NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Wednesday, August 03, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/158 - "A principal razão que impede o crescimento espiritual é a ganância do poder aquisitivo das igrejas. Na ânsia de arrecadar mais, a parte espiritual fica em segundo plano, no passado quando se aceitava alguém como membro da igreja, ele tinha que demonstrar que realmente era convertido. Que não é o caso dos nossos dias, hoje na maioria das igrejas, a preocupação é a quantidade e não a qualidade, quanto mais gente melhor, principalmente os que têm condições de contribuir e de preferência aqueles bem sucedidos e mais generosos. O crente não deve ser induzido a contribuir, mas, conscientizado de que ele não está pagando o dizimo, mas’ entregando, devolvendo a décima parte do seu ganho. Em Malaquias 3 v 10 nos manda trazer todos os dízimos à casa do senhor, depois fazer provas das suas dádivas e de sua bondade. "

       DEUS NO COMANDO DE TUDO
          VOLUME - 03 - PARTE - 158

Não nos gloriaremos fora de medida, mas conforme a reta medida de que Deus nos deu, para chegarmos até vós.
Porque não nos estendemos além do que convém, como se não houvessemos de chegar até vós, pois chegamos até vós no evangelho de Cristo.
Não nos gloriando fora de medida nos trabalhos alheios, antes tendo esperança de que, crescendo a vossa fé, seremos abundantemente engrandecidos entre vós conforme a nossa regra.
Para anunciar o evangelho nos lugares que estão além de vós e não em campo de outrem, para não nos gloriarmos no que estava já preparado.
Aquele, porém, que se Gloria, glorie-se no Senhor.
Porque não é aprovado quem a si mesmo se louva, mas sim aquele a quem o Senhor louva”. 2ª Carta aos CoríntiosCapitulo 10 v 1 a 17No começo das cartas de Paulo sempre vinha em primeiro lugar a apresentação em nome do Senhor Jesus Cristo, deixando frisar sempre que quando escrevia as cartas, tinha por prioridade saudar o nome do senhor e que tudo quanto escrevia, escrevia, não baseado em feitos de nenhum homem da terra, mas em Jesus Cristo.
Toda a inspiração vinha Dele, e não de homens comum.
Paulo tinha por costume começar uma carta usando estas palavras: Eu apóstolo não da parte dos homens, e nem por homem algum, mas, por Jesus Cristo e por Deus Pai
Só então começava a se referir as pessoas a quem ele destinava, com estes dizeres: Graças a vós e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, seu filho.
É muito bom quando referimos a Deus com responsabilidade, devoção e respeito, sentimos mais a sua presença em nosso ser.
Paulo se preocupava com o rumo que certas pessoas,da sua estima saia fora do prumo.
Então ele apelava para que todos se voltassem para Jesus, dizendo:
Estais pois firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do jugo da escravidão
                      --- EJO -- Continua





No comments: