NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, February 22, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/53 "Os céus proclamam a gloria de Deus, e o firmamento anuncia as obra de suas mãos – Salmo 19 v.1. Deus tudo fez, tudo criou para sua honra e sua glória ele não nos fez para o pecado, mas para o seu engrandecimento e para o seu louvor. Tudo é dele, o Salmo 24 nos faz lembrar que tudo é do senhor, diz assim: do senhor é a terra e sua plenitude, o mundo e tudo que nele habita.

                  DEUS NO COMANDO DE TUDO

                     VOLUME - 03 - PARTE - 53

A túnica tão perfeita de Jesus não tinha costuras, e acharam por bem não rasgá-la, e assim a solução seria lançar sorte pra saber quem a levaria; tudo isto acontecendo cumprindo assim o que as escrituras diz: dividiram entre si os meus vestidos e sobre a minha vestidura lançaram sorte.
Presenciando aquela cena horrível sem poder fazer nada estava a sua mãe, Maria de Cleófas e Maria Madalena.
Jesus vendo o sofrimento de sua mãe e de seus amigos mais chegado, mesmo com grande dor se compadece deles; e disse a sua mãe mostrando para o discípulo que o seguia mais de perto, dizendo: mulher eis aí o teu filho, e logo em seguida disse ao discípulo, eis ai a tua mãe, e dali por diante o discípulo passou a dar atenção a sua mãe.
Em vista de todo sofrimento, Jesus chega à conclusão de que tudo o que estava escrito se cumpria, Jesus demonstra ter sede e naturalmente de boca seca, disse: tenho sede.
Ouvindo o que Jesus dizia; para torturá-lo ainda mais, encheram uma esponja com vinagre e colocaram na sua boca, e tão logo o vinagre foi ingerido por Jesus, Ele exclama: está tudo consumado, e assim, inclinando a cabeça; entregou o espírito.
Para ter certeza de que já não havia mais vida em nenhuma das cruzes, as pernas de qualquer um que passasse por aquele tormento eram quebradas, porque se ainda restasse qualquer vestígio de vida, quebrando as pernas naturalmente ninguém suportaria e assim poderiam ser retirados da cruz, neste caso queriam forçar a retirada o mais depressa possível em vista de que no dia seguinte seria sábado e não poderia ficar nenhum corpo pendurado na cruz até passar o sábado; sabendo-se que o sábado tinha que ser respeitado.
Somente as pernas dos salteadores que foram crucificados com Jesus foram quebradas, pois constataram que Jesus já estava morto e não havia necessidade em quebrar suas pernas, porém por vias de dúvidas uma lança transpassa em seu lado, fazendo sair todo sangue e água que ainda estava retido em seu corpo.
Ao terminar de perfurar o lado de Jesus, aquele soldado testifica de que Jesus era realmente o filho de Deus, e que tudo o que Jesus dizia era a mais pura verdade, e que tudo deveria servir para que outros também crescem nas verdades de Jesus.

Sabendo-se que tudo deveria acontecer para assim cumprir a escritura que diz: Nele nenhum dos seus osso será quebrado; continua o que diz a escritura: e verão aquele que foi transpassado.

                                   --- EJO --- Continua



No comments: