NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, February 05, 2015

O PREÇO DA GANÂNCIA-CAPÍTULO-42


Capítulo -- 42

No restaurante da empresa: Antonio Carlos, e sua prima Maria Zilda, já estavam os aguardando.
 --------
Antonio Carlos - Pelo tanto que demoraram, achei que haviam desistido de almoçar aqui, já estava pra chamar o garçom e fazer o meu pedido.

Rita - Me desculpe!... A culpa foi minha, me entertí conversando com o Alquisto e nem me dei conta que estava atrasada.
Quero apresentar a vocês o Alquisto amigo do meu amor, está entre nós para umas férias.

Maria Zilda - É um prazer conhecê-lo (os dois trocam um olhar comprometedor)

Alquisto - Maior prazer é o meu, diante de tão bela senhorita!...

Carlos Alberto - (Já com total liberdade na casa, insinua) Acho que este almoço vai nos trazer muitas surpresas!...

Antonio Carlos - Não tenho a menor dúvida. (também fala com malicia)

Carlos Alberto - E o Fernando, porque não veio almoçar conosco?

Maria Zilda - Não o sei que está acontecendo, mas, estou achando o Fernando tão estranho!...

Carlos Alberto - Será que ele está ressentido comigo?

Rita - Eu gosto muito do Fernando, mas nada alem do laço que nos une, ele descobriu que é filho adotado, e agora cismou que me ama, e isto tem me tirado do sério.

Maria Zilda – É, mas ele não pensa assim, a consideração dele por você, vai mais alem do que simples irmão adotivo, ele está totalmente louco por você.

Rita - Ele vai ter que se conformar, simplesmente em ser meu querido irmão adotivo, nada mais, além disto.
O meu amor já tem dono, e estou muito feliz com ele.

Carlos Alberto - Eu, nunca pensei em ser causador de infelicidade de ninguém, temos que entender que quando se amam de verdade, e este amor é correspondido, agente tem que lutar por ele, em todos os sentidos.
E isto eu garanto que vou fazer até o fim. (fala se aproximando de Rita e abraça a com muito carinho) Espero não perder a amizade dele por causa disto


Antonio Carlos - Acho que preciso ter uma conversa bem franca com ele, pessoas com indiferenças, trabalhando no mesmo local, além de complicar suas atividades, fica sempre com aquele suspense de uma hora acontecer coisas mais graves.

                                             -------- EJO ------- Continua



No comments: