NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, February 09, 2015

O PREÇO DA GANÂNCIA-CAPÍTULO-44



Capítulo -- 44

O tempo passou, e a armadilha já estava toda preparada, agora só aguardar.
Do quarto do Reitor, eram visto todos os movimentos, e puderam ver, quando um estudante rebelde, destes que gostam de fazer manifestações.
Assim do tipo revolucionário, com idéias estapafúrdias, que fazia de tudo para levar algum tipo de vantagem.
E por ser assim, já havia caído na antipatia, de todos, e o Reitor estava sempre de olho nele.

Reitor - Eu quase podia jurar que seria este infeliz, causador deste problema todo, só que não tinha como provar nada. Mas, com que objetivo ele está fazendo tudo isto?

Alquisto - É o que vamos saber, não poderemos dar o fraga, sem testemunha, por isto gostaria de comunicar o caso a policia, assim ele não terá como escapar com seus argumentos.

Reitor - Se for possível, gostaria que a polícia não se interviesse, para preservar o nome da Universidade.

Alquisto - Tudo bem! Então vamos gravar tudo, depois vamos dar uma prensa nele.
-------
E assim deixaram o estudante à vontade, pra fazer o que bem quisesse, ainda não seria naquela noite que seria flagrado.
Pois precisavam saber mais detalhes, de como conseguiu as cópias das chaves.
Então entenderam que precisavam colocar uma câmara na entrada da Universidade, onde poderiam ver os vigias responsáveis, pelas entradas e saídas, além dos guardas que faziam ronda nos campos da Universidade havia o vigia principal da entrada.
As suspeitas de Alquisto estavam corretas, e constatou que o estudante, estava chantageando também o vigia, enquanto os demais guardas estavam longe de sua mira.
Este trabalho de monitoramento das áreas suspeitas serviu para concluir um trabalho com resultados positivos.
Passado alguns dias de investigações, o estudante foi convocado pelo Reitor a comparecer em sua sala, onde contava também com a presença de Alquisto, para em caso de alguma eventualidade.

Estudante - (Sem nenhuma malicia) Mandou me chamar Senhor Reitor! Já vou adiantando logo, que se for por causa das mensalidades atrasadas.
Vão ter que me tolerar mais um pouco, pois o dinheiro que meus pais me mandaram, não deu pra pagar nem a metade do que estou devendo na praça!...
Mas, liga, não, é só mais uns dias, estou pra receber uma boa bolada de um servicinho extra que estou fazendo, aí eu acerto tudo com o senhor.
---------
Mediante o que ouviram, entenderam que havia alguém por traz daquela manobra, e decidiram agir com cautela.

Reitor - Calma, meu rapaz, não é nada disto, não estou preocupado com isto, não!...
Sei das dificuldades de todos, mas, no final todos pagam seus débitos direitinhos.
Afinal se não pagarem até o fim do ano, vão ficar com matérias pendentes, e isto sei que ninguém gosta, por isto não me preocupo.

Estudante - Mas, então qual o motivo que me mandaram chamar?

Reitor - Sabemos que você tem dom para liderar manifestações, e gostaria de estar por dentro das suas atividades para tomar as providências cabíveis. (enquanto o Reitor o distraía, Alquisto tranca a porta)

Outra coisa; gostaria de saber também quanto é, e quem estão te financiando para sabotar o Carlos Alberto!...(quando ouviu isto, amarelou e tenta fugir, mas a porta estava trancada)

                         --- EJO -------- Continua





No comments: