NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, August 22, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 135 -- "JOSAFÁ PASSA O TRONO PARA SEU FILHO JORÃO"

135

Por tudo o que aconteceu com aquela multidão de guerreiros provocadores de Israel, todos os reinos daquelas terras, temeram ao Senhor, ao saber que tudo o que acontecera foi por causa do Senhor que pelejara contra eles, ou seja, contra os inimigos de Israel.
E mediante a este fato, nenhum reino se dispunha em guerrear contra os filhos de Israel, trazendo tranqüilidade para que Josafá pudesse reinar em paz o resto de sua vida.
Josafá, durante o seu tempo de reinado, procurou sempre espelhar nas atitudes de seu pai Asa, e sempre como seu pai, procurava a presença de Deus em sua vida.
Falhas, todos nós temos, ninguém está isento de acontecer algo em sua vida, que de uma forma ou de outra venha lhes prejudicar.
Foi o que aconteceu com Josafá que quando se dispôs a ajudar seu parente Acabe, foi admoestado pelo profeta, que lhe abriu os olhos, e no momento em que ele se deu conta do erro, volta a assumir suas responsabilidades diante de Deus, reconhecendo que em Deus não havia iniquidade e nem aceitava prejudicar uma pessoa para beneficiar outra, e muito menos aceitar presentes em troca de favores.
E Josafá andou no caminho de Asa seu pai, e não se desviou dele, fazendo o que era justo e reto aos olhos do Senhor, e se preocupava porque sabia que o seu povo ainda não tinha o seu coração limpo para com Deus, o Deus de seus pais.
Porém no final de sua existência, ainda fracassa se aliando a Acázia rei de Israel, a fim de construir navios, que pudessem chegar até Társis.
Fizeram os tais navios e já estavam circulando nos mares, porém o profeta Eliezer, profetizou contra Josafá, dizendo: Porquanto ti aliastes a Acázia o Senhor despedaçou todos eles, e os navios se quebraram, e não puderam chegar a Társis.
Esta foi a ultima frustração de Josafá, que depois disso, o relato foi de sua morte, e foi sepultado na cidade de Davi com todas as honrarias, apesar dos seus últimos feitos, não agradar a vontade de Deus, deixando Jorão seu filho ocupando seu lugar no trono de Judá.

Jorão não quis, seguir os exemplos de seu pai, preferindo consultar para suas manobras aos reis corruptos de Israel, como no caso de Acabe, por exemplo, porque tinha como sua mulher a filha dele, e sempre seguia os seus conselhos, e fazia o que parecia mal aos olhos do Senhor.   ----------- EJO ------------ Continua



ESTAREI AUSENTE POR UNS DIAS, ENQUANTO ISTO, LEIA AS MENSAGENS QUE JÁ ESTÃO POSTADAS E QUE VOCÊ AINDA NÃO LEU, ATÉ BREVE!...

Thursday, August 21, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 134 "DEUS NUNCA DESAMPARA OS QUE SÃO SEUS"

Aquele que é fiel ao Senhor, jamais terá decepções.
Uma grande multidão de soldados inimigos de Josafá já estava a postos para guerrear contra ele, e ele nem sabia, foi quando apareceu alguém que lhe avisara, e indicando o lugar onde estavam alojados esperando o momento certo para a grande batalha.
Josafá temendo uma grande perda por parte de seus valorosos soldados, em vista de ser um número relativamente pequeno, segundo as informações recebidas.
Clama ao Senhor, reconhecendo que seria impossível vencer aquela multidão, e coloca toda sua angústia, todos os seus temores diante de Deus.
Então veio o espírito do Senhor, através do profeta Jaaziel, filho de Zacarias, e disse: Daí ouvidos todo Judá e vós moradores de Jerusalém, e tu ó rei Josafá. Assim diz o Senhor: Não temais, e nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois esta batalha não é sua, mas de Deus.
Amanhã descereis contra eles, siga em frente em direção a ladeira de Ziz, e os encontraram no fim do vale, diante do deserto de Jeruel.
Nesta batalha não terão que pelejar; parai e ficai em pé, e vede a salvação do Senhor para convosco, ó Judá e Jerusalém, não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o Senhor será convosco.
Com um grande alívio, Josafá prostrou com o rosto em terra, como também todos os moradores de Judá e de Jerusalém, se lançaram a adorar e louvar ao Senhor.
E com grande voz, todo povo louvando ao Senhor, e Josafá se levanta e diz ao povo: ouve-me ó Judá e vós moradores de Jerusalém: Creia no Senhor vosso Deus, e estareis seguros, crede nos seus profetas, e sereis prosperados.
Em suas palavras, passa as instruções, de tudo quanto o Senhor queria que fizesse e ordenou os cantores, para que louvassem a Majestade santa, passando diante dos homens armados, e dizendo: Louvai ao Senhor porque a sua benignidade dura para sempre.
E enquanto cantavam em grande som, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os moradores das montanhas de Seir, que vieram lutar contra Judá, e foram desbaratados, porque numa tremenda confusão começaram a se desentender e uma grande batalha teve seu início entre eles mesmos, numa verdadeira destruição entre seus próprios aliados.
Mantendo a distância; enquanto o povo de Israel cantava e louvavam a Deus os inimigos de Josafá se destruíam uns aos outros, eram corpos espalhados por todos os lados, não escapando ninguém.
Facilitando tudo para Josafá e seu povo fazer a tarefa de saquear tudo de valor que pudessem encontrar com aqueles afrontadores do povo de Deus.
Tudo que puderam carregar levaram dalí, muito tecido, vasos preciosos, eram tantos os despojos que durante três dias não conseguiram levar tudo.

E ao regressar do campo de batalha para seus lares, uma grande festa com muitos instrumentos foi realizada na casa do Senhor em Jerusalém. -------- EJO ----------------- Continua


Wednesday, August 20, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 133 "JOSAFÁ EXIGE DO POVO A SE ESFORÇAR, E SER CORRETO EM SUAS ATITUDES"

Infelizmente os privilégios são adquiridos com muita facilidade por parte de muitos juízes gananciosos, que pelos quais acabam se dando muito mal, pois nada fica encoberto, e de uma forma ou de outra Deus cobrará a toda iniquidade destes juízes corruptos.
Josafá, nômea alguns dos filhos de Levi e mais alguns sacerdotes do comando de Israel, ou seja, alguns dos anciãos pais dos filhos de Israel, sobre o juízo do Senhor e sobre as causas judiciais.
E deu ordens, para que todos obedecessem ao Senhor, andassem no temor do Senhor, com fidelidade, e com o coração inteiro, e naturalmente sincero.
Para que em toda a diferença que vier a vós de vossos irmãos, que habitam nas suas cidades, entre sangue e sangue, entre lei e mandamento, entre estatutos e juízos, admoestai-os com retidão, para que não se façam culpados perante o Senhor, e não venha grande ira sobre vós e sobre vossos irmãos, agindo assim, não haverá nenhuma culpa perante o Senhor.
Nomeou também, o sumo sacerdote Amarias para presidir todo povo de Israel, na defesa dos negócios referentes aos interesses e da vontade de Deus, e de tudo o que era do Senhor.
Nomeou também Zabadias filho de Ismael, príncipe da casa de Judá a cuidar dos interesses do rei.
Também estipulando as tarefas para cada oficial do reino, solicitando empenho em seus afazeres, na convicção de que Deus estaria, sempre com aqueles que se esforçassem em fazer tudo segundo a sua vontade, e que naturalmente seria muito bom e muito conveniente para todos eles.

Aquele que é fiel ao Senhor, jamais terá decepções. ------ EJO --------- Continua


A GRANDE PROMESSA ---- CAPÍTULO 28 "HORA DO SACRIFÍCIO, MUITA EMOÇÃO"

28

(Continua cena  anterior: falando com certa amargura para despistar o que realmente passa por sua cabeça)

Isaque --(Carinhoso e preocupado com seu pai) - Sente se aqui meu pai, o senhor precisa descansar, eu ainda não entendi, porque o senhor mandou que os dois criados, ficassem lá em baixo no pé da montanha, o senhor não precisava cansar tanto se tivesse trazido tudo no lombo do jumento.

Abraão -- Na hora certa você vai entender tudo, meu filho, mas agora enquanto eu preparo o altar para o sacrifício, você vai catar uns gravetos para colocarmos fogo na lenha do altar.
(Isaque sai, enquanto isso Abraão termina de fazer o altar, utilizando pedras e alguns pedaços de pau roliço, para dar forma ao altar, depois de tudo pronto se assenta e ora ao Senhor)
Hó… Meu pai, aqui estou com o coração sangrando a minha dor não tem tamanho, sei que vai ser muito difícil, mas vou fazer tudo que o Senhor me ordenou.
A minha fraqueza me faz tão pequeno diante de ti, e eu não sei o que falo, mas o Senhor sabe o que faz, e eu só tenho que obedecer, perdoa a minha fraqueza!...

(É interrompido com a chegada de Isaque)

Isaque -- Meu pai consegui, gravetos sequinhos, vai pegar fogo, fácil, fácil; mas meu pai o que está acontecendo? O senhor está esquisito!… O senhor está passando mal? O que o senhor quer que eu faça para ajudá-lo? Vou descer lá no pé da montanha e pedir ajuda aos rapazes que o Senhor não quis que subissem talvez eles possam ajudar em alguma coisa.

Abraão -- Não, meu filho, não, não se preocupe comigo: comigo não está acontecendo nada, eu estou bem. (virando o rosto para não encarar Isaque)... É que...

Isaque  -- Meu pai que tipo de sacrifício é este? O altar já está pronto, a lenha os gravetos já estão todos no lugar, mas onde está o cordeiro para o sacrifício?

Abraão -- Deus proverá o cordeiro para o sacrifício meu filho, Deus proverá.

Isaque -- (Facilitando as coisas para Abraão)

Meu pai já estou entendendo tudo, o senhor não quer falar, mas já entendi que o cordeiro sou eu, e se Deus quis assim cumpra em mim a sua vontade;

(Estende as mãos para que Abraão - o amarre)

Abraão – O meu coração, está sangrando meu filho, mas eu preciso cumprir o que Ele ordenou

(Tremendo de emoção, termina de amarrar e coloca-o sobre a lenha, venda-lhe os olhos, tira o cutelo e levanta-o até a altura para desferir o golpe fatal, quando de repente, o anjo do Senhor interfere)

Anjo do Senhor -- Não Abraão, não faça nenhum mal a sua criança, agora sei que temes a seu Senhor Deus, não me negaste teu único filho.

Abraão  -- (Com voz trêmula)

Hó… Meu Senhor tu me mandaste o carneiro para o sacrifício, glorificado seja o teu nome; é como sempre digo o Senhor sempre sabe o que faz.

(Olha para o lado e vê o cordeiro amarrado, rapidamente tira Isaque do altar, e desamarra o).

Te louvo hó meu Deus porque sei que não desamparas os que confiam em ti

(Abraça forte Isaque com muita emoção) Vamos meu filho, vamos para casa; vou dar uma grande festa, este dia nunca sairá de minha memória.

Isaque  -- Mas, meu pai e o sacrifício?


Abraão -- Sim meu filho, vamos primeiro cumprir com o que o nosso pai nos mandou, depois desceremos a encontrar com os outros rapazes, não vejo à hora de estar em casa e esquecer o quanto antes este episódio, pois só quem é pai sabe o quanto sofri por tudo isto.  FIM...  -------- EJO --------- Continua

  

Tuesday, August 19, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 132 "JOSAFÁ É REPREENDIDO POR AJUDAR A ACABE"

Depois da morte de Acabe; Josafá retorna para Judá, onde era rei, e foi repreendido pelo profeta Jeú, que disse a ele: Devias tu ajudar ao ímpio, e amar aqueles que aborrecem ao Senhor? Por isso virá a ti grande ira de diante do Senhor.
Boas cousas, porém acharam em ti, pois limpara todos os bosques, e preparaste o teu coração para buscar ao Senhor teu Deus.
Com esta advertência do profeta, Josafá se dá conta que precisava concertar o seu conceito diante de Deus, e procura corrigir seus erros, e retomar sua confiança pelo povo, trazendo os de volta a seu domínio, exigindo do povo que buscassem sempre ao Senhor Deus, o Deus de seus pais, e fossem fiéis a Ele.
Estabeleceu juízes
 na terra, em todas as cidades fortes de cidade em cidade, e disse aos juizes, para que tomasse muito cuidado, para não fazer nenhum julgamento segundo os interesses de homens, mas que todo julgamento teria que ser feito segundo a vontade de Deus, sabendo se que Ele estaria na direção de tudo quanto passasse pelo julgamento dos juízes.
Agora, pois, seja o temor do Senhor convosco: Guardai-o, e fazei-o, porque não há no Senhor nosso Deus, iniquidade e nem aceitação de pessoas, e nem aceitação de presentes (Deus não se vende)
Em nossos dias o que vemos são pessoas privilegiadas, sem a preocupação de que este privilégio possa estar prejudicando a quem verdadeiramente seria o dono do dito privilégio, temos que levar em conta que todos somos iguais, e ninguém é melhor que ninguém, portanto os privilégios devem ser dados a quem realmente é de direito.

Por isso a necessidade de juizes, para fazer justiça, e não concordar com irregularidades, em troca de favores, ou em troca de propinas ou presentes caros.  ------------ EJO ----------------- Continua

A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 27 (Ultima semana) "ABRAÃO CHEGA AO LOCAL DO SACRIFÍCIO"


P/27

Meses depois que Ismael foi embora.

Abraão descansa em casa, olhando fixamente para o infinito, como se estivesse contemplando as estrelas através da janela.

Voz de Deus --... Abraão, Abraão!...
De prontidão Abraão ajoelha-se para falar com Deus.
 .

Abraão -- Eis me aqui Senhor, fala que teu humilde servo ouve e obedece.

Voz de Deus – Abraão; toma teu filho, teu único filho, e vai para terra de Moriá, e oferece-o em holocausto; sobre uma montanha que te mostrarei.

Abraão -- (Atônito) Mas senhor porque Isaque, por quê?…

(Engole a seco)... Mas estou pronto para obedecer, sei que sabes o que faz.

(Logo que Deus pronuncia a ultima palavra, as nuvens se movimentam, e aos pouco desaparecem, ficando somente as estrelas)

Alguns momentos depois.

Abraão -- Isaque chame Eliezer imediatamente, preciso falar com ele.

Isaque -- O que está acontecendo meu pai, o senhor está passando mal?... Já estou, indo!... Estou indo (fala preocupado).
Acho que o senhor está precisando de ajuda, vou o mais depressa possível. (e sai), (dá-se um tempo e Eliezer entra)

Eliezer -- Mandou me chamar pai Abraão? O que está se passando? O senhor está bem?

Abraão -- Sim, quero que você mande preparar para mim um jumento bem forte, com suprimento para três dias, vamos fazer uma viagem, escolhe dois jovens forte e de confiança, para ir comigo e Isaque, vamos sair bem cedo.


Eliezer -- Mas!... Pai Abraão, esta viagem assim tão inesperada!…

Abraão -- Não discuta as minhas ordens, eu tenho os meus motivos.

Eliezer -- Desculpe pai Abraão só estou preocupado, vamos Isaque, você precisa dormir para acordar cedo. (os dois se retiram e Abraão, pensativo acaba cochilando; e acorda assustado, com a voz de Eliezer que já estava de volta)

Eliezer -- Pai Abraão, o jumento já está preparado, a lenha já está cortada e os dois jovens também já foram avisados, é só chamar.

Abraão -- Obrigado meu amigo, agora eu também vou descansar um pouco, vamos sair antes do amanhecer porque a caminhada é longa. (Eliezer se retira e Sara entra em cena somente com a voz)

Sara – Abraão, Já está tarde meu velho, porque você não vem dormir?… Deixe um pouco de preocupação pra amanhã. (chama sem aparecer)

Abraão -- Já vou minha querida, é que estou sem sono, mas já estou indo, você tem razão amanhã é outro dia, basta a cada dia o seu mal ou o seu bem, que tudo seja feito como Deus Quer, e não como nós queremos.

Dia seguinte - já no local do holocausto

Abraão  -- É… estou me sentindo cansado, o peso da idade está falando mais alto, a cada dia que passa me sinto mais fraco.
Acho que está chegando á minha hora pelo visto não vai demorar muito, também pudera já vivi o bastante, para entender que a nossa vida aqui é passageira.

E precisamos vivê-la bem vivida, senão as coisas boas acontecem e não tomamos parte delas, se não tomamos parte das coisas boas, fica sem sentido a nossa vida. (Isaque só prestando a atenção nas palavras de Abraão)
------------- EJO --------------- Continua



Monday, August 18, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO n º 131 "ACABE É ATINGIDO MORTALMENTE"

Na visão de Mica, viu todo o Israel disperso pelos montes, como ovelhas que não tem past
or, sendo assim todos deveriam voltar para suas casas enquanto podiam e enquanto ainda lhes restavam algum tempo, e esquecesse-se da guerra, pelo menos naquele momento.
Não sendo a resposta que Acabe gostaria de ouvir, confirma para Josafá, não te disse que ele só profetiza contra mim, ele é sempre do contra, só fala mal de mim!...
Na visão de Mica ele viu o Senhor assentado no seu trono e todo o exército celestial com Ele, em pé a sua direita e a sua esquerda.
Indignado com as profecias do profeta Mica, manda aprisioná-lo, com promessas de deixá-lo padecer no cárcere a pão e água.
Acabe, foi outro rei mal visto diante dos olhos de Deus, por isso não adiantava querer se fazer de bonzinho perante Josafá que era homem bom e temente a Deus, e suas decisões eram sempre tomadas segundo a vontade Deus.
Acontece que Acabe com muita persistência, alegando que estava precisando de ajuda de seu parente, e que contava com ele por ser seu parente, acaba convencendo Josafá que atende a sua solicitação e sai para batalha a seu lado.
E por pouco teria sofrido as conseqüências do seu descuido; ao sentir que estava agindo por impulso fazendo tudo contra a vontade de Deus, clama ao Senhor, e o Senhor o ajudou, e Desvia os capitães de sua perseguição, que ao notar que ele não era o rei de Israel; pois o rei da Síria havia dado ordens para ataca unicamente a Acabe, rei de Israel, como também não queria que nenhum outro fosse ferido.

Então um dos guerreiros, localizando a Acabe acertou lhe uma flecha bem no centro de seu peito onde havia uma brecha de sua armadura. Agonizou durante toda tarde até quando o sol se pôs e morreu.
---------------------- EJO ------------------- Continua


A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 26 -- ULTIMA SEMANA -- "ISAQUE E ISMAEL SE DESENTENDEM"


26

Alguns anos mais tarde.

Cenas na varanda da casa. Ao fundo, balaios e cestos empilhados.
Criados entram e saem a todo instante sempre trazendo alguma coisa, mostrando que estão trabalhando.

Isaque -- Meu pai, tenho convivido, estes anos todos com Ismael, e sempre nos demos muito bem, sempre gostei muito dele.
Mas de uns tempos pra cá, ele mudou completamente a sua maneira de tratar comigo.
E tem me aborrecido muito, quem sabe se o senhor conversar com ele, ele toma jeito e passa a me respeitar como antes..

Abraão -- você tem feito alguma coisa para aborrecê-lo?

Isaque -- Meu pai o senhor sabe que eu me entendo bem com todos, pelo menos me esforço para isto, se tem alguma coisa que ele não gostou sinceramente eu não sei.
Só sei que não posso abrir a boca pra conversar, que ele acha um jeito de me repreender.

Abraão -- Então vou saber o que está se passando, eu não quero mágoas entre vocês.

Sara -- (entra na conversa)

Ele não está respeitando, nem a mim, e nem a você meu amado, ele vive zombando de mim e de você, por mim você mandaria os dois embora daqui antes que aconteça algo de muito ruim, não quero que herde nada que possa ser do nosso filho Isaque, não estão merecendo nada de herança.

Abraão -- Mas Sara, ele também é meu filho!… E também o amo da mesma maneira que amo Isaque, fico triste em saber que estão se desentendo e exijo que se respeitem um ao outro, não quero ver desavenças aqui,

Sara -- O que parece, é que estão humilhados, vivendo aqui conosco, isto é o que vejo.
O mais sensato é dar a eles o que eles precisam, para ir embora daqui, seria muito melhor pra todo mundo.

Abraão -- Não posso tomar, decisões precipitadas, peço a vocês que me deixem só pois preciso pensar.

Sara -- Tudo bem, vamos Isaque, deixe seu pai decidir o que é melhor.

Abraão -- Não quero ser injusto com ninguém, mas tudo será resolvido.
(Sara e Isaque se retiram, e Abraão fica a sós, cabisbaixo, pensando, passa-se certo tempo e ressoa a voz de Deus)

Voz de Deus -- Abraão, não te pareça mal a teus olhos a respeito de Ismael e sua mãe, ouve a voz de Sara, porque é Isaque que será seu verdadeiro herdeiro e é dele que vai sair uma grande nação como te prometi, mas também de Ismael farei uma grande nação, e ele também é seu filho!…


Abraão  -- Obrigado meu pai, agora a minha decisão não vai pesar na minha consciência.
--------------- EJO -------------- Continua

Friday, August 15, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 130 "JOSAFÁ, ESPERTO, NÃO VAI NA CONVERSA DE ACABE"

É sempre assim, muitas vezes quando somos chamados a atenção por alguma falha,  mas nem sempre queremos dar o braço a torcer, e muitas vezes distorcemos tudo a nosso favor, era o que acontecia com Acabe, que achava que sua razão é que precisava prevalecer, e nem sempre a sua razão era a que estava correta, e acabava metendo os pés pelas mãos.
Mesmo contra a sua vontade, manda chamar o profeta de Deus, dizendo: Traze o aqui depressa a Mica, filho de Inlá.
Enquanto os homens de Acabe buscavam o profeta de Deus: os dois reis com suas vestes esplendorosas assentados em seus tronos de alto luxo, na praça à entrada da porta de Samária, com toda paciência ouvia o que os profetas de Acabe tinham a lhes dizer.
E muitas barbaridades foram proferidas ali naquele momento dizendo estar profetizando em nome de Deus.
Mica, o profeta de Deus neste momento já estava presente, e profetiza dizendo: vive o Senhor, que, o que meu Deus disser, isso falarei.
Acabe então, ansioso para obter uma resposta que o satisfaria, insiste para que o profeta de Deus profeitazasse logo, então, irá a Ramot-Giliade à guerra, ou deixà-lo ei?
A reposta de Mica de certa maneira veio a satisfazer aos interesses de Acabe; subi, e prosperareis, e serão dados na vossa mão.
Não acreditando na profecia de Mica, estava em dúvidas, pois tinha ele um conceito de que Mica sempre era contrário as suas idéias, e logo imaginou que Mica estaria levando o para um fracasso na batalha.
Disse Acabe ao profeta: Até quantas vezes te conjurarei para me falar somente a verdade no nome do senhor?

Está bem, então se prepare para ouvir a verdade sobre o que queres ouvir.  ---  EJO ----- Continua


              AUDITÓRIO DA PIB DE LARANJEIRAS - SERRA   --  EPÍRITO SANTO   --  BRASIL

A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 25 "ABRAÃO, CUMPRE O PROMETIDO AO SENHOR E ISAQUE É CIRCUNCIDADO AOS OITO DIAS DE IDADE"

25

Oito dias depois, clima de festa.

Abraão -- Hoje é dia de cumprir; o que prometi ao meu Senhor, a partir de hoje toda criança do sexo masculina será circuncidada aos oito dias de idade, estou feliz e orgulhoso, pois hoje posso apresentar, para todos o meu filho Isaque o legitimo herdeiro, fruto do meu amor verdadeiro.

(Abraão se interte brincando com Isaque).

Haagar -- Veja só, parece um pavão todo enfeitado.

Ismael -- Você não devia falar assim do papai, afinal de contas ele é um bom pai para mim.

Haagar  -- Você fala assim porque não sabe o que te espera; você acha que de agora em diante, seu pai vai ter olhos pra você?

Ismael -- Pode até ser, mas garanto que meu pai nunca vai deixar de me amar.

Hagar -- É… Mesmo, então veremos...

(Saem)

(Entra Eliezer e Zhoam)

Eliezer  -- Eu não poderia imaginar, que fosse juntar tanta gente nesta festa da circuncisão.

Zhoam  -- Daqui mais algum tempo será nosso filho que vai dar esta festa.

Eliezer -- Porque está dizendo isto?

Zhoam  -- É porque estou cismada que estou esperando filho seu, estou sentindo umas diferenças esquisitas no meu corpo, tem hora que me dá uma sensação estranha, um mal estar e isto só pode ser sinal de gravidez.

Eliezer -- Se isto ficar confirmado acho que vou ficar tão feliz quanto a Abraão, quando soube que ia ser pai, acho que não mereço tanto.

Zhoam -- Merece sim, por que não!… você é homem bom, cumpridor com seus deveres, e é temente a Deus e além do mais você é tudo que uma mulher possa desejar, e eu te desejo e te amo muito.

Eliezer -- É muito bom ouvir isto da pessoa amada, e é por isto que a amo cada vez mais.
Já estou começando a gostar da idéia, e estou pedindo a Deus que seja confirmada a sua suspeita, pois não vejo a hora de poder pegar o meu filho no colo.
Já estou até imaginando como será o seu rostinho, se for menino, vou pedir opinião ao pai Abraão, pois ele é inspirado por Deus, e naturalmente vais me ajudar a educá-lo para ser no futuro um bravo e respeitado homem: tenho certeza que esta será à atitude mais sensata.

E sei que você vai concordar comigo, não é mesmo?  ----- EJO ----------------- Continua 

            

Thursday, August 14, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 129 "JOSAFÁ, HOMEM JUSTO E TEMENTE A DEUS"

Os filisteus que era o maior inimigo do povo de Israel, agora se via trazendo presentes para Josafá, até os árabes trouxeram muito gado miúdo; sete mil e setecentos carneiros e sete mil setecentos bodes.
E em pouco espaço de tempo Josafá crescia e se engrandecia a olhos vistos, e para proteção e segurança de seu reino, sente a necessidade de construir fortalezas e cidades exclusivamente para fabricação de utensílios de guerra, como também treinamento de soldados, que para isso só era escolhido homens fortes e corajosos.
Pensando na possibilidade de futuros confrontos; isto mostra a sua inteligência, porque mesmo em paz se precavia pelo que poderia vir pela frente.
A sua popularidade era tão grande, que os países vizinhos, se coloca a sua disposição os seus exércitos e de tudo quanto precisasse.
Após algum tempo de ter Josafá entrado para família de Acabe, cerca de três a quatro anos mais ou menos Josafá agenda uma visita com Ele na cidade de Israel.
Para tanto, Acabe rei de Israel daquela época se prepara para uma grande recepção a Josafá, muitas cabeças de gado e muitas ovelhas foram sacrificadas para este grande encontro, que seria uma grande festa para a alegria do povo.
Esta visita de Josafá rei de Judá tinha um propósito, a pedido de Acabe de uma união de seus exércitos a fim de combaterem contra Ramote-Giliade.
Como Josafá não tomava nenhuma atitude antes de consultar o seu chefe maior, manda que Acabe consultasse primeiro qual seria a vontade de Deus.
Naquela época, os profetas e os videntes eram os que falavam em nome de Deus e transmitia tudo o que Deus lhes revelava através de sonhos e visões.
Assim Acabe solicita uma reunião com os profetas, num total de quatrocentos homens, e coloca o assunto em pauta em discussão.
Chegando num veredicto final de que eles poderiam subir contra Ramot-Giliade, que Deus os daria em suas mãos.
Josafá, porém, queria mais, queria que o profeta fosse um homem de Deus, pelo qual pudesse confiar nele.

Então Acabe lembra-se de um nome, que não estava presente naquela reunião, este homem sim era o profeta de Deus, aquele que profetizava com convicção, só que este homem não fazia parte nas jogatinas de Acabe e nem se misturava com eles e sempre profetizava contra Acabe.  ----- EJO --------- Continua 



A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 24 "DEUS CUMPRE O PROMETIDO A ABRAÃO, E SARA VAI DAR A LUZ A ISAQUE"

24

Algum tempo depois.

Cenas na casa de Abraão.

Abraão -- Bendito seja nosso Deus e pai, como ele prometeu, ele cumpriu, agora sou um homem completo.
Vou ser pai nesta idade, idade não importa, o que importa é que ele se lembrou de mim na minha velhice de mim e de minha querida Sara.
Todos os dias da minha vida estarei agradecendo à meu Deus por isto, agora sim, aqui começa uma nação de muitas gerações, segundo o que Deus me prometeu.

Haagar -- (com ciúmes fala entre os dentes)

É!... Agora só se fala neste tal filho que vai chegar, vejo que vou ficar no esquecimento, preciso ficar esperta se não vou ficar no prejuízo.
O que será de mim e de meu filho se isto acontecer.
Bem!... Se o Ismael é filho de Abraão, então porque esta minha preocupação?
Pois se conhecemos bem o nosso bom Abraão, também sabemos que ele é homem justo e não vai deixar que nada de mal aconteça conosco.

Sara -- (Sara ouve os resmungo de Haagar)... Você pode ficar despreocupada, Haagar; os nossos filhos, só vão trazer alegria para esta casa, garanto que eles vão se dar muito bem, vamos unir nossas forças na educação dos dois; se temos um Deus bondoso e que faz tudo por nós, também vai nos orientar para que eles sejam homens de valor, honrados e de bom caráter.

Abraão  -- Deus está sempre presente conosco, e vai dirigir a cada passo destas crianças, mas temos de entender que a nossa parte, somos nós que teremos de fazer.
Deus é bom, é justo, mas espera que cada um cumpra com seus compromissos, e cada um de nós sabemos muito bem quais são.

Haagar  -- Pela lei da natureza, pai Abraão, no meu intimo, sinto que vou ser desprezada junto com meu filho, entendo que todos me querem muito bem, mas sei também reconhecer que é hora de procurar o meu lugar.
Eu não posso interferir e nem atrapalhar a vida de vocês, por isto vejo que aqui, já não é mais o nosso lugar.

Abraão -- Haagar não fique antecipando os acontecimentos tudo está nas mãos de Deus, só ele sabe o dia de amanhã, e o que é bom para todos nós (dirige a Sara, demonstrando preocupação) Como está se passando Sara, está se sentindo bem?

Sara -- Sim tudo bem, só algumas contrações, mas isto é normal, gostaria que Zhoam estivesse aqui comigo, porque ela sabe lidar com mulheres nas minhas condições.

Momentos depois

Zhoam -- Me chamou senhora Sara? Está sentindo alguma dor, me deixe dar uma olhada,

(Dirige-se a Abraão) Por favor, pai Abraão queira nos deixar as sós.

Haagar  -- Eu também vou indo tenho muita roupa para lavar; pelo jeito eu aqui sou vou atrapalhar, e isto eu não quero que aconteça.
Pois se acontecer alguma coisa de errado, vão querer colocar a culpa em cima de mim, e eu não vou servir de motivo se alguma coisa não der certo. (No seu intimo, torcendo pra tudo dar errado)


(Saem os dois)   ------------ EJO  ---------------- Continua

                

Wednesday, August 13, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO N º 128 "JOSAFÁ REINA NO LUGAR DE SEU PAI ASA"


Ainda bem que Asa deixou o seu filho para reinar em seu lugar, um filho muito bem educado inteligente e querido do povo, e sobre tudo temente a Deus.
Se organizou, concertando os erros de seu pai diante de Deus, e Deus lhe deu prosperidade.
Pôs gente de guerra em todas as cidades fortes de Judá, como também nas terras e nos arredores da cidade principal de Judá, colocou guarnição (o que dá pra gente entender é que, em cada município daquela região foi colocado um posto policial a disposição de seus moradores), até mesmo nas cidades que seu pai havia conquistado em suas batalhas.
E o Senhor o abençoava, e estava com ele em todas as suas atividades; pois Josafá não cansava em buscá-lo em primeiro lugar, para todas as suas ações, seguindo sempre como exemplo a maneira de como Davi e seu pai que obedecia os mandamentos de Deus ao pé da letra e jamais procurou adorar outros deuses que não fora o Deus verdadeiro, o Deus vivo o santo de Israel.
E o Senhor confirmou o reino em suas mãos, e de toda parte de Judá saíram pessoas trazendo presentes pra ele, e a sua riqueza e glória foi destaque para toda a população, pois de tantos presentes recebidos formou se uma grande fortuna, segundo o que palavra de Deus nos diz, ele teve riquezas e glórias em abundância.
E com muita alegria em seu coração proclamava o nome do Senhor, e andou com sinceridade em seus caminhos.
Interessante notar, que Josafá se preocupava com a educação de seu povo, tanto que mandou para todas as regiões homens preparados para ensinar e educar o povo, e todos aprendendo tudo sobre a lei e os mandamentos do Senhor.

Depois que o povo passou, a saber, e entender o que era certo e o errado, passou também a temer e a respeitar os mandamentos do Senhor, e assim Josafá pode reinar em paz, sem maiores aborrecimentos com guerras e outros atritos.  ------------ EJO ------------ Continua

  







A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 23 "A MULHER DE LÓ VIRA ESTÁTUA DE SAL"


23

Mais tarde

Ló -- (Movimentos afobados como se preparassem para viajar)…

Vamos logo, minha gente, não temos tempo a perder!... Vamos Lira, traga só o necessário, mas vamos logo.

Lira -- Porque tanta pressa assim? Não vejo nenhum sinal no céu que possa, marcar alguma destruição!…,
Eu estou de acordo com nosso genro, também não estou acreditando muito nas palavras destes moços, não, só irei para satisfazer suas vontades.

 Anjo 1 -- Vamos... Vamos,… O senhor Deus, não vai esperar mais, não podemos esperar por quem está duvidando de nossas palavras, o que eu posso dizer é que vão se arrepender amargamente.

 Anjo 2 -- Estamos perdendo muito tempo discutindo se ficarmos mais tempo, nós também padeceremos, vamos não olhem para traz sigam sempre olhando para frente de cabeça erguida, para que não padeçam junto com este povo mal.

Já em fuga

Ló – Tenham confiança, Deus não desampara os que nele confiam.

Lira – É, mas é muito difícil deixar tudo pra trás, o que será de nós, se tudo vai acabar na destruição da cidade!...

Zilca – (Filha de Ló) Pra onde iremos?

Ló – Para as montanhas onde os anjos do Senhor vai nos guiar.

Lira – Não estou gostando nada disto, já andamos muito e já estou cansada, e as meninas também, já estão mostrando, que não vai suportar muito.

Anjo 1--Tenham mais confiança em Deus, que e tudo vai acabar bem pra vocês.

Ló – Não sei mais o que fazer pra convencer, minha família a confiar mais em Deus, me preocupa com esta má vontade de cada um deles.

Anjo 2 – Tenham calma  e andem; Já estamos chegando ao lugar onde Deus determinou para escondermos da grande tormenta, Deus já começou a atacar em pontos estratégicos.    

( Ao ouvir isto Lira esposa de Ló, não acreditando, queria confirmar se era verdade, olhou para traz e se transformou em uma estatua de sal)  (congelar a imagem no telão)  --- EJO -------- Continua  




Tuesday, August 12, 2014

DEUS NO COMANDO DE TUDO -- 127 "DEUS CONDENA A IDOLATRIA"

                      Deuses extranhos


 Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão, não terás outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagens de esculturas, nem alguma semelhança, do há em cima nos céus, nem embaixo da terra, nem nas águas de baixo da terra.
Não te curvarás a elas nem as servirás, porque eu o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem.
E faço misericórdia em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos.
Exodo 20 v 2 a 6

---------
O rei Asa não perdoou nem a sua própria mãe, que era a rainha daquela época, que durante o seu reinado fizera um grande ídolo, coisa horrenda e feia de se ver.
A primeira atitude de Asa foi depor sua mãe do posto de rainha, e logo em seguida destruir o tal ídolo, despedaçando o, e queimando o, e tirando qualquer vertigem que sobrasse dele.
Trinta e seis anos se passaram de um reinado de paz, e de muitos e grandes feitos em beneficio da comunidade, segundo a vontade de Deus.
Nesse período Asa foi muito bem sucedido tanto nas guerras, como na melhoria de qualidade de vida e no bem estar de seu povo e sobre tudo adquiriu respeito e dignidade e carinho do povo.
Mas, Infelizmente sempre aparecem aqueles que perturbam a paz,
Baasa rei de Israel entra em confronto contra Asa para construir Ramá a fim de impedir o povo de ir e vir, ninguém podia sair ou entrar em Judá, assim era o que Baasa queria mas não deu certo, e só serviu para conseguir uma grande confusão, pois os países vizinhos deram total cobertura a Asa, impedindo a tal construção.
O pior de tudo, é que Asa ao invés de consultar ao Senhor sobre o que estava acontecendo, foi pedir aconselhamento ao rei da Síria, esquecendo todo livramento que o Senhor tinha dado a ele e a seu povo.
O tempo passou e Asa adoece com uma doença grave nos pés, isto lá pelos anos trinta e nove de seu reinado.
Mesmo com toda dificuldade e sofrimento não se lembrou de buscar ao Senhor, mas aos médicos.
E após reinar quarenta e um anos, morreu sem fazer as pazes com Deus.
É como eu sempre digo, não adianta você fazer o bem o tempo todo e no finalzinho do seu tempo você se desviar de fazer a vontade de Deus e entrar por outro caminho que te leva a perdição.

É como nadar, e nadar e morrer na praia.  -----  EJO  ----------------- Continua

      

A GRANDE PROMESSA -- CAPÍTULO 22 "OS ANJOS DO SENHOR ENTRAM EM AÇÃO E EXPULSA OS VÂNDALOS DA CASA DE LÓ"


22

(Saem para os aposentos, demonstrando certo cansaço, após algum tempo, houve-se uma gritaria lá fora, gritando e fazendo arruaças, muito barulho demonstrando falta de educação e muita ignorância)

Vândalo -- Sr. Ló, queremos falar com o senhor!...

Ló -- (aparece na porta com meio corpo pra fora) O que queres de mim? Já é tarde e estou com visitas, não quero nenhuma perturbação, e nem tão pouco que interrompem o nosso assunto, pois é de interesse só da família, amanhã conversaremos.

Vândalo -- Parece que o senhor não está entendo nada, só queremos saber onde estão os dois moços que o senhor recebeu nesta noite, sabemos que eles estão aqui e nós queremos conhecê-los.

Ló -- (conhecendo suas atitudes) Peço a vocês que não façam nenhum mal a estes moços, eu dei abrigo, a eles e ninguém vai tocar neles, se preciso prefiro que vocês, vinguem suas raivas em mim, mas deixe-os em paz.

Vândalo -- (Com rispidez) Não queremos nada com o senhor, só queremos falar com os moços.

Ló -- (Se expondo, sai) Mais uma vez eu imploro, deixe esses moços em paz, se vocês soubessem com quem estão lidando, já teriam ido embora há muito tempo.
Simplesmente estou tentando fazer vocês compreender, que não vale à pena continuar com suas intenções, mas para evitar um mal maior leve minhas filhas, são muito bonitas, ainda virgens, levem-nas, mas não toque nestes moços.

Vândalo -- Isto não nos interessa, mulher tem pra todo lado, estes moços vieram aqui, querendo bancar o juiz em tudo, agora a nossa paciência acabou, já que o senhor não quer nos entregar os moços; vamos fazer mais mal a ti do que a eles,
(tentam agredir Ló) (entram em cena os dois anjos, o primeiro anjo, fala com autoridade).

 Anjo 1 -- Afaste-se deste homem, ele é homem, bom justo e temente a Deus, vós sois idólatras e feiticeiros, e não são bem vistos perante os olhos Dele, vão ter com os demônios dos infernos aqui não é vosso lugar.

(Faz um gesto com as mãos em direção a eles, ficam cegos e perturbados, saem tropeçando em tudo,)

(depois de um tempo de terem saído os vândalos o anjo continua) agora sim, pelo menos por enquanto poderemos descansar em paz, então vamos descansar. (E entram em casa)

Dia seguinte

 Anjo 2 -- (Local - sala de jantar, todos reunidos em redor da mesa)… Tem mais alguém morando aqui com vocês?

Ló -- Os que moram aqui comigo além de minha família, são só meus criados e meus servos.

 Anjo 1-- Então mande que todos se preparem, porque não vão poder ficar aqui, esta cidade; vai ser toda destruída, Deus já não suporta mais tanta maldade deste povo, quem ficar aqui certamente morrerá.

Saem os dois anjos

Ló -- (falando a seus genros) Preparem suas coisas seus pertences, para não padecerem junto com este povo.

Gerso -- (Incrédulo)  O senhor não vai me dizer que está acreditando nestes absurdos que estes moços estão dizendo?
Não têm cabimento um homem na idade do senhor com a experiência de vida que tem, venha a acreditar num absurdo deste tamanho.
E de mais a mais eu não vou deixar pra trás, tudo que consegui com tanta dificuldade, se o senhor está acreditando nestes absurdos, o senhor vá sozinho mais nos deixe viver nossa vida em paz, mas aqui.

Ló -- (se levantando, se sentindo ofendido, fala com autoridade)  Não interessa o que você pensa, o que importa é que temos de obedecer as ordens de Deus.

Não posso esperar pelas suas duvidas, espero que vocês sejam prudentes e cumpram minhas ordens, você pode não querer ir, então terá que ficar sozinho, pois as minhas filhas, eu as levarei comigo.
----- EJO -------------- Continua