NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Friday, June 05, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO P/44 "Discussões pioram ainda mais seu relacionamento, procure ser mais razoável um para o outro, a falta de paciência traz sérias conseqüências, inclusive de saúde."

                         DEUS NO COMANDO DE TUDO                         

                          VOLUME --  02  --  PARTE --  44


Aos vinte e um anos de idade Zedequias começou a reinar em Jerusalém; para decepção do povo, que foi vítima de seu péssimo reinado.
Durante o tempo em que Jerusalém esteve em suas mãos, foi fracasso total.
Pois Zedequias agia segundo seus próprios interesses, sacrificando o povo e convertendo-os a agir segundo a sua vontade, e tudo fazia o que era mau perante os olhos do Senhor, imitando tudo que o rei anterior fazia, e que não satisfazia a vontade de Deus.
E em vista disto, veio à ira do Senhor sobre Jerusalém e Judá, que estava totalmente corrompida; por isso Deus os lançaram fora de sua presença, deixando que se virassem por conta própria.
Foi quando Zedequias, achando que tinha muito poder se rebela contra Nabucodonosor, rei de Babilônia, e se deu muito mal.
Porque Nabucodonosor estava preparado para grandes batalhas; mediante a afronta de Zedequias ao rei de Babilônia, Nabucodonosor resolve a vir contra ele com todo seu exército, acampando nos arredores de Jerusalém, cercando-a de maneira que ninguém podia sair e nem entrar.
Esteve Jerusalém cercada até os viveres da cidade acabarem, e começaram a passar necessidades, e o povo da cidade não tinha o que comer, e sem poder sair;
(Existe um ditado popular que diz; que o gato apertado é que mia)
Zedequias conseguiu achar uma saída fazendo uma abertura no muro, onde supunha que estava as escondidas, achando que ali não haveria nenhuma sentinela, e saiu com seu exército a noite.
Pensando eles que estavam a salvos e sem problemas, foram surpreendidos e presos, e seu exército se espalhou pelas campinas, abandonando-o.
Levaram Zedequias a presença de Nabucodonosor, rei de Babilônia; e em sua presença, Nabucodonosor ordena aos seus fiéis soldados da guarda, a executarem seus filhos, e todos os príncipes de Judá, degolando-os.

Depois que Zedequias assistiu a morte de seus filhos e dos príncipes de Judá, seus olhos foram arrancados, e Nabucodonosor levou-o preso e conservou-o na prisão até o dia de sua morte.

                               --------- EJO ------ Continua



No comments: