NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, August 07, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - P/89 "Criticar às vezes nos acalma temporariamente, mas quando torna se real aquilo que criticamos em muitos casos as conseqüências são ainda maiores do que aquilo que imaginávamos. E não adianta querer se justificar culpando outros por nossas fraquezas, pois cada um de nós somos responsáveis pelos nossos atos; temos que procurar a todo custo e achar onde foi que falhamos. E procurar suprir as deficiências, fazendo uso de nossos atributos pessoais, que somente nós sabemos a maneira mais correta de solucionar os problemas que muitas vezes achamos difícil de resolver porque não tomamos iniciativas para isto."


                       DEUS NO COMANDO DE TUDO

                        VOLUME --  02 -- PARTE  --  89


(Leia sempre o final do texto anterior para dar sentido ao atual) 

Acontece que o príncipe do reino da Pércia, se interferiu e se pôs em minha frente vinte e um dias, e um dos primeiros príncipes chamado Miguel veio para me ajudar e eu fique ali com os reis da Pércia, naturalmente que não seria como um deles.
E ele estava ali falando a Daniel para fazê-lo entender qual seria a vontade de Deus e o que aconteceria nos dias que ainda estavam por vir, sabendo-se que a visão ainda não seria cumprida naqueles dias e que ainda iria demorar muitos dias.
Uma pessoa que tinha aparência angelical tocou em seus lábios, e abriu a sua boca e falou dizendo á aquele que estava diante dele na visão; Senhor meu por causa da visão sobrevieram-me dores e não me ficou força alguma.
Como, pois pode o servo deste meu Senhor falar com aquele meu Senhor maior? Porque quanto a mim desde agora não resta força em mim, e não ficou em mim fôlego, a ponto de me desmaiar, e cada vez que ouvia a voz, mais confuso ficava.
E outra pessoa com aparência angelical tocou nele e o confortou, dizendo; não temas homem desejado, paz seja contigo, anima-te, sim, anima-te.
Enchendo-se de confiança e coragem balbuciou umas palavras dizendo: Fala meu Senhor, porque me confortaste.
E disse o Senhor; sabes por que eu vim a ti? Eu tornarei a pelejar contra o príncipe dos Persas, e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia.
Mas eu te declararei o que está escrito na escritura da verdade; e ninguém há que se esforce comigo contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe.
Agora que Daniel sabia da interpretação da dita visão, passa a analisar ponto por ponto, e vai ao encontro do rei Dario na intenção de esclarecê-lo tudo quanto haveria de acontecer, e incentiva-o dando lhe a maior força, para que ele enfrentasse todas as dificuldades de cabeça erguida.
Pois o seu império seria dividido e destruído pelo rei da Grécia, porém só depois que passasse quatro reinos, assim sendo não seria o rei Dario que deveria enfrentar os guerreiros da Grécia.
Ele disse ao rei que todas as declarações eram verdadeiras, resultado da interpretação da tal visão.
Eis que ainda três reis estarão na Pércia, nas condições em que se encontravam, mas ainda haveria depois deste mais um que seria o quarto rei que acumularia muita riqueza, e será muito rico, mais do que a todos até naquela data.

Por ser tão rico, irá despertar a ambição do rei da Grécia, que naturalmente acabaria seu reino, e viria mais um, mais forte e valente, que irá dominar fortemente, e fará o que vier a cabeça, sem pedir aconselhamento aos maiorais de seu reinado.

                                     ---- EJO ---- Continua


No comments: