NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Tuesday, September 08, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - P/111 "É importante observar, a consideração que Deus tem para quem procura fazer a sua vontade e para quem se esforça na divulgação de sua palavra, e para aqueles que o ama sobre todas as coisas. Deus tem uma consideração toda especial para aqueles que o procuram em suas aflições. Fazer a sua vontade é afastar se do mal e fazer o bem. É andar caminhos retos na obediência de seus ensinamentos é ser justos em seus negócios, é amar e respeitar seu próximo."


                       DEUS NO COMANDO DE TUDO

                       VOLUME  --  02  --  PARTE  --  111

(Leia sempre o final do texto anterior para dar sentido ao atual)

Jonas foi mandado por Deus a pregar para os ninivitas, em vista de suas rebeldias e sua maldade, porem Jonas sabia o que lhe reservara para ele ali naquela cidade.
E ademais os ninivitas eram povos maus e torturavam a qualquer um que fossem julgados diferentes as suas leis e o que achavam que era certo ou errado.
A maldade daquele povo era tão grande que Deus interfere em favor dos mais humildes e mais fracos, e manda Jonas ir pregar e profetizar contra eles, principalmente contra os governantes.
Quando Jonas recebe de Deus a ordem de ir pregar, simplesmente não deu satisfação nenhuma e toma um navio em sentido oposto ao que Deus lhe ordenara.
Ele teria de ir para Nínive e tomou rumo para Tarsis, dentro do navio ele não queria conversar com ninguém e logo desceu, para o compartimento inferior do navio.
Queria ficar sozinho e solto em seus pensamentos e acabou por dormir, sem se preocupar com nada, e dormia despreocupadamente enquanto os marinheiros estavam em apuros.
Imaginemos que por um momento Jonas achou que estava escondendo da face de Deus, como se isto fosse possível, qual foi a sua surpresa quando Deus mandou um grande temporal.
Colocando todos em apuros, outro fato que nos chama a atenção é a irresponsabilidade de Jonas, pois ele sabia que muita gente ali naquele barco iria pagar pelos seus erros.
Ele tinha a certeza que Deus não iria deixar que ficasse impune a sua rebeldia, mesmo assim opina em desobedecer, só que não sabia a dimensão e nem como seria repreendido.
O navio estava para se quebrar ao meio, e os marinheiros clamavam cada um para o seu deus em que acreditavam, e jogaram fora tudo quanto podia na tentativa de fazer o navio ficar mais leve, e com isto, ficava mais perigoso.
Pois, mais leve, também ficava mais fácil para ser jogado pelas águas, depois de terem se livrado de todo peso.
Lembraram-se de Jonas que estava no porão do navio que dormia despreocupadamente; indignado com sua frieza e a sua indiferença ao que estava acontecendo, foram falar com ele.
E o mestre do navio acorda-o e pergunta com certa ironia, o que tens dormente?
Pois apesar de ter sua consciência pesada não queria demonstrar que estava tentando fugir de sua própria consciência e tudo quanto o acontecia permanecia ignorando sem se importar com ninguém, então o chefe do navio manda que ele invoque o nome de seu Deus.
Que talvez assim ele se lembre de nós e não pereçamos; e tiveram a idéia de lançar sorte, para saber por que causa veio aquele grande mau sobre eles.

Fizeram o sorteio e a sorte caiu exatamente em cima de Jonas, e Jonas foi obrigado a confessar tudo o que estava acontecendo.

                            ---- EJO ----Continua



No comments: