NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, October 01, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - P/128 "Escolher é uma tarefa muito difícil, pois sempre vem acompanhada de dúvidas, dependendo do que escolher torna-se um verdadeiro dilema difícil de ser solucionado. Muitas vezes fazemos uma escolha que aparentemente é a melhor, mas quando damos por fé da situação, nos deparamos com uma verdadeira batata quente nas mãos sem saber o que fazer com ela. Na vida nos deparamos com situações as mais hilárias e muitas das vezes perigosas, na escolha de um parceiro ou uma parceira, por exemplo. Muitos jovens no decorrer de sua juventude passam por muitas aventuras a procura de sua cara-metade e quando chegam à conclusão de que achou a sua parceira ou parceiro começam as decepções, e no passar do tempo conclui que fez a escolha errada."

                  DEUS NO COMANDO DE TUDO

                  VOLUME --  02  -- PARTE  -- 128

(Leia sempre o final do texto anterior para dar sentido ao atual)

Etiópia e o Egito eram suas forças, e não tinha fim: Pute e Líbia foram ao teu socorro. Todavia ela foi levada, para o cativeiro.
Também os seus filhos foram despedaçados, no topo de todas as ruas, e sobre os seus nobres lançaram sorte, e todos os seus grandes foram presos com grilhões.
Tu também serás embriagada, e te esconderás; também buscarás forças por causa do inimigo.
Todas as tuas fortalezas serão como figueiras, com figos temporãos, que se ao ser sacudido cairão, na boca dos que se hão de comer.
Eis que o teu povo no meio de ti será como mulheres: as portas da tua terra estarão de todo abertas aos teus inimigos: o fogo consumirá os teus ferrolhos.
Tira águas para o cerco, fortifica as tuas fortalezas, entra no lodo, pisa o barro, repara o forno para os ladrilhos.
O fogo ali te consumirá, a espada te exterminará, consumir-te-á como a locusta; multiplica-te como a locusta, multiplica-te como gafanhotos.
Multiplicaste os teus negociantes mais do que as estrelas do céu, a locusta se espalhará e voará.
Os teus corados são como gafanhotos menores, e os teus chefes como os gafanhotos grandes que se acampam entre os ramos nos dias de frio; e em subindo o sol, voam, e não se conhecem o lugar onde estão.
Os teus pastores dormitarão, ó rei da Assíria; os teus ilustres deitar-se-ão, e o teu povo se derramará pelos montes, sem que aja alguém que possa ajuntá-los.
Não há cura para tua ferida; a tua chaga é dolorosa: todos os que ouvirem o que te aconteceu baterão palmas sobre ti; porque, sobre quem não passou continuamente, a tua malícia?

Nada do que aconteceu com a cidade de Nínive, foi injusto, porque Deus lhes deu oportunidades de arrependimento sincero, e rejeitaram.

                                        --- EJO ---- Continua



No comments: