abrão).

Príncipe  É você que é o Abrão, que está querendo falar com o rei?

Abrão  Sim, nós somos novos aqui nestas terras e queria pedir permissão ao rei, para habitar ao sul destas terras com meu povo.

Príncipe  Sim; venham comigo, vou levá-los ao rei. (Abrão, Sarai e Ló, acompanha o príncipe, ficando em cena Nicanor e Eliezer)

Nicanor - Geralmente quando se tem algum novato, no grupo sempre tem algumas dissensões por causa dele, quero alerta-lo, pra você saber como agir, caso aconteça alguma coisa.

Eliezer - Fico grato, por se preocupar comigo, não vai se arrepender disto, vamos até a entrada do palácio ver o que está se passando por lá!…(saem) (Continua)

--------- De segunda a sexta, sempe um novo capitulo ----------

Veja a Novela Virtual - Nunca é Tarde Para Voltar, um misto de conto policial com desfecho evangelistico. em outro Site - Eni1S Site - http://enijoliveira.multiply.com

Tuesday, June 26, 2007

Novela Virtual A Grande Promessa - Cap. 04

Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 04

Cenas no campo, Abrão assentado em uma pedra, pensativo, cabisbaixo,
(Chega Nicanor, um dos teus cervos, prestando relatorio de suas obrigações)

51 - Nicanor - Eu já terminei a tarefa que o senhor me encarregou, e estou aqui pra saber o que o senhor quer que eu faça agora.

52 - Abrão - Muito bem, agora junte se aos outros, porque tenho pressa em fazer aquele aceiro, está fazendo muito sol, e a pastagem está muito rececada, e eu não quero que o fogo passe para outra banda, se isto acontecer vai comprometer a melhor parte do pasto.

53 - Nicanor - Está bem, vou pegar minhas ferramentas e imediatamente irei pra lá.(sae)
(Abrão volta a se assentar, e com um pedaço de graveto começa a riscar no chão, como se tivesse fazendo contas, quando de repente se assusta com a voz de Deus)
54 - Voz de Deus  Abrão… Abrão.

55 - Abrão  (olhando ao redor, procurando a voz) Eis me aqui Senhor, estou pronto para ouvir e obedecer.

56 - Voz de Deus  Abrão, sai de onde você mora, da casa de seus pais e de seus parentes, deixe tudo, e vai para terra que te mostrarei.

57 - Abrão  Sim Senhor, estou pronto para te servir e obedecer, faça em mim a sua vontade.

58 - Voz de Deus  Vou fazer de você uma grande nação, vou te abençoar, vou fazer grande o seu nome; abençoarei todos que te abençoar, e amaldiçoarei todos os que te amaldiçoarem e todas as famílias da terra bendirão o seu nome.

59 - Abrão  Obrigado meu Deus, farei tudo para merecer sua confiança e estarei sempre em comunhão contigo. (neste momento as nuvens no telão se movimentam e Abrão fica como se tivesse fora de si - iluminado)
60 - Ló -- (aproxima preocupado com Abrão) (é sempre importante o perssonagem aparecer com alguma coisa que-o identifique com o seu trabalho)…O que está acontecendo tio Abrão, o senhor está precisando de ajuda?

61 - Abrão - Não!… não!… estou muito bem, bem até demais; é que eu estava falando com meu Deus, as coisas vão mudar muito para todos nós.

62 - Ló - Como assim tio, não estou entendo nada!…

63 - Abrão - Na hora certa todos irão saber, agora tenho que ir para casa.
(Continua)


Veja a Novela Virtual - Nunca é Tarde Para Voltar, um misto de conto policial com desfecho evangelistico - Eni'S Site - http://enijoliveira.multiply.com

Monday, June 25, 2007

Novela Virtua - A Grande Promessa Cap. 05

Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 05

Cenas em casa de Abrão

64 - Abrão  É… estou cansado, o trabalho hoje foi duro (se assenta e coloca as mãos cruzadas sobre a nuca comprimindo os dois antebraços contra a cabeça).

65 - Sarai  O que te aflige meu amado?

66 - Abrão  É; realmente estou mesmo muito preocupado, ás vezes fico pensando… (faz uma pausa), você é a melhor parteira que já conheci em toda a minha vida, um grande numero de crianças desta região, passaram pelas suas mãos; você deve sofrer muito, ver tantas crianças dos outros e não consegue me dar um filho! Você é mesmo diferente de todas as mulheres, nunca vi tanta resignação!...

67 - Sarai  Não se preocupe com isto meu amado; se sou estéril, porque é da vontade de Deus, ele sabe muito bem o que faz; estou pensando seriamente, em permitir, que você tome uma de nossas servas como mulher; quem sabe ela não lhe dará um filho…

68 - Abrão (desconcertado) Nem pensar uma coisa desta, eu-a amo muito, e não quero fazer nada que possa magoar você, se você não é fértil, é porque Deus quer assim, você mesma diz, portanto você não tem culpa de nada é como diz; Deus sabe o que faz.

69 - Sarai  É; se Deus tem um plano para nós, devemos entender que fazer uma viagem desta, que ele te ordenou, carregando criança no colo não seria nada fácil; vamos em primeiro lugar obedecer o seu mandado, chegando lá nós vamos ver o que fazer.

70 - Abrão  A cada dia que passa, eu te admiro mais; você sempre me passando mais confiança; Você é muito especial pra mim (e lhe dá um beijo), então vamos dormir porque amanhã bem cedo, temos que partir, será uma grande viagem.

71 - Sarai - Mas como assim bem cedo, não temos que nos organizar para a viagem?

72 - Abrão - É claro, mais tem que ser o mais o mais cedo possível, Deus quer que deixemos tudo, vamos levar somente o necessário para a nossa sobrevivência, o resto ele proverá. (Continua)

Novela Virtual - A Grande Promessa Cap. 01 e 02

Novela Virtual a Grande Promessa

Cap. 02


Cenas no pátio do palácio

14 - Rei - Está aberta a audiência. O Sr. Naor pode expor seus objetivos.

15 - Naor  …Eu Naor, falarei por meu pai!…(pausa) ele não estava em condições de viajar, mas me encarregou a falar por ele: a generosidade do rei é conhecida no mundo todo; temos prosperado aqui graças a sua grande benevolência; e tem a nossa eterna gratidão:

16 - Príncipe  Conversa fiada, não nos interessa, seja mais objetivo o que tens para oferecer neste novo ano?

17 - Naor  Neste novo ano vamos trazer a mesma quantidade de gado e ovelhas que trouxemos ano passado; ouro, prata, tudo o que conseguirmos.

18 - Rei  Nós agradecemos sua oferta… mas, meu velho, ainda é pouco… quero o dobro de tudo quanto nos foi pago ano passado, a população está aumentando e é justo aumentar os impostos para aplicar em melhorias para nossa comunidade.

19 - Naor  O dobro Majestade?… isto está fora de nossas forças, e o que daremos para os nossos filhos? Já estamos achando difícil do jeito que está quanto mais aumentar mais ainda.

20 - Rei  Isto é problema familiar e em problemas de família eu não me meto, (desdenhando) isto são vocês que terão de resolver: se não conseguir pagar-me esta proposta, vossa tribo deverá deixar nossas terras.

21 - Abrão  Porque abusa tanto de nós, nesta situação?… no passado, já nos odiavas, gostava de tripudiar em cima de nossas necessidades, cavamos nossos poços e fomos pisoteados, fazendo com que pagássemos, pela água que bebíamos; deu-nos suas piores terras, e depois por causa do esterco do gado; tirou-nos de lá, assim seus homens poderiam tirar proveito da terra estercada, pediu que nos entregássemos seus inimigos, e nós os colocamos a seus pés.

22 - Rei  (irônico) Então, foram vocês que… fizeram tudo isto? Coisa nenhuma, foram os meus deuses que colocou meus inimigos a meus pés.

23 - Abrão  Ora… Ora, pois sim!… Os seus deuses não respondem nem por eles mesmos, eu nunca vi um monte de barro ou um pedaço de pau fazer alguma coisa para alguém!... É muita heresia!....

24 - Rei (com ironia) Como ousa falar assim dos meus deuses, eu exijo respeito por eles, você pode pagar caro por sua ousadia, em nome de quem você faz esta afronta?

25 - Abrão  Eu falo em nome do Deus Vivo o Altíssimo, o Deus verdadeiro.

26 - Rei  Você veio de Ur, uma pequena tribo, e quer me chamar a atenção; pois eu vejo vocês, e só me faz lembrar da praga de piolhos sobre nossas cabeças, que serão esmagados um por um; portanto se quiserem ficar aqui, terão que pagar o dobro e sem conversa.

27 - Abrão  Naor, quando te falou que a nossa tribo cresceu, graças a sua generosidade; então fico pensando, onde está a sua generosidade?
Nossa tribo cresceu, por causa de nossas crianças, nossas mulheres são férteis e o nosso Deus, que é o Deus verdadeiro, tem nos abençoado, multiplicado e compensado todo nosso esforço.

28 - 2º príncipe  É… eu soube que sua mulher, é muito virtuosa e muito bonita, e muito…

29 - Abrão  Você por ser príncipe do rei, devia se dar o respeito; e eu vou lhe ensinar como respeitar as mulheres dos outros.

30 - Naor  (segurando-o pelo braço) Não Abrão, acalme-se, não vou deixar você cair na armadilha das provocações, será que você não vê, que é isto mesmo o que eles querem, vamos jogar como eles desejam, depois veremos como agir,
(vira para o Rei e diz) vossa alteza tem razão, teremos o maior prazer em atender suas solicitações.

31 - Rei  Então vamos acertar tudo, para que no futuro não venham dizer que foram enganados.

32 - Abrão  (ainda revoltado) Como se adiantasse algum acerto, no final, ele sempre arranja um jeito de nos tripudiar, agente sempre fica no prejuízo, com seu abuso de poder.

33 - Naor  Abrão procure acalmar-se, vamos para esse tal acerto (com as mãos nos ombros de Abrão; tentando acalma-lo, prossegue) depois que pegarmos os comprovantes do acerto, vamos encontrar com nossas mulheres e Ló, eles já devem ter comprado a cidade toda.

34 - Abrão  É! Eles devem estar se divertindo, vamos nos encontrar com eles e terminar-mos de fazer as compras, porque, não vejo a hora de sair desse ar contaminado. (Continua)

Posted by Eni José de Oliveira at 12:03 0 comments



Terça-feira, 19 de Junho de 2007

Novela Virtual a Grande Promessa Cap. 01

“A Grande Promessa” “ Eni José de oliveira “

Ano 2003

Baseado nos capítulos 12 a 22 Gênesis.

Capitulo 01

Cenas na casa de Naor, duas crianças brincam de pega-pega, Milca cuida de suas obrigações domésticas.

01 - Milca - Vocês vão brincar lá fora, porque o Naor está pra chegar e ele não gosta de ver menino fazendo arruaças dentro de casa, e além domais já está na hora do almoço, vão se lavar, vocês estão imundos!…

02 - Naor  (entrando, vai até a talha tira água, conversa com Milca enquanto coloca a água na caneca, fazendo gestos com a vasilha nas mãos) Milca você precisa ver as imagens que eu acabei de fazer, elas parecem ter vidas própria, agente olha pra elas e dá se a impressão de que elas estão querendo falar alguma coisa com agente.

03 - Milca - Você precisa ter cuidados, com estas imagens que você está fazendo, sabes muito bem que seu irmão Abrão não aprova isto, e, além, disto você não acredita nestas heresias, não é mesmo!…

04 - Naor - Acreditar, eu não acredito mesmo, mais elas me rendem um bom dinheiro.

05 - Milca - Eu não sei o que você se refere a um bom dinheiro, vejo você batalhando em cima disto, e não tenho visto resultado deste trabalhão todo, pois estamos sempre na dependência de seu irmão, porque você não segue o exemplo dele?

06 - Naor - Depois conversaremos mais a respeito deste assunto, porque Ló e Sarai estão vindo aí.. (entra Ló, e Sarai)… achegem-se e se acomodem, por favor, vocês já estão sabendo que amanhã iremos à cidade? Já está completando um ano que fomos lá, parece que foi ontem!... É… duro, mas todos os anos somos forçados a ir mos entender com o Rei; Milca Junte tudo o que você quer levar para a viagem; deixe tudo organizado, porque meu irmão Abrão é muito sistemático; ele não gosta de atrasos, vê se coloca uma roupa mais decente porque estamos indo a cidade, e naturalmente que vamos ter com muita gente importante por lá.

07 - Ló  As minhas coisas já estão praticamente organizadas, eu não tenho muita coisa pra levar, mas vou levar algumas patacas, pois se achar alguma coisa que me interessar lá, eu vou comprar.

08 - Milca  Eu também quero comprar umas coisinhas para aproveitar a viagem! Há.. Eu e Sarai vamos na mesma carroça, não é mesmo Sarai?

09 - Sarai  Claro temos muito que conversar: apesar de ser divertido esta viagem, não sei por que precisamos ir; é tão cansativa… vão resolver problemas com o Rei e o que nós temos a ver com isto?… e além do mais estas estradas são muito perigosas, tem muito mal feitor pelo caminho, e isto me mete medo.


10 - Ló  É!... Mas estamos preparados para qualquer abusado que atravessar nosso caminho, tio Abrão faz questão da presença de todos para ajudar nas compras, e eu pretendo dar umas voltas pela cidade, pois há muito tempo que não vou lá, e garanto que tem muitas novidades, pra gente ver, quem sabe se eu não encontro uma companheira pra mim!…

11 - Naor  É você tem razão, mas não podemos atrazar, enquanto fazemos as compras, aproveitamos para olhar as novidades, não podemos nos dispersar, porque Abrão quer a nossa presença na hora das compras; ele gosta de ouvir nossas opiniões.

12 - Abrão  (entrando) É… isto mesmo, é bom que vocês se preparem, porque amanhã bem cedo, eu não quero esperar por ninguém, quero ser uns dos primeiros a ser atendido pelo rei, para isto não podemos perder tempo: precisamos acertar nossos impostos com ele, e vou aproveitar, para fazer algumas compras de suprimentos; quero resolver a questão dos impostos logo; para poder voltar para casa o mais depressa possível, pois temos muito que fazer aqui, por isto não podemos perder tempo; a caminhada é longa e vamos perder um bom tempo nas compras!... (Faz uma pausa e continua) Vamos Sarai!... Vamos nos preparar para a viagem.

13 - Sarai - Sim vamos, até amanhã pra todos. (Continua)

Veja a Novela Virtual - Nunca é Tarde Para Voltar, um misto de conto policial com desfecho evangelistico. No outro Site -
Eni'S Site - http://enijoliveira.multiply.com





Posted by Eni José de Oliveira at 08:29 0 comments

Thursday, June 21, 2007

Novela Virtual A Grande Promessa Cap. 03

Novela Virtual - A Grande Promessa

Capitulo 03


dias depois, cenas na casa de Naor

35 - Naor  (entusiasmado em casa) Venha aqui meu irmão, veja quantos deuses eu fiz um deus para cada tipo de necessidade; um deus para te proteger no campo, na colheita, um deus para te proteger contra o fogo, outro contra mau olhado, tem até o deus da fertilidade, você deve estar precisando muito dele, pois sua (com malicia) mulher é! …….estéril, quem sabe…

36 - Abrão  (interrompe) Basta!.... Não fale mais nem uma palavra, você precisa deixar estas heresia meu irmão, isto pode lhe custar muito caro, como pode um pedaço de barro pode te ajudar em alguma coisa?

37 - Naor  Ajuda sim, eu engano aqueles idiotas lá na rua, e consigo um bom dinheiro com eles.

38 - Abrão  Você sabe muito bem o que eu penso disto, você se comportando assim, Deus vai acabar se aborrecendo, com você, eu não posso deixar que você continue com isto.

39 - Naor  Eu acho engraçado, você defende tanto esse… “Deus” que ninguém vê. Não sei o que você ganha com isto.

40 - Abrão  Tudo o que tenho eu agradeço a Deus, alias tenho até mais do que mereço, se tenho o que tenho é porque Deus é muito bom pra mim, se você não consegue enxergar tudo o que Deus tem feito por você é porque você é um ignorante mesmo, só não vê quem é cego, não sabe olhar para se próprio.

41 - Naor  Você diz com tanta autoridade a respeito deste Deus, que até parece que convive com ele.

42 - Abrão  Realmente eu não faço nada sem pedir a sua ajuda, e tudo o que eu peço ele me atende.

43 - Naor - Mas como eu faço para poder, receber ajuda deste Deus?

44 - Abrão - Primeiro, você tem que se mostrar que está realmente arrependido de tantas irregularidades que tens cometido depois de coração aberto você conversa com ele, mas lembre-se, terás que ser sincero em seus pedidos, se não as coisas podem piorar em vez de melhorar.

45 - Naor - Mas o que eu faço com estas imagens?

46 - Abrão - Elas não merecem nenhum respeito, se você continuar com isto, você vai se dar muito mal, eu me encarrego de destruí-las (pega o cajado e destrói todas as imagens), você precisa firmar seus pensamentos, no Deus vivo, no Deus verdadeiro que fez o céu e a terra, e tudo que existe sobre a face da terra.
47 - Naor  Você fala, fala, mas eu não consigo entender, como posso crer num Deus que não estou vendo?

48 - Abrão  Olhe para o céu, olhe a seu redor, veja tudo, será que você não vê a grandeza de Deus, nestes grandes feitos.?

49 - Naor É… você tem razão, realmente tem que se pensar nisto, essas imagens que você quebrou me custou muito, dias de trabalho, mas tudo bem meu irmão, agora vou procurar outras atividades pra mim.

50 - Abrão  O importante agora é se preocupar com o futuro, é como dizia o nosso avô Serugue; olhar pra frente é prosperar é crescer, pensar no passado é atraso de vida, não adianta chorar o leite derramado, comece pedindo orientação ao nosso Deus, pelas suas novas atividades, tenho certeza meu irmão, que de agora em diante, as coisas vão melhorar pra você. Deus não vai deixar você na mão, procure fazer sempre a vontade dele, e você verá que eu tenho razão no que eu estou lhe dizendo (com as mãos no ombro de Naor, continua) fique certo de que Deus vai lhe ajudar, agora tenho que ir, o dever me chama (vai saindo, volta) há!…se você quiser saber como falar com ele, é só me procurar, que estou pronto a ajudá-lo. (Continua)

Não deixe de lêr a Novela Virtual - Nunca é Tarde Para Voltar, em outro Site

Eni's Site - http://enijoliveira.multiply.com

Monday, June 04, 2007

------ Acerto Final ------

– Acerto Final


Quando paro para meditar como vai ser o meu encontro com meu Deus, frente a frente para com Ele acertar minhas contas.
Muita coisa vem em minha mente, coloco a minha vida em suas mãos, como se fosse um livro de atas, onde presto a Ele o meu relatório de como vivi, e como procedi em minha existência aqui na terra no meu dia a dia.
Deverei passar por uma analise de todos os meus feitos e mediante o que constar em sua analise, receberei a sentença.
Se a minha vida estiver dentro dos padrões de seus ensinamentos e de suas exigências, naturalmente Ele com seu Dedo indicador, vai me apontar o seu lado direito, me autorizando a se assentar e participar com Ele do seu reino.
Mas se a minha vida estiver apontando um relatório negativo, por eu não ter cumprido a minha responsabilidade com minhas tarefas que me foi confiada.
Por eu não ter feito caso em testemunhar, dando maus exemplos, e que com meu mau comportamento eu tenha desviado outros de aceitar os seus ensinamentos.
Se fui um relapso em atender as necessidades de meu próximo, enfim se eu não tiver deixado as coisas do mundo, naturalmente Deus estará apontando o seu Dedo indicador para o seu lado esquerdo e dizendo que não me conhece, e me despachando para o abismo onde haverá choro e ranger de dentes.
Como você imagina como vai ser o seu acerto de contas no juízo final?
Você tem que levar em conta que ninguém saberá o dia e nem a hora que Jesus há de voltar, por isto o que terás de fazer, tem que ser feito agora enquanto você está vivo.
Se deixar para a ultima hora pode não haver mais tempo, pois como a palavra de Deus nos adverte a vinda de Jesus Cristo será como relâmpago que passa rápido, e não terás tempo para oscilações ou dúvidas.
Também a vinda de Cristo será comparada à chegada de um ladrão em sua casa, pois ele jamais vai avisar a alguém que vai roubar na casa dele.
Em vista disto temos que nos preparar com antecedência e permanecermos firmes, pois não saberemos o dia e nem a hora e nem como Jesus há de vir.
E como preparar para esse grande encontro?
Em primeiro lugar temos que procurar nos santificar a cada dia, fazer de nossas vidas um instrumento de impacto positivo, ajudando a quem precisar segundo as forças de cada um.
Procurar administrar nossos dons com sabedoria, pedindo ajuda diretamente a quem devemos pedir e este alguém é unicamente o nosso Senhor Jesus Cristo.
E não podemos nos apegar a nenhuma outra fonte, para não nos desviar do caminho certo.
Que os nossos dons sejam santificados com honra e que sejam frutos de bondade e mansidão para com nosso próximo.
E para que todo o poder e a glória de Deus sejam manifestados através destes dons e de nossos feitos e de nosso testemunho e que tudo possa resplandecer de forma positiva em nossas vidas mostrando a nossa verdadeira identidade de Cristão.
A ninguém oprima e nem enganem a seu irmão em qualquer tipo de negócios ou em qualquer outra atividade.
Temos que ser honestos e sinceros uns para com os outros, ter cuidado em nossa maneira de viver e conviver e como agir com o nosso próximo e não tentar fazer justiça com as próprias mãos.
Pois a Deus pertence à vingança e a justiça e que não façamos nada que venha a contrariar a sua vontade, pois Ele não nos chamou para sermos violentos e nem para nenhuma imundícia, mas para sermos pessoas separadas e santificadas.
Se desprezarmos os seus ensinamentos e os seus mandamentos, não estaremos desprezando a um homem qualquer, mas a Deus com sua bondade e misericórdia que nos deu também o seu Espírito Santo.
Para muitos, naturalmente que ainda existem muitas dúvidas a respeito dos que já morreram.
Como será o acerto de contas com os que já se foram, e muitas outras perguntas surgem a este respeito.
Mas a palavra de Deus é muito clara, segundo a afirmação, na carta de Paulo em I Tessalonicenses cap. 4.v.13.a.17 nos mostra claramente como será, e que fazemos questão de copiar na Bíblia, para o seu melhor entendimento, diz assim.
Não quero porem irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entreteçais, como os demais, que não tem esperança, porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
Dizemos-vos, pois isto pela palavra do Senhor, que nós os que ficarmos vivos para vinda do Senhor, não precederemos aos que dormem.
Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alaridos e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, depois nós os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens a encontrar o Senhor nas ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
É importante observar que não precederemos aos que dormem, por toda ansiedade que tivermos neste momento.
Teremos que esperar a ressurreição dos que dormem em Jesus Cristo, sabendo que, mesmo os que ficarem vivos na hora do arrebatamento, serão somente aqueles que forem escolhidos naquele momento.
O restante ficará para acertar contas juntamente com os que morreram sem aceitar a Jesus Cristo, e ficarão em segundo plano, pois somente os que dormem em Jesus Cristo ressuscitarão primeiro e subiremos juntos arrebatados com eles nas nuvens, as ressurreições dos demais virão posteriormente para o acerto final com nosso Deus.
Jesus estava ensinando no templo, e ao sair seus discípulos aproximaram-se dele, mostrando e comentando a respeito da grandeza e da suntuosa estrutura do templo, e Jesus dizendo mostrando para a estrutura.
Não vedes tudo isto?
Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada, aguçando assim a curiosidade dos seus discípulos que queriam aprender mais e mais dos ensinamentos.
Pediram para que Jesus dicessem a eles quando aconteceriam tais coisas e que sinal haveria de ter da tua vinda e quando seria o fim do mundo?
Jesus respondendo disse-lhes:
Acautelai-vos, e que ninguém vos engane.
Em outra passagem Jesus disse para vigiar e orar, pois não sabeis o dia e nem a hora, em que o filho do Homem há de voltar, e que precisamos ter cuidado com falsos mestres e com falsas doutrinas para não sermos enganados.
Pois muitos virão em nome de Jesus dizendo eu sou o Cristo, e muitos serão enganados, e o que temos visto e ouvido nos dias atuais, muitas pessoas sendo enganadas, por falsas religiões e muitos lideres inescrupuloso, tirando proveito do evangelho para iludir e extorquir os mais fracos na fé.
Jesus disse mais;
E ouvireis de guerra e rumores de guerra, olhai e não vos assusteis, porque é mister que tudo isto aconteça, mas ainda não é o fim, porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, haverá fome, peste, e terremotos em vários lugares, mas todas estas coisas são principio de dores.
E então esta, é a hora em que seremos testados a nossa fé, pois neste dia seremos torturados e atormentados de todas as maneiras e entregues a morte e seremos odiados por todas as pessoas que não estão no mesmo objetivo que o nosso.
Por causa do nome do nosso Deus e por causa de nossa fé, pois são pessoas entregues a maldade que terão de acertar contas com Ele, é importante notar que muitos se escandalizarão conosco.(Continua)

Thursday, May 31, 2007

------ O Poder da Ganância ------

*O PODER DA GANÂNCIA*

Conta-se que certa vez saíram três caçadores para caçar, se embrearam mata adentro, quando se deram conta; estavam perdidos, quanto mais procuravam a saída mais se aprofundavam mata adentro, e naquela ânsia de encontrar o caminho de volta, acabou se deparando com um grande tesouro.
Havia caído um avião de traficantes que transportava uma grande quantidade de ouro em barra, quando viram tanto ouro, começaram a fazer planos, cada um tinha em sua mente usar daquele ouro, para melhorar de vida, dar todo o conforto para suas famílias.
E naquela euforia de riqueza, começaram a repartir aquele tesouro, sem pensar como o havia de transportá-lo, pois não estavam preparados, e também, não se deram conta de que estavam perdidos.
Quando um deles teve a feliz idéia de fazer picuás com suas calças, e procedendo assim, colocaram o ouro em três partes iguais, nos picuás e saíram à procura do caminho de volta para casa.
O peso do ouro nas costas, fez com que se sacrificassem muito, e era muito incomodo aquelas pontas de ouro ferindo seus lombos, pois era ouro em barra, naquela ânsia de encontrar o caminho de volta, iam se enfraquecendo cada vez mais e suas forças iam se esvaindo, o mais fraco já não suportava mais e acabou ficando para traz.
O que se achava mais esperto, fez uma proposta para o que estava mais próximo, falando baixo para não levantar suspeita ao que ficara para traz. propõe então em mata-lo, assim sobraria mais ouro para eles.
Seu companheiro sem titubear, aceitou logo a proposta, e assim fizeram, mas o resultado desta ganância tirou-lhes o tino, e não perceberam que não havia a menor possibilidade de transportar aquele ouro, pois as condições físicas deles estavam comprometidas e cada vez mais fracas, e o peso do ouro para cada um ficou além das suas forças.
A dificuldade para se locomover era muito; além do mais estavam perdidos.
Com muita dificuldade encontraram o caminho, mas estavam muito cansados e nervosos, e a ambição fez com que brigassem.
Envolveram-se em uma tremenda luta corporal, desferindo golpes mortais, um ao outro, e sempre o mais forte leva a vantagem, por ironia o perdedor desta batalha caiu de cabeça justamente em cima de uma barra de ouro, tendo uma morte instantânea.
O sobrevivente, então começou a viajar em seus pensamentos, iria comprar casa na cidade com piscina e tudo de bom que o conforto pudesse lhe oferecer, já pensava em carro do ano o mais caro e até mesmo um barco de luxo, seus pensamentos eram para aproveitar a vida em tudo, que o dinheiro pudesse comprar, queria ser importante.
Acontece que na luta que travara com seu companheiro, ele foi ferido profundamente, e estava perdendo muito sangue, sentiu que não iria conseguir, chegar em casa com aquele ouro, então resolveu enterra-lo, para buscar mais tarde., conseguiu com muita dificuldade fazer o buraco e enterrar aquele tesouro, e saiu cambaleando em direção a sua casa.
O sol escaldante e a perda de sangue fizeram-no perder os sentidos, sem água e sem ninguém para ajudá-lo, acabou morrendo desidratado sob o sol quente, ainda longe de casa.
E o ouro? Ficou lá enterrado para sempre.
A ganância desvirtua e corrompe o homem, por causa da ganância, ele não se importa em prejudicar seu próximo, ele nunca está satisfeito com o que tem, está sempre querendo mais.
Por causa disto ele rouba, mata, comete todos os tipos de loucuras, faz trapaças, praticam falcatruas absurdas, para se dar bem.
Na política, vemos os candidatos, querendo ganhar as eleições a qualquer custo, travam uma verdadeira batalha para se eleger, atropelam seus adversários, da maneira mais vergonhosa.
Usam da desonestidade para se dar bem, cada um quer mostrar que é mais esperto e mais competente que o outro, procuram atingir seus adversários, mostrando o lado podre de suas vidas pessoais.
Até mesmo a sua família não escapa destas artimanhas, tem candidato que faz até pacto com o diabo para ser eleito.
E quando são eleitos, não se satisfazem, querem mais, aí começam as falcatruas, e os desfalques são grandes, que são depositados em contas em outros paises.
Outro desastre da ganância é a pirataria, falsificam tudo, e os legítimos donos dos dons ficam a ver navios, pirataria é falso e tudo que é falso tem que ser combatido, trazendo mais dignidade para seus legítimos donos.
Deus dá a capacidade, a cada um no seu campo, pra você que pratica a pirataria, procure saber qual o seu don, e seja você mesmo, você pode até achar que está se dando bem com a pirataria, mas Deus vai te cobrar, quando você menos esperar.
A guerra também tem por de traz a ganância, vivem brigando por causa do poder, principalmente por causa do petróleo, nunca se satisfazem, estão sempre querendo mais a qualquer custo.
Não se importam com quantos inocentes estão nesta frente de batalha, sem ter nada com isto e nem como se defenderem.
Idosos às vezes até doente, mulheres, crianças de todas as idades sofrendo até mesmo abusos, pagam com suas honras e muitas vezes com suas próprias vidas por causa dos governantes gananciosos, sem escrúpulos e sem temor a Deus, não respeitam a vida de ninguém.
A cobiça, a avareza, e a ganância, andam juntas no mesmo objetivo: DESTRUIR O HOMEM.
Ter ambição de melhorar de vida é natural, o que não é certo é aliar à ambição a ganância, podemos prosperar sem prejudicar nosso próximo.
É muito mais saudável quando atingimos nossos objetivos honestamente, e podermos contar vitórias, e termos as nossas cabeças erguidas, com nossas consciências limpas e tranqüilas.
É muito natural ter um objetivo na vida, quando se tem um alvo a alcançar, temos que lutar com garra se quisermos alcançar a vitória.
Na vida só não consegue quem não luta, a vida seria muito sem graça, se não tivéssemos motivos para lutar.
Deus nos manda guardar seus ensinamentos para termos dias melhores; se seguirmos o que ele nos ensina e se obedecermos aos seus mandamentos, certamente tudo ficarão muito mais fáceis.
E tudo quanto fizermos prosperará, mas aqueles que desviam de seus ensinamentos, até a sua oração será abominável. Prov. 28.9.
Portanto se quisermos ter êxito em nossos objetivos, temos que nos colocar nas mãos de Deus, pedir sua ajuda e sua orientação.
Devemos trabalhar com fé e coragem, mas sem ganância, não podemos imitar aqueles, que querem ter tudo, a qualquer custo dando prejuízo a seu próximo.
Não podemos viver desordenadamente, lutar sim, mas com dignidade.
O trabalho dignifica e traz prosperidade, mas os preguiçosos são gananciosos e vivem dissolutamente, sem se preocupar, vivem sempre armando alguma trama.
Deus quer que vivamos na obediência de seus ensinamentos,
E como seus filhos temos que procurar andar corretamente, dando testemunho de cristão que somos.
Na visão de Amós, Deus aparece em cima de um muro com um prumo nas mãos, naturalmente que Deus queria mostrar que tudo tinha que estar perfeito, entendemos que Deus quer nos mostrar com isto, os nossos erros e que precisam ser corrigidos.
E que tudo deverá estar devidamente aprumado e correto, nada pode ficar fora do seu estado de retidão.
Deus quer que façamos as coisas certas, e que sejamos honestos em nossos negócios.
Para corrigir nossos erros, vai depender unicamente de nós mesmos, em primeiro lugar temos que reconhecer que estamos errados, temos de tomar a decisão e fazer as coisas certas, e fazer as coisas certas, é procurar a ajuda de Deus em oração.
Porque ele responde todo aquele que-o busca com sinceridade e pureza de coração, e sempre nos dá uma oportunidade para vivermos em paz e com dignidade.
Vamos procurar afastar do pecado, e nos achegarmos mais para o nosso Deus, porque o nosso Deus é maravilhoso, grandioso e misericordioso em nos perdoar, porque nos ama.
Vamos procurar fazer mais a sua vontade e provar de sua bondade e de sua misericórdia, vamos caminhar juntos no mesmo propósito, servir o nosso Deus, e que sua paz reine para sempre em nossos corações. Amém

Monday, May 28, 2007

Pedaços da Cruz

Às vezes fazemos coisas erradas, tentamos encobri-las, sem pensar que de Deus ninguém esconde nada, antes de tomar qualquer atitude é nosso dever, pensar bastante antes de agir, para não ter decepções futuras e evitar arrependimentos tardios.
Deus quando nos fez ele nos deu responsabilidades, cada um de nós temos compromissos, a serem executados, e que deverão ser feitos com esmero.
Temos compromissos com nossas famílias e com a sociedade, muitos precisam de nosso apoio nas horas difíceis da vida, precisamos encarar com responsabilidade o que vem em nossas mãos para fazer.
Temos que carregar a nossa cruz, em Marcos 8.v.34 Jesus manda que tomemos a nossa cruz para segui-lo.
Conta-se que certo homem muito crente e temente a Deus, teve um sonho, e neste sonho, estavam em um grupo de amigos e Jesus veio até eles e disse; se alguém quiser vir para o céu, tome cada um a sua cruz e sigam-me.
E todos começam os preparativos para a grande viagem, no meio deles havia certo elemento, que sempre gostava de levar vantagens em tudo quanto fazia.
Era conhecido pela maneira que tinha de enrolar seus oponentes, queria ser mais esperto que todos, fez a sua cruz de madeira bem leve e ainda levou um serrote.
Na medida em que se cansava ele tirava um pedaço da cruz, e assim foi naquela longa viagem, sempre tirando um pedaço da cruz.
Quando de repente surge um imenso abismo; cada um dos seus companheiros ao deparar com o abismo, simplesmente lançou suas cruzes, e por elas todos passaram tranquilamente.
Menos o que fizera a cruz de madeira leve, ele ficou procurando um lugar mais estreito para lançar sua cruz, enquanto isto os demais já haviam tomado uma grande distancia dele.
E por fim achou um lugar que supunha ser mais estreito e lançou sua cruz, qual foi a sua decepção, o outro lado não foi alcançado e a sua cruz caiu no abismo despedassando-se.
Porque era de madeira leve, madeira leve é também a mais fraca, quebra com facilidade, mesmo que conseguisse alcançar o outro lado ela não suportaria o seu peso.
Quantos de nós às vezes queremos levar vantagens, tirando pedaços de nossa cruz, ou seja, de nossas responsabilidades, sem pensar nas conseqüências que às vezes não são nada agradáveis.
Deus nos criou para sermos bem sucedidos, e não para sermos fracassos, por isto antes de tomarmos qualquer decisão, devemos consultá-lo em oração,
Decisões impensadas só trazem transtornos e aborrecimentos, se quisermos ser bem sucedidos em nossas ações, precisamos confiar mais em Deus.
Deixe que ele seja o senhor de sua vida, e o sucesso será garantido em todos os campos de sua batalha pela vida, e todos saem ganhando, pois tudo quanto fizer prosperará.
Precisamos fazer a nossa parte, e fazer bem, e trabalhar pela causa do evangelho, o nome do nosso Deus precisa ser elevado.
Não podemos ter preguiça, pois muitos estão perecendo sem ter a quem recorrer, e sem ter uma esperança de salvação.
Deus não quer preguiçoso em sua obra, Deus não quer que façamos nada de má vontade, precisamos estar sempre disponíveis, pois o campo é grande e poucos são os ceifeiros, vamos fazer a nossa parte.
E que sua graça e a sua misericórdia, estejam sempre conosco. - Amém

Sunday, May 27, 2007

Como nos Tempos de Amós

Introdução*

Já no passado se notava os maus tratos e perseguição aos pobres, vemos também que Deus, não poupava em castigar os transgressores.
Os pobres eram sacrificados e humilhados, forçados a trabalhar para sustentar o luxo e as riquezas dos mais poderosos.
Mas o pior que, mesmo que Deus tem castigado, desde os tempos idos, continuam fazendo as mesmas coisas, as mesmas barbaridades até os dias de hoje, o povo vem sendo massacrado e humilhado pela ganância dos poderosos.
Não tomam emenda, pois o nosso país vive mergulhado em corrupção e canalhice, a corrupção virou praga; em quase todas as áreas de repartição pública se constata a presença dela.
Triste ficamos quando é constado o envolvimento de pessoas que tem grandes responsabilidades no meio evangélico, pessoas que precisavam dar testemunho, acabam por escandalizar o próprio evangelho.
A corrupção é como doença de chagas é contagiosa e de difícil controle.
O nosso País está sendo governado por muitas pessoas inconseqüentes, irresponsáveis, e inescrupulosos, em quase todos os setores, mediante as investigações, constata-se falcatruas, já não se sabe mais em quem podemos confiar.
Em vista disto nos faz lembrar a um navio prestes a afundar, onde o seu comandante precisa agir com muita sabedoria para não deixá-lo afundar.
A corrupção, a violência, a falta de pudor, o mau caratismo; vem se alastrando em proporções alarmantes, trazendo preocupações para os que procuram à paz.
Esta contaminação não é constatada apenas em nosso país, mas no mundo.
Deus se arrepende ter feito o homem, e destroe todo ser vivente da face da terra, com as águas do dilúvio, como também destroe o povo de Sodoma e Gomorra com fogo e enxofre, tudo por causa destes terríveis males.
O castigo de Deus tem sido ignorado, e pagam caro por isto, quantas catástrofes quantas calamidades, quantas tragédias, quantas destruições, quantos sofrimentos por este mundo afora.
O castigo de Deus vem em forma coletiva ou individual, forma coletiva vem para punir o povo que se afasta de Deus, e procuram fazer sua própria vontade, ou seja, satisfazer a vontade da carne, e fazer a vontade da carne é fazer inimizade com Deus, e muitos inocentes sofrem pelas irresponsabilidades dos quê-o desafiam.
Às vezes Deus manda uma doença ou um acidente a alguns membros da família, para podermos refletir e corrigir onde estamos errando e é ai que vemos o castigo individual (salvo quando uma pessoa é chamada por uma morte natural).
Muitas vezes, temos que sofrer castigo para entender que Deus não está satisfeito com a nossa maneira de agir, e se não prestarmos atenção e não deixarmos que Ele aja em nossas vidas, dificilmente vamos entender a sua vontade, que poderá nos custar muito caro,
Assim sendo, todo cuidado é pouco, e precisamos estar atentos, pois Ele atinge diretamente a pessoa ou alguém próximo da família pelos seus erros ou culpa.
Mesmo assim muitos não entendem que precisam mudar de atitudes, e preferem seguir em seus caminhos de perversidade e injustiças, querendo sempre se dar bem, aproveitando a fraqueza do outro.
O direito de cada um, termina quando começa o direito do outro.
Deus fez o homem para glorificá-lo e para honrá-lo, e o que tem feito à maioria dos homens senão desonrá-lo e ignorá-lo, esquecendo de sua *GRANDEZA*. (continua)