NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, November 13, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - NOVA ETAPA -- P/02 "Às vezes fazemos coisas erradas, tentamos encobri-las, sem pensar que de Deus ninguém esconde nada, antes de tomar qualquer atitude é nosso dever, pensar bastante antes de agir, para não ter decepções futuras e evitar arrependimentos tardios. Deus quando nos fez ele nos deu responsabilidades, cada um de nós temos compromissos, a serem executados, e que deverão ser feitos com esmero e de boa vontade"

                                                 DEUS NO COMANDO DE TUDO

                                                  VOLUME --  03 --  PARTE --  02

Devemos procurar ser amigos de nossos pais, principalmente do nosso pai celestial, e conversar com Ele, com a intimidade de pai e filho.
É isto que Ele espera de seus filhos.
A casa do senhor, na atualidade, vem sendo desrespeitada, por falta de reverência, e compromisso de seus membros.
Imaginemos se Jesus viesse em pessoa e entrasse nas igrejas atuais, o que ele faria? Teria muito trabalho na purificação dos templos, porque, infelizmente os templos atuais viraram verdadeiro Chopim Center, onde se vendem todos os tipos de interesses.
Para se fazer parte das colunas de membros de igreja, antigamente era necessário mostrar verdadeiro arrependimento de seus pecados, ser lavados pelo sangue do cordeiro, ser uma nova criatura, e viver dignamente como um servo transformado e regenerado.
Hoje isto já não faz muito sentido, porque o que interessa é o que ele possa dar em contribuição, ou seja, o que importa é quantidade e não se preocupam mais com qualidade. Muita gente, pouca espiritualidade.
Jesus era considerado o Profeta de Nazaré da Galiléia, sua fama se estendeu por terra, e a sua autoridade ficou notória aos olhos de todos, passando a ser olhado com maus olhos pelos governantes e pelos sacerdotes, porque desde quando começou a pregar e ensinar ao povo que estava sendo escravizado, abrindo-lhes os seus olhos; passaram a ter dificuldades em suas trapaças para com o povo humilde, e que naturalmente suas rendas já não tinham tanto lucro que antes.
Era dia de muito movimento na cidade, e o templo de Deus estava repleto de vendedores, de todos os tipos de mercadorias.
Jesus vendo isto se indignou e começa a expulsar todos os que estavam desrespeitando a casa do Senhor, derribou as mesas dos cambistas, e tudo o que seria comercio, derribou as cadeiras dos que vendiam pombos, e expulsou todos os que comerciavam ali como também a todos os compradores, deixando bem claro que estavam em lugar errado para comercializar, dizendo Ele:
A minha casa será chamada casa de oração, mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.
A repercussão de suas ações percorreu a todos os cantos, e de todos os cantos surgiram pessoas necessitadas com vários tipos de enfermidades, e curou os cada um de seus males; cegos passaram a ver, coxos passaram a andar aprumados, paralíticos vieram a andar e a se movimentar como a qualquer outro, e saiam cada um para suas casas, glorificando e bendizendo o nome do Senhor.
As crianças prestam uma grande homenagem a Jesus cantando e clamando, dentro do templo, Hosana ao filho de Davi, bendito o que vem em nome do Senhor, e assim por diante.
E Jesus é interpelado por alguém incrédulo; que dizia, ouve o que eles dizem?
Calmamente Jesus responde de maneira agradecida, claro que Jesus sabia muito bem o significado de tais palavras, e recebia de bom grado o louvor daquelas crianças, e disse para o que o indagava, sim; nunca lestes; que pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?     
Depois de muito trabalho, depois de atender as necessidades dos que vieram a ele, saiu da cidade, rumo a Betânia para descansar, e ali passou a noite.
De manhã bem cedo volta, quando estava voltando para cidade, teve fome, e se aproxima de uma figueira a beira da estrada, na esperança de encontrar ali algum fruto que pudesse saborear.
Qual foi a sua indignação vendo que havia muitas folhas, porém frutos, na existia, e Jesus condena aquela figueira a secar-se e disse que nunca mais produziria mais nenhum fruto, e imediatamente a figueira secou-se, deixando seus discípulos maravilhados, e de boca aberta, sem acreditar no que presenciara curiosos indaga a Jesus, como fizera tal prodígio, secando a figueira imediatamente?
Jesus responde com mais outro ensinamento; se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito a figueira, mas, até se a este monte disser; ergue-te e precipita-te no mar, assim será feito.

E tudo quanto pedirdes em oração, se crerdes o recebereis.

                                                                   ---- EJO ------ Continua



No comments: