NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Wednesday, February 17, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/50 "Deus se arrepende ter feito o homem, e destruiu todo ser vivente da face da terra, com as águas do dilúvio, como também destruiu o povo de Sodoma e Gomorra com fogo e enxofre, tudo por causa destes terríveis males, que temos presenciado até os dias de hoje. O castigo de Deus tem sido ignorado, e pagam caro por isto, quantas catástrofes quantas calamidades, quantas tragédias, quantas destruições, quantos sofrimentos por este mundo afora, e todos acham que tudo isto é normal, e não procuram se concertar com Deus.

                       DEUS NO COMANDO DE TUDO

                          VOLUME - 03 - PARTE - 50

Os sacerdotes não entraram na sala de audiência pensando em não se contaminar, porque mais tarde teriam que participar da páscoa.
Pilatos querendo se livrar de qualquer responsabilidade, se mostra alheio aos acontecimentos e pergunta para os que trouxeram Jesus; Que acusação trazeis contra este homem?
Respondendo, disseram-lhe; se este homem não fosse malfeitor não teríamos trazido para lho entregar, Pilatos manda os que o leve para ser julgado na cidade de sua origem.
Acontece que na Judéia, qualquer um que matasse alguém seria condenado a morte também por isso trouxe Jesus para ser julgado por Pilatos, e para cumprir as escrituras, Jesus teria que passar até mesmo por Pilatos.
E, assim Pilatos retorna a sala de audiência, chama Jesus e pergunta-lhe; tu és o Rei dos Judeus?
Sem nenhum temor Jesus responde com toda firmeza, e ainda testa a integridade de Pilatos; tu dizes isto de ti mesmo ou foi alguém que ti disse?
Interessante notar que as perguntas eram respondidas com outra pergunta. Respondendo Pilatos; por acaso sou eu Judeu? Os principais dos sacerdotes entregaram a ti a mim; o que fizeste?
Pra deixar Pilatos ainda mais intrigado, Jesus responde que seu reino não era deste mundo, e que, se seu reino fosse deste mundo os seus servos o defenderiam e não deixaria que fosse entregue aos Judeus, o meu reino não é daqui.
Pilatos insiste; tu és rei?, e Jesus responde, tu dizes que eu sou rei; Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo a fim de dar testemunho da verdade.
Todo aquele que é da verdade, ouve a minha voz.
Então me diz; o que é a verdade? Pilatos volta a falar com os Judeus, dizendo: não vejo nenhum crime neste homem
Os Judeus tinham por costume soltar um prisioneiro na época da páscoa, e Pilatos deixa na responsabilidade deles escolher a quem soltar, pensando que eles não queriam ter o sangue de Jesus em suas mãos, mas para que se cumprisse as escrituras, escolheram outro e deixaram Jesus nas mãos de Pilatos.
Pilatos faz a pergunta decisiva: quereis que vos solte o reis dos Judeus?
E todos em uma só vos disseram este não; solte Barrabás.
Barrabás era um homem rude, malfeitor, ladrão e de péssima índole.
Pilatos, pergunta o que faremos com o rei dos judeus?
A multidão gritava enfurecida, crucifique o, crucifique o
 Pilatos que até então parecia um homem justo, ele próprio açoita Jesus para forçá-lo a dizer que era o rei dos judeus; os soldados vendo que o próprio Pilatos estava agindo daquela maneira, resolveram também judiar de Jesus fazendo uma coroa de espinhos e colocando em sua cabeça com toda ignorância, perfurando a cabeça de Jesus, e dali pra frente foi só sofrimento.
Pra humilhar ainda mais, fizeram uma veste de púrpura, coisa que só os reis usavam, gritavam eles para ofender Jesus, salve o rei dos judeus, ao mesmo tempo em que lhe davam bofetadas.
Pilatos não querendo ser responsável pelo que estava acontecendo, dizia não achei nele nenhum crime.
Mas Jesus já estava entregue nas mãos de seus algozes, que o levaram para fora vestido com um vestido de púrpura como se fosse um rei, e a coroa de espinhos fazia sangrar sua cabeça
Os sacerdotes que eram os representantes de Deus, e que administrava a doutrina de Deus para os judeus, foram os primeiros a exigir que crucificasse Jesus, diziam com toda convicção; crucifica o, crucifica o.

Mais uma vez Pilatos alega que não havia achado nenhum crime em Jesus a ponto de ser crucificado, mas para não perder seu credito diante do povo concorda e deixa Jesus pagar o preço de nossos pecados, porque assim já estava escrito desde o princípio,

                               --- EJO ---- Continua



No comments: