NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, January 16, 2017

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/76 -- Continuação -- "Quando uma igreja fica sem pastor, é o mesmo que um barco a deriva em alto mar, não há o que fazer senão pedir socorro e aguardar com ansiedade a chegada de alguém que possa salvá-los. Algumas igrejas, também ficam a deriva, e muitas coisas que não podiam acontecer, acontece, pois estão todos desnorteados. Quando se tem um quadro de oficias eficiente e bem preparado pelo pastor anterior, a possibilidade de sufoco é bem menor" (Continua)


        O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS 

                                PARTE - 76

Estando Davi falando com Saul, pai de Jônatas; Jônatas observa, o seu modo de tratar a sua determinação e a sua sinceridade em suas palavras.
E de imediato simpatizou com ele, fizeram boas amizades, amizades sinceras, daquelas que nos dias atuais podiam assim dizer, unha e carne.
A partir deste dia, as considerações de um pelo outro, era de dar inveja, tudo o que um precisasse do outro, o outro estava disposto a colaborar.
Pela bravura de Davi, caiu nas graças de todos, em vista disso, Saul determina que ele assuma o comando dos exércitos de Israel.
A sua popularidade era tanta, que as mulheres, o tinham como muito especial, e saíram cantando, pulando e dançando pelas ruas em manifestação e em confronto com o rei Saul, dizendo: Saul feriu os seus milhares, porém Davi os seus dez milhares.
Saul ao ouvir tal cantoria, se indignou, pois o que ouvira, feria profundamente a sua moral perante os seus servos, e perante todo povo, e com ciúmes de Davi, ele reclama; a Davi elas deram dez milhares e a mim somente milhares, na verdade o que lhe falta então, senão o reino? 
A partir deste dia, as considerações de Saul para com Davi, tiveram novos rumos.
A inveja de Saul pela popularidade de Davi, mexeu profundamente com seu sistema nervoso, e uma crise daquelas fortes se apodera dele e o espírito mau da parte de Deus vem sobre ele, e ele profetizava, (isto é, já imaginava o que viria pela frente) andando de um lado para o outro dentro de sua casa.
Apesar da sua falta de educação para com Davi; Davi humildemente pega a harpa e começa tocar, para amenizar o sofrimento de Saul.
Que esquece que ele estava ali justamente a seu pedido, e tudo fazia para satisfazer sua vontade, tinha em sua mão uma lança e arremessa-a em direção a Davi na intenção de cravá-lo na parede.
Davi muito atento a todos os movimentos de Saul, não teve nenhuma dificuldade em se desviar da lança, por duas vezes.
Nestas alturas, Saul já havia arrependido de ter nomeado Davi para comandante das tropas.

Então começa refletir, tendo em vista que o Senhor estava com Davi e havia se retirado dele, pela sua desobediência, sabendo se que a atuação de Davi como comandante da tropa, estava sendo aceita por todos, pois ele os conduzia com prudência, e Saul já estava antecipando os acontecimentos e prevendo que o seu reino estava comprometido.

                        --- EJO ---- Continua


No comments: