NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, February 16, 2015

O PREÇO DA GANÂNCIA--CAPÍTULO-49

Capítulo -- 49

Maria Zilda - Quanto tempo você acha que vai precisar pra resolver tudo?

Alquisto - Não posso dizer com precisão, mas, garanto a você que é de meu interesse resolver tudo o mais depressa possível, será o tempo de transferir minha empresa de investigação, para o meu sócio.
Dando lhe total acesso a todos os meus clientes, eu não posso simplesmente sair, sem dar satisfações a eles.

Maria Zilda - Pelo visto você vai demorar, e já estou ficando com saudades. (abraça o carinhosamente)

Alquisto -- Você não precisa se preocupar, eu também já não consigo mais viver sem você. (se beijam, apaixonadamente)

São interrompidos com a presença de Rita e Carlos Alberto.

Carlos Alberto - Eu ouvi bem!... Ou entendi mal, você já está querendo ir embora?

Alquisto - Infelizmente, não posso ficar aqui mais tempo, tenho compromissos inadiáveis, mas logo que resolver tudo estarei aqui de volta, e desta vez para ficar.
Estou planejando em montar um escritório de investigação aqui no Brasil, e é claro aqui bem perto, onde poderei estar sempre presente com vocês!
Não vão ficar livre de mim, assim tão fácil não!... Principalmente esta mulher maravilhosa; nunca mais a deixarei.
Agora ela faz parte da minha vida e é a razão de minha existência daqui pra frente, pretendo passar o resto de meus dias ao lado dela.

Rita - É pelo visto, foi fisgado mesmo!...
-------
Fernando também entra na conversa, e depois de muito falar; Rita diz que precisava ter com ele uma conversa em particular, e se afastaram os dois para esta conversa.
-------
Rita - Você sabe que precisa pedir desculpas ao Carlos Alberto, não sabe?

Fernando - Porque eu pediria a ele desculpas?

Rita - Não se faça de ingênuo ou ignorante, você sabe muito bem a que estou me referindo, e sabe também que se não fosse por ele, não estaria aqui agora.

Fernando - Claro que vou carregar esta obrigação pelo resto da minha vida, tudo o que fizer por ele ainda será pouco, mas não estou entendendo porque preciso pedir lhe desculpas!...

Rita - Será que a doença afetou seus miolos, e você não sabe nada a respeito da sabotagem na Universidade?
(Quando ela disse as ultimas palavras Fernando amarelou, e tenta mudar de assunto)

Fernando - Este assunto, não está fazendo nenhum sentido, o que você sabe sobre isto?

Rita - Tudo, só não quis comentar com ninguém, devido o seu estado de saúde.

Fernando - Afinal, como você sabe disto?

Rita - Como eu sei, também é segredo, só que tenho tudo gravado, e aponta você como o legitimo culpado, mas, isto tudo ficará no esquecimento, se você pedir desculpas ao Carlos Alberto, e este assunto morre com nós quatro.

Fernando - Porque nós quatro?

Rita - Porque a pessoa que fez a investigação pra mim é um grande profissional e saberá manter sigilo a todo custo, e você não precisa se preocupar com ele.
Aliás, tem mais um que sabe desta história também, é o Reitor, e este segredo partiu dele, ele não quer ver você prejudicado, e entendeu muito bem a razão que o levou a isto.

Fernando - Pelo visto eu não tenho saída, eu não sei o que me levou a esta loucura, mas, vou tentar me redimir.
Pode marcar um encontro com Carlos Alberto, mas, gostaria que isto ficasse somente entre nós.

Vou procurar pensar mais antes de fazer outra besteira como esta.

                                                      --- EJO ------ Continua


  

No comments: