NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, January 15, 2015

O PREÇO DA GANÂNCIA-CAPÍTULO-28


Capítulo 28

Nisto, alguém inesperado acaba de chegar.

Vanderley - (batendo palmas ironicamente)... Ora!... Ora, o que vejo; que espetáculo, não esperaram nem mesmo as visitas se retirarem.

Reitor - Não estão fazendo nada demais, quando o casal se ama de verdade, tem mais é que se mostrar mesmo, para que todos saibam e os respeitem. (falando de forma agressiva a Vanderlei, como quem diz; o que você tem com isto)

Vanderley - Vejo que o seu prestígio, com a universidade está em alta e está sendo destaque, senão não teria tanta gente aqui te bajulando.

Rita - Deixe de ser inconveniente, é por isto que você tem dificuldades, em conquistar amizades entre seus colegas.

Vanderley - Prefiro ficar sozinho, a que mal acompanhado, pelo visto, não sou bem vindo aqui.
E podem ficar sabendo que vou fazer todo possível para atrapalhar este namorico idiota de vocês.
Ou, aliás, não vou precisar fazer muita coisa, pois um pobretão nunca dará certo com pessoas de um nível superior ao seu, aqui não fico mais nem um segundo já falei tudo que pretendia falar, agente se esbarra por aí.
 (Falando em tom ameaçador, sai se esmurrando e tremendo de ódio, e nem percebe que um automóvel vinha em toda a velocidade em sua direção.)
(Da entrada da república todos viram o acidente que acabou com sua vida).

Carlos Alberto - Triste sina deste rapaz morreu na ilusão de nos atrapalhar, é o que acontece com os apaixodos que não são correspondidos, de minha parte digo com toda sinceridade, que nunca lhe desejei mal algum.

Reitor - Mediante o que aconteceu, não temos mais graça em comemoração, vamos ver o que podemos fazer por ele, e tomar as medidas cabíveis, assim como ligar para seus parentes e outras providências que precisaremos tomar.

Rita - Bem!... Preciso ir também, há!... Não esqueça a reunião de sábado, estamos te esperando.
-------

 Em Miami, ainda imbuído de emoção, pela longa conversa com seu padrinho, Humberto ou Cecílio como era chamado ali, não se continha dentro de si.
Preocupado, andava de um lado para o outro, e sua cabeça fervilhava em pensamentos, pelos quais não chegava a nenhuma conclusão, nisto o telefone toca, o Jeremias atende,

Depois de algumas palavras...
--------
Jeremias - Ele não está tendo condições de falar agora, mas, como estou a par de todos os seus negócios, acho que posso lhe passar alguma coisa, o que deseja saber?

Jack - Preciso saber, se ele já está com o dinheiro em mãos para o próximo carregamento.

Jeremias - Ora, muitas coisas aconteceram por aqui nestas ultimas horas, mas, pelo que conheço do meu chefe, ele nunca falhou em seus negócios, e não vai ser agora que vai falhar, é claro que estamos esperando este carregamento.

Jack - Estarei chegando aí por volta de duas horas da madrugada, pra não levantar nenhuma suspeita, se tudo correr bem; espero que este negócio venha trazer muitos lucros pra todos nós, até as duas da madruga, thau!...

Cecílio - Com quem você estava falando?

Jeremias - Com o Jack, ele disse que estará aqui às duas horas da madrugada, trazendo o carregamento, e que é pra deixar o dinheiro preparado, disse ele que não quer nenhum tipo de problemas, porque as armas que ele está trazendo, são caras e de muito poder de fogo.

Cecílio - Desde quando, te encarreguei a decidir por mim?

Jeremias - Eu só quis ajudar, vendo o seu estado, achei que estava fazendo as coisas certas.


Cecílio - Eu já estava pra telefonar pra ele, pedindo pra cancelar  este carregamento.

                                                                       ----- EJO -------- Continua





No comments: