NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Tuesday, September 09, 2014

NUNCA É TARDE PARA VOLTAR -- CAPÍTULO -- 02


Cap.02

Meses depois

Residência do Sr. Dinho - sala de estar vazia entra a empregada; vestida a caráter com espanador, flanela, vassoura etc., cantarolando, glória, glória aleluia.

D. Maura (Entrando com material de crochê na mão, senta-se no sofá, e começa o crochê, fala a Julia)
Você está muito feliz hoje em, viu passarinho verde?... É assim que gosto de ver, temos que louvar o nosso Deus sempre, e confiar nele, ele nunca vai nos decepcionar e muito menos nos abandonar.

Julia -- Eu gosto de trabalhar cantando, porque assim afasta os maus pensamentos, e o meu serviço rende mais e cantado eu nem vejo as horas passar.

D. Maura -- Você é mesmo uma pessoa de muito valor e precisa valorizar seus dotes, outra pessoa com um talento deste, já não estaria trabalhando mais aqui, você é muito talentosa menina, precisa saber aproveitar melhor os seus dotes.

 Julia -- Como assim senhora Maura?

 D. Maura -- A sua voz é muito bonita, porque você não canta em público, lá na igreja, por exemplo, garanto que todos vão gostar de ouvi-la.
E digo mais, não será apenas uma vez, mas tenho certeza que será convidada sempre e também vai cantar em outras igrejas, isto sem contar que o seu noivo vai ficar muito orgulhoso de você.

Julia -- Deste jeito eu acabo acreditando, mas reconheço que não chego a tanto, e além do mais sou muito tímida, para que isto aconteça, vou ter que passar por uma transformação radical, pois mal converso com as pessoas!...

Dona Maura  -- Tímida, você?... Aqui em casa você não tem nada de tímida, aqui você tem liberdade com todos da casa, e é assim que gostamos, pois queremos que todos se sintam bem trabalhando para nós.
Se você quiser fazer um teste, pode começar cantando nos cultos de quarta feira, quando reúne um grupo menor de pessoas, ai aos poucos você vai se acostumando, até chegar aos cultos oficiais.

Julia -- Não sei não, acho que não tenho coragem, e mesmo que tivesse, eu não tenho tempo e nem mesmo uma roupa adequada para apresentar em reuniões tão importantes, preciso comunicar isto ao Daniel, vamos ver a opinião dele, depois eu falo com a senhora.

Dona Maura  -- Claro, claro, se ele concordar; na próxima quarta feira, você organiza suas coisas mais cedo, para que na hora do culto, você esteja livre, vou levá-la comigo, você escolhe um hino bem bonito, e eu te apresento pra cantar.
Em cultos de oração ou mesmo cultos oficiais da igreja, são todos simples ou alias a nossa igreja combate qualquer tipo de preconceito, e lá ninguém se preocupa em mostrar o que veste a nossa preocupação é, se estamos agradando ao nosso Deus, vestimenta é coisa que fica para segundo plano.

Julia -- Pra mim vai ser uma honra, mas tenho que pensar, depois eu falo com a senhora, cantar aqui em casa é uma coisa, agente canta até sem notar que tem alguém ouvindo, e canta até sem saber direito o que está cantando, agente canta sim, para ajudar a manter a calma, como faz bem para o nosso ego!... 

Momentos depois
                                                                                                                
Dona Maura  -- Eles estão chegando, agora você vai preparar o café pra eles, vê se não demora muito, pois quando chegam, estão ansiosos para tomar um cafezinho fresco, ontem você atrasou e fui obrigada a ouvir reclamações.

Julia -- Ta bem Senhora Maura a senhora sabe por que eu atrasei ontem, já expliquei para senhora que não consegui fazer a compra toda no mesmo lugar e tive que andar muito para trazer tudo que estava na lista.
De agora em diante, quando eu for sair pra fazer as compras, vou ter que sair um pouco mais cedo para não ter que aborrecer vocês com atrasos, prometo que isto não vai acontecer mais.


(Sai, em seguida entra senhor Dinho e Mauro, D. Maura os recebem
------------- EJO ---------- Continua



No comments: