NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Wednesday, February 24, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/55 "A grandeza de Deus, também se mostra na realização dos sonhos de três mulheres ansiosas, porém conformadas por não terem o privilegio de conceber e dar a luz a filhos: Sara - Ana - e Izabel. Sara já avançada em idade, Deus lhe concede a graça de dar a luz e amamentar seu filho Isaque, atendendo a promessa que fizera a Abraão de ser uma grande nação. Gen. Cap.17. Ana, desesperada por ser estéril, clama a Deus em oração, prometendo entregar seu filho para ser educado por Eli, para trabalhar na obra do Senhor, e Deus atende as suas suplicas, e ela cumpre o prometido - 1 Samuel cap.1." (CONTINUA)

        DEUS NO COMANDO DE TUDO 

           VOLUME - 03 - PARTE - P/55

A princípio Maria não reconhece que era Jesus que estava diante dela, Jesus notando a sua indiferença encoberta pelo choro, pergunta; porque choras mulher? A quem buscais?
Em sua mente vinha a imagem do guarda do sepulcro, jamais imaginava que se tratava de Jesus, e responde como se tivesse respondendo para o guarda.
Senhor, para onde levaram o corpo do meu senhor, se tu o levaste, diz-me onde o puseste e eu o levarei. (Naturalmente Maria queria dar um sepultamento mais digno para Jesus)
Jesus chama a atenção de Maria; e Maria se deu conta de que estava falando com Jesus, e de tão feliz ela expressa todo sentimento em uma só palavra; MESTRE!....  (E tenta lhe abraçar, mas Jesus não podia deixar que ninguém lhe tocasse, pelo menos por enquanto) e reponde; Não me detenhas porque ainda não subí para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e diz-lhes que eu subo para o meu Pai e vosso Pai, o meu Deus e vosso Deus.
Depois disto é que ela foi falar com Pedro que saiu correndo para constatar tal fato, e foi falar também aos outros discípulos tudo quanto Jesus havia falado com ela.
Após a crucificação de Jesus, os discípulos procuravam se esconder dos judeus, com medo de serem também mortos por eles.
Já era bem tarde e todos estavam reunidos em um local secreto, onde só eles sabiam, mas mesmo assim procuravam ter o cuidado para não serem descobertos.
No primeiro dia da semana, estavam ali reunidos e alguém que eles jamais poderiam imaginar, aparece no maio deles, assustando a todos.
Jesus estende as mãos e mostra os ferimentos causados pelos pregos lá na cruz; todos de olhos arregalados (assim creio eu) Jesus os confortam com uma doce palavra; Paz seja convosco.
De mãos estendidas para que todos tivessem a confirmação de que realmente era Ele que estava ali presente diante deles.
Pra não ficar nenhuma dúvida, mostra também o lado ferido com a lança; era de costume perfurar o corpo de todos que eram condenados a crucificação para que todo sangue saísse do corpo e ter a certeza de que já não teria mais vida naquele corpo e com  Jesus não foi diferente.
Depois que os discípulos constataram que realmente se trava de Jesus, maravilharam-se e festejaram com muita alegria.
E assim Jesus repete a frase Paz seja convosco e diz mais: assim como o pai me enviou, eu vos enviei a vós.

(Jesus estava se referindo a trindade, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo). Para consolidar o que Jesus estava falando, Ele soprou sobre o grupo de discípulos entregando já de antemão o Espírito Santo, completando a frase; aquele a quem perdoardes os pecados será perdoados e aqueles que retiverdes lhe serão retidos.

                              --- EJO Continua



No comments: