NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, May 07, 2015

O CAÇADOR DE CORRUPTOS-CAP--50-


Capítulo -- 50
-----
E assim começa uma grande amizade:
-----
No restaurante Vinicius conta a Edson a sua verdadeira identidade, com pedido de sigilo absoluto.
Suas férias estava se esgotando e precisava voltar em suas atividades.
E a sua primeira investida será seguir os passos do tal homem que transportava o volume que causou a morte de Roberts.
Ficou mais alguns minutos conversando com Edson e Márcia depois foi levar Dolores pra sua nova residência.
Estavam tão felizes, que teve que lutar muito com a indecisão de deixá-la para voltar ao trabalho; mas em fim seu compromisso não podia esperar mais.
------
Mais tarde no mesmo local de sempre, onde Frank entregava as encomendas.
Vinicius não precisou esperar muito e logo apareceu o tal sujeito.
De longe ele o viu recebendo outro volume seguiu o individuo até a tal fazenda onde Roberval se escondeu depois daquele assalto frustrado.
Com seu possante carro blindado não teve nenhuma dificuldade em segui-lo, ao chegar à fazenda viu o tal deputado, e sem temer nada, aproximou se e simulou uma informação, e o deputado inocentemente deu assunto pra ele, e se deu muito mal.
---------
Vinicius -- Então o senhor é o famoso deputado corrupto, o senhor já parou pra pensar quantas vitimas o senhor tem feito, principalmente inocentes?

Deputado -- Afinal de contas quem é você?

Vinicius -- Pessoalmente, acho que o senhor não me conhece, mas já deve ter ouvido falar de mim; digamos que eu sou um calo em seus sapatos.
Mas isto não interessa, vamos ao assunto, o que o senhor traz de tão valioso naquele pacote que acabou de receber?

Deputado -- Isto não é de sua conta, você ainda não me falou quem é você e o que quer.

Vinicius --  Deixe-me apresentar; eu sou, uma espécie de médico que cura doenças incuráveis, e também tem alguém que me chamam de gari, por que eu gosto de fazer limpezas.

Deputado -- E o que tenho eu com isto?

Vinicius -- Digamos que o senhor é a doença e eu sou o médico.

Deputado -- Continuo sem entender nada, seja mais explicito.

Vinicius -- Como disse, eu sou o médico que acaba com doenças crônicas, e o senhor é uma doença crônica.
O que o senhor tem a me dizer a respeito da REDE?
------
Ao ouvir a ultima palavra o deputado perde o controle.
------
Deputado -- Sargento Romualdo; como deixou este infeliz te seguir?

Romualdo -- Não se preocupe deputado, já está na hora do almoço das piranhas, e elas estão precisando de carne fresca.
------
Ao mesmo tempo em que fala saca sua arma e puxa o gatilho contra Vinicius, só que ele não contava com a esperteza de Vinicius, que como um raio salta sobre o deputado, fazendo o de escudo, sendo atingido bem no coração.
Imediatamente Vinicius saca de sua bereta e dispara, colocando o projétil bem no centro da testa do sargento.
O capataz da fazenda ouvindo os disparos vem em socorro do deputado, mas Vinicius já havia saído, correndo até seu carro blindado onde estava o seu arsenal de guerra,
Pegou uma metralhadora e em uma posição bem confortada teve todos os bandidos sob sua mira.
Eliminando um por um dos que estavam na fazenda, agora era hora de localizar o computador, onde pode constatar que o deputado não era o único envolvido.
Fez um relatório do ocorrido, e dali mesmo passou em e-mail para o seu comando superior.
Sua ultima missão naquela fazenda foi telefonar para policia local, e solicitar que viesse também o carro do IML, para levar os cadáveres, com uma observação de que deveria ser um carro maior para comportar todos os cadáveres.

Depois deste desgaste todo, nada melhor que voltar para sua amada e curtir mais um pouco a sua vida de recém casados.  

                           ------ EJO ----- Continua





                                                                                                                                      

No comments: