NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Wednesday, December 02, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/15 "Continua a natureza daqueles que dizem serem crentes -- Tem o crente oriundo, diz que é crente, mas vive em suas origens de pecados. E o pior é que se acha em condições de querer que outros sigam seus exemplos, pois nunca acha que está errado. Seus maus costumes, seu modo escandaloso de se vestir, seus ornamentos, que nem sempre são olhados com bons olhos, pra ele é tudo normal, mas não fica bem para aqueles que dizem serem transformados pelo poder do Espírito Santo."

DEUS NO COMANDO DE TUDO - NOVA ETAPA

                  VOLUME  --  03 --  PARTE  --  15

Jesus disse assim:
E quando o filho do homem vier em sua glória e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória.
E todas as nações se reunirão diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas.
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à sua esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem a sua direita: vinde benditos de meu Pai, possui por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e deste-me de comer, tive sede e deste-me de beber, era estrangeiro e hospedastes-me, estava nu e vestiste-me, adoeci e visitastes-me, estive na prisão e foste ver-me.
Então os justos responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? Ou com sede e te damos de beber? E quando te vimos estrangeiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou na prisão e fomos ver-te?
E respondendo, o Rei lhes dirá: em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Então dirá também aos que estiverem a sua esquerda: apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.
Porque tive fome e não me e não me destes de comer, tive sede e não me destes de beber, sendo estrangeiro e não, não me recolhestes, estando nu, não me vestistes e enfermo e na prisão não me visitastes.
Então eles também lhe responderão, dizendo:
Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo ou na prisão e não te servimos?
Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes também a mim.
E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para vida eterna.
Estas palavras de Jesus deveriam estar nos pensamentos de todos, para assim dar valor ao seu próximo.
A missão de Jesus aqui na terra estava chegando o seu fim, ele já sabia tudo quanto lhe esperava, estava aproximando a páscoa, e todos os preparativos, já estavam em andamento, pois restavam apenas dois dias desta grande festa.
Naquele mesmo momento de sua ultima reunião com seus discípulos, também havia uma reunião dos sacerdotes, dos príncipes, dos escribas, e dos anciãos do povo.
Reunião esta realizada na sala do sumo sacerdote, que se chamava Caifáz; discussões para estudar a maneira de alcançar Jesus para isso usaram de má fé, por que a real intenção era matá-lo, tendo o cuidado para não chamar a atenção do povo, por que sabiam que naturalmente o povo iria dar muito trabalho tendo que dar muitas explicações.
Assim entenderam que não podiam tomar nenhuma atitude naqueles dias de festa.
Enquanto preparavam a festa da páscoa, Jesus resolve visitar Simão; um homem que ele havia curado da lepra, que o convidou para cear com ele.
E estando ele assentado a mesa, veio a ele uma mulher com vaso de um perfume caríssimo e o derramou sobre sua cabeça.
Indignados os seus discípulos, reclama pelo seu desperdício, diziam eles que aquele perfume caríssimo poderia ser vendido e ajudar muitos dos pobres.
A resposta de Jesus foi que; os pobres nunca iriam deixar de existir, portanto os teriam para ajudá-los quando quisessem, porém Ele, eles não o teriam por muito tempo, a mulher que ungiu Jesus com perfume fez um ato de boa ação com Jesus, pois assim ela já estava sem saber preparando o corpo de Jesus para o seu sepultamento.
Jesus completa, dizendo que enquanto existir alguém pregando o evangelho, esta mulher seria lembrada em suas mensagens.
Judas, o Iscariotes, indignado sai da presença de Jesus e procura estar com os príncipes e os sacerdotes na intenção de entregar Jesus, e entra em negociação, procurando saber quanto valia a vida de Jesus em suas mãos.
Disse ele: quanto queres me dar se eu o lhes entregar? A negociação foi realizada pelo preço de apenas trinta moedas de prata.

E daquele momento em diante esperava um momento mais propício para efetuar a mais vil traição.

                              ----- EJO ---- Continua



No comments: