NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, April 01, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/82 - "Se quisermos ser privilegiados, temos que fazer por merecer, se obedecermos teremos muitos benefícios, caso contrario, somos castigados, só assim vamos saber onde erramos e procurar corrigir nossos erros. O filho é sábio quando há disciplina por parte do pai, mas o escarnecedor não ouve a repreensão, Prov. 13 v 1 - Todo pai tem por obrigação em zelar pela educação de seus filhos, a maneira de como educar, vai depender de como foi o inicio de tudo. Se começou mal, ele terá de rever onde foi à falha, para chegar ao ponto da educação aos dias atuais; para saber a maneira mais correta de agir. Se for simplesmente à forma de conselhos ou em forma de castigo, isto vai depender das conseqüências causadas, pela irresponsabilidade do filho. Se houver negligência, o infrator poderá receber uma pena ainda mais severa."

                  DEUS NO COMANDO DE TUDO 

                        VOLUME - 03 - PARTE - 82

Simão Pedro sobe ao terraço para orar, isso já deveria ser aproximadamente seis horas da tarde; de barriga vazia, teve fome, e enquanto-lhe preparavam, algo pra se comer, ele teve uma visão muito interessante, ainda concentrado em oração falando diretamente com Deus, de repente seus sentidos foi iluminado, como um arrebatamento lhe mostrando o que deveria comer.
Em sua visão viu o céu aberto, descendo do céu um grande vaso em forma de um grande lençol, atado pelas quatro pontas, descendo até a terra.
Neste lençol havia vários animais de quatro patas, como também répteis e aves do céu.
E uma voz do céu veio sobre Simão Pedro lhe ordenando matar e comer o animal que lhe conviesse.
Na visão Pedro retruca, não querendo comer bichos, porque não era tradição de seu povo, considerando que bichos era coisa imunda.
Pela segunda vez a voz do Senhor a Pedro em visão, dizendo: Não faças tu comum ou imundo o que Deus purificou.
Esse diálogo com Deus se repetiu por três vezes, quando o tal vaso foi recolhido ao céu.
Pedro sem entender o que seria aquela visão, ficava em duvida, procurando em sua cabeça o significado de tudo aquilo; nesse ínterim de tempo, os varões que foram enviados a ele por Cornélio, haviam acabado de chegar
Pararam na porta perguntando por Simão Pedro. (A casa era de Simão o curtidor)
Simão Pedro ainda imbuído em seus pensamentos a respeito da visão,o Espírito do Senhor veio a ele, dizendo que os varões estavam a espera dele lá na porta de entrada da casa.
O Espírito continua dizendo; desça e vá encontrar-se com eles, vá com eles, e não duvide deles, porque fui eu que os enviei a você
Pedro desce e se coloca a disposição dos varões, e fica a par do que queriam os varões, que contou toda a história de Cornélio e que o Santo anjo mandou que o procurasse e viesse a ter com ele para que ele pudesse ouvir a palavra de Deus saída de sua boca.
Depois de se entenderem Pedro os convida a se adentrarem na casa, naturalmente para se refrescar, descansar pela longa viagem até ali e também para se alimentarem, uma vez que haviam vindo de longe e que naturalmente deveriam estar com muita fome.
No dia seguinte já com suas forças revigoradas,pegaram caminho de volta, desta vez acompanhado de Simão Pedro, que fora muito bem recebido por Cornélio que o estava esperando com sua casa cheia porque sabendo que Simão viria, convidou seus parentes e amigos a estarem presentes para também ouvir as palavras que Pedro tinha para lhes transmitir.
Tão logo Pedro surgiu, Cornélio saiu para recebê-lo, e ao chegar a sua presença, se desdobrou diante dele e o adorou.
Porém Pedro o levantou, dizendo: levanta-te que eu também sou homem como você!

Ato de simplicidade e humildade, Pedro jamais queria se igualar a um santo, pois sabia de suas limitações.

                             --- EJO --- Continua



No comments: