NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, July 17, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - P/74 "A igreja precisa de pessoas consagradas e empenhadas na propagação do evangelho e que faça tudo pelo amor, e não por obrigação, ou interesse pessoal. É bom que a igreja se preocupe em construir o verdadeiro representante de Deus e não apenas preocupar em construir um quadro de membros que contribui com altas somas."


                    DEUS NO COMANDO DE TUDO

                          VOLUME -- PARTE  --  74

(Leia sempre o final do texto anterior para dar sentido ao atual)

Daniel sem responder nada fica pasmo diante do sonho que Nabucodonosor acaba de lhe revelar, e passa quase uma hora sem dizer uma só palavra.
Mediante o seu silencio, Nabucodonosor incomodado, chama sua atenção dizendo: não te espante o sonho e nem a sua interpretação.
Ao voltar à realidade do silencio, Daniel responde; senhor meu, o sonho seja contra os que te tem ódio, e a sua interpretação para os teus inimigos.
A árvore que viste que cresceu, se fez forte, cuja altura chegava até ao céu, e que foi vista por toda terra, cujas folhas eram formosas, e o seu fruto abundante, e em que para todos havia mantimento, debaixo da qual morava os animais do campo, em cujos ramos habitava as aves do céu.
És tu, ó rei, que cresceste, e te fizeste forte, a tua grandeza cresceu e chegou até ao céu, e o teu domínio até a extremidade da terra.
E quanto ao que viu o rei, um vigia, um santo que descia do céu, e que dizia, cortai a árvore, e destruí-a, mas o tronco com suas raízes deixai na terra, e com cadeia de ferro e de bronze, na erva do campo; seja molhado do orvalho do céu, e a sua porção seja com os animais do campo, até que passem sobre ele sete tempos.
Esta é a interpretação, ó rei, e este é o decreto do Altíssimo, que virá sobre o rei meu senhor.
Será tirado de entre os homens, e a tua morada será com os animais do campo, e te farão comer ervas como os bois, e será molhado do orvalho do céu; e passar-se-ão sete tempos por cima de ti: até que conheças que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens, e o dar a que quer.
 E quanto ao que foi dito, que deixasse o tronco com as raízes da árvore, o teu reino voltará para ti, depois que tiveres conhecido que o céu reina.
Portanto, ó rei, aceita o meu conselho, e desfaze os teus pecados pela justiça, e as tuas iniquidades usando de misericórdia com os pobres, e se prolongar a sua iniquidade.
Mesmo, Daniel aconselhando o rei, mostrando o que ele deveria fazer, ele ainda retruca, com palavras duvidosas, achando que era o maioral e que ninguém poderia agir contra ele.
Mostrando o seu poderio, ele dizia; Não é esta a grande Babilônia que edifiquei, para casa real, com a força do meu poder e para glória da minha magnificência?
Mal havia terminado de falar a ultima palavra, veio uma voz do céu, que dizia: ó rei Nabucodonosor: passou de ti o reino.

E será tirado de entre os homens, e a tua morada será com os animais.

                                    ----- EJO ---- Continua



No comments: