NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, December 07, 2015

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/18 - "Já falamos de crentes mau caráter e de personalidades duvidosa, agora vamos nos referir a um outro tipo de crente; esses que são comprometidos com uma fé verdadeira. Para compensar o que temos visto em relação a mau caratismo, temos o crente brilhante, é raro é difícil de encontrar, mas existe. O crente brilhante é aquele que procura fazer a vontade de Deus, não se preocupa em satisfazer sua própria vontade e nem tirar proveito das vantagens que o evangelho lhe oferece. Mas sobre tudo se preocupa com seu próximo e tem prazer em testemunhar de Cristo Jesus pelo qual representa."

                     DEUS NO COMANDO DE TUDO

                    VOLUME --  /03  --  PARTE  --  18

Entre braços fortes dos que o seguravam dizia Ele a multidão, saístes a minha procura como se estivesse a    procura de um salteador, com espadas e varapaus para me prender?
Todos os dias estivestes no templo comigo assentados e prestando a atenção nos meus ensinos, e não me prendestes!..
Mas, tudo isto tem que acontecer para que se cumpram as escrituras dos profetas.
Os discípulos de Jesus diziam que nem a morte os separaria; agora fogem como gatos medrosos, deixando Jesus encarar todo o sofrimento sozinho
Sozinho, Jesus foi conduzido ao cinédrio, onde estava sendo feito uma reunião com os escribas e os anciãos de Jerusalém a discutir o que fariam com Jesus; que acabava de chegar sob a escolta dos soldados, para que Caifás, o sumo sacerdote pudesse sentenciá-lo a morte.
Acontece que, para poder julgar ou condenar alguém é preciso que tenha provas suficientes dos delitos causados pelo acusado.
Qual delito que poderiam achar em Jesus para que merecesse pena de morte, ai então surge às falsas testemunhas, pelas quais não conseguiram convencer a Caifás.
De longe Pedro seguia todos os movimentos, se acomodou no pátio entre os criados do sumo sacerdote, pra ver o resultado do que aconteceria com Jesus.
Pedro era conhecido na região e fora visto com Jesus, e    os criados não tirava os olhos de cima dele.
Na sala de reunião os príncipes dos sacerdotes e os anciãos, buscavam quem poderia ser as falsas testemunhas, que falariam tudo o que conviesse aos seus interesses, a fim de tirar de vez Jesus de seus caminhos, apesar de se empenharem em destruir Jesus com falsas testemunhas, não conseguiram, até que apareceram duas pessoas que disseram: Este disse que poderia derribar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias.
Jesus estava calado, e calado ficou diante das acusações, e indignado com seu silencio, o sumo sacerdote indaga de Jesus o que ele poderia dizer a respeito pra se defender, mas Jesus permanecia em silencio.
Mediante a seu silencio, o sumo sacerdote, insiste dizendo: conjuro-te pelo Deus vivo que nos diga se tu és o Cristo o filho de Deus!
Pra Jesus, não fazia a menor diferença, responder sim ou não, por isso ele deixa na responsabilidade de Caifás confirmar o que queria saber, pois ele disse que quem estava confirmando tais palavra era ele, e Jesus não fazia a menor questão em se engrandecer diante deles dizendo que era ele o filho do Deus vivo, deixando a duvida no pensamento de Caifás.
Porém Jesus deixa Caifás ainda mais encucado, dizendo que em breve veria o filho do homem assentado à direita do poder, e vindo sobre as nuvens do céu.
Quando Jesus disse estas palavras, foi à gota d’água que faltava para enfurecer de vez Caifás que rasgou as suas vestes e dizendo: Blasfemou; para que precisamos ainda de testemunhas? Virando para os demais que estavam ali presentes e disse, bem ouvistes agora a sua blasfêmia. Que vos parece? Era tudo o que queriam e mais que depressa respondendo, disseram; Ele é réu de morte.

E Jesus começa a sofrer as primeiras humilhações, recebendo uma cusparada no rosto, seguindo-se de socos e maus tratos.

                                   ---- EJO ----- Continua









No comments: