NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, May 30, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/122 "O apoio dos irmãos faz muita falta, a comunhão a convivência uns com os outros é de suma importância para o crescimento espiritual de todos nós. Dando-nos mais convicção de nossa posição diante de Deus, o afastamento nos torna muito volúvel e nos esfria, é como uma brasa no braseiro enquanto está na união das outras ela permanece quente, tirando a, ela perde o seu calor. Assim é o crente que afasta do convívio dos irmãos podendo até se afastar da presença de Deus, assim sendo a igreja de uma forma geral tem por obrigação estar sempre em comunhão uns com outros."

                DEUS NO COMANDO DE TUDO

                     VOLUME - 03 - PARTE - 122

Depois destas palavras mandou que o guardassem no pretório de Herodes; (sala de audiência para administração da justiça.)
Agora, Paulo está sob a guarda da autoridade maior, aguardando o interrogatório; e espera que ele seja justo em suas decisões.
Cinco dias se passaram, e então vieram seus acusadores, e muitos daqueles sacerdotes e anciãos que antes o defendia, agora vem também contra ele.
O sumo sacerdote Ananias, chefiando os anciãos, na companhia de um advogado, chamado Tértulo, veio com intenção de derrubar tudo o que Paulo havia feito, na questão de evangelizar os judeus.
No interrogatório o presidente Felix passa a palavra a Tértule que não perde tempo em suas acusações, dizendo:
Visto que, como por ti temos tido paz, e por tua prudência, se fazem a este povo muitos e louváveis serviços sempre e em todo o lugar, ó potentíssimo Felix, com todo agradecimento o queremos reconhecer.
Mas, para que ti não detenhas muito, rogo-te conforme a tua a tua equidade nos ouças por um pouco de tempo
Tenho achado que este homem é uma peste e promoter de sedições, entre todos os judeus, por toda parte do mundo, e o principal defensor da seita dos Nazarenos.
O qual também intentou a profanar o templo; e por isso o prendemos, e conforme a nossa lei o queremos julgar.
Porém, sobrevindo o tribuno, Lísias, o tirou de nossas mãos, com grande violência.
E mandou que seus acusadores viessem a ti e dele tu mesmo, examinando o poderás entender toda a razão porque o acusamos.
Também os judeus pensam assim como foi detalhada esta fala; acusando o.

Como Paulo, não tinha ninguém em sua defesa, ele próprio se coloca como advogado para se defender, se coloca de pé fazendo sinal ao presidente pedindo a palavra, respondendo as acusações, disse.
                    --- EJO --- Continua


No comments: