NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Tuesday, January 13, 2015

O PREÇO DA GANÂNCIA-CAPÍTULO-27


Capítulo -- 27

Humberto - Passei a minha vida toda ouvindo os seus conselhos, e de que adiantou só agora eu entendo a razão de sua preocupação, peço que não se esqueça de orar por mim, prometo que de agora em diante, vou parar mais, e refletir mais, antes de agir.

Pastor - Claro, claro, eu não o culpo pelo rumo que você tomou isto tudo são conseqüências, de exemplos de más companhias.
E também por parte da educação que seu verdadeiro pai lhe passou, agora o que temos de fazer é consertar o que está errado.
Quando você voltar para o Brasil vou te ajudar no que tiver a meu alcance!... Aqui agente conversa melhor!...
 --------
Na Universidade, Carlos Alberto é condecorado.
Na república onde mora, seus amigos o esperam para fazer lhe uma surpresa.
Logo depois da colação de grau, seus amigos vieram imediatamente, inclusive o reitor da universidade, que era um de seus principais amigos.
Tamanha foi a sua surpresa quando entrou porta adentro.

Carlos Alberto - Mas, o que isto? Assim vou acabar tendo um ataque do coração.

Reitor - Quero te dar um abraço especial de amigos, na universidade, o abraço foi formal, aqui ele é sincero de um amigo de verdade.
Parabéns meu rapaz, você conseguiu, o seu projeto vai beneficiar todos os alunos.

Rita - Não é atôa que o admiro cada vez mais (dá um grande abraço, acompanhado de um beijo inesperado).

Carlos Alberto - Pra mim tudo de bom que aconteceu até agora, o melhor foi à presença de todos vocês aqui, me dando esta força.
Com o apoio da Rita então, tenho certeza de vencer todos os obstáculos, não sei se mereço tanto, mas, os meus agradecimentos são sinceros para todos vocês.

Rita - Do nosso grupo só está faltando o Vanderley, não sei por que cargas d’agua ele cismou, que poderá ter alguma coisa comigo.
Pois nunca deixei nenhuma esperança de qualquer tipo de envolvimento com ele, além de simples amizade, é claro.

Carlos Alberto - Também não sei por que ele me olha, como se fosse um inimigo seu.

Reitor - Ta na cara que ele tem ciúmes de sua amizade com Rita.

Rita - O que sinto pelo Carlos Alberto, não é simples amizade. (fala com certa malicia)

Carlos Alberto - (Falando a todos) É impressionante como são as coisas, desde que a vi pela primeira vez, o meu coração nunca mais bateu do mesmo jeito.
Mas, devido as minhas condições financeiras, nunca tive coragem para me declarar a ela.
Pois acho uma tremenda irresponsabilidade, fazer compromissos, sem ter condições de arcar com eles. (declarações de ambas as partes, tendo seus amigos como testemunhas).

Rita - Pra mim, não faz diferença a sua situação financeira, o que me importa, é a sua personalidade, sei que com o tempo tudo se conquista.

Carlos Alberto - Não podia ouvir palavras mais maravilhosas, daqui pra frente, já tenho mais um objetivo  e vou lutar por ele.

Rita - Então já posso considerar que estamos namorando?


Carlos Alberto - É claro!... Pois é tudo que mais quero nesta vida. (abraçam se e trocam um grande beijo apaixonado)

                                                               --------- EJO ------- Continua



No comments: