NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, April 06, 2017

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS -- p/134 -- CONTINUAÇÃO -- "Os que ainda estão começando uma nova vida em Jesus Cristo sofrem muitos conflitos, pois não falta a quem o desanime. A indecisão na escolha do caminho certo, sempre bate de frente com opiniões dos que não querem perder seus companheiros de farra ou de aventuras, e ficam sempre divididos em fazer a vontade de Deus ou satisfazer a vontade da carne. E é ai que precisamos demonstrar interesse por eles, oferecendo-lhes a nossa solidariedade e a nossa disposição em ajudá-los; dando-lhes conselhos e intercedendo por eles em nossas orações"


           O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                   PARTE - 134

Acontece que o sacerdote Azarias entrou atraz dele, acompanhado de oitenta sacerdotes do Senhor, homens fortes e valentes, e resistiram ao rei Uzias e seus homens e lhe disseram:
A ti, Uzias, não compete queimar incenso perante o Senhor, isto é competência apenas dos sacerdotes, filho de Arão.
Que são consagrados para esta função de queimar incenso, sai do santuário, porque transgrediste, e não será isto para honra tua da parte do Senhor Deus.
Então Uzias se indgnou contra o sacerdote, e tinha o incensário nas mãos e insistia em queimar o incnso.
E perante os sacerdotes na casa do Senhor, junto ao altar do incenso, começou em sua testa uma lepra que rapidamente toma conta do seu corpo.
Vendo ele as suas condições de leproso, não esperou uma segunda ordem dos sacerdotes para que saisse do santuário, visto que o Senhor Deus o havia ferido.
E assim ficou o rei Uzias ferido de lepra até os dias de sua morte, em uma casa totalmente isolada da comunidade, porque foi excluido da casa do Senhor.
Apesar de ter sido excluido da casa do Senhor, foi sepultado com seus primeiros pais, Davi e outros reis de sua descendência que buscava ao Senhor.
No campo dos sepulcros que era dos reis, pois os seus feitos foram de grande repercussão, como também de grando valia para o povo.
Jotão filho de Uzias tinha na época vinte e cinco anos quando começou a reina no lugar de seu pai Uzias, e reinou em Jerusalém dezesseis anos, procurou se espelhar nas virtudes de seu pai, deixando de lado aquilo que considerava extranho a vontade de Deus, e procurou sempre andar segundo o caminho de Deus, e sempre era bem visto diante de seus olhos.

Respeitou o templo do Senhor que outrora foi desrespeitado por seu pai Uzias, e fez tudo o que era reto diante dos olhos e da vontade do Senhor.

                             ---- EJO ----- Continua




No comments: