NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, May 11, 2015

O CAÇADOR DE CORRUPTOS-CAP-52


Capitulo -- 52

Vinicius já no Brasil foi participar da reunião com Roberval e seu grupo de santinhos, e justifica sua ausência, comovendo a todos com a situação que seu pai se encontrava, não deixando margens para que duvidassem de suas palavras, fazendo cara de que estava muito preocupado com ele...                        
---------
Roberval – Desejo melhoras para seu pai vamos ao assunto; o cerco está fechando pra nós, vejo que este é o momento de nos dispersarmos por uns tempos até a poeira abaixar.
Além das mortes sem explicação lá na fazenda do deputado, inclusive o próprio deputado morreu.
O nosso contato pessoal com o comando da América, se suicidou, recebi hoje um fax pedindo atenção, porque acham que o suicídio tem muito a ver com nossa organização, acham que Robert passou informações sigilosas da REDE para o serviço secreto do comando superior e é por isto que muitos estão morrendo misteriosamente.

Vinicius -- Será que eles têm alguma suspeita de quem recebeu estas informações, assim poderíamos ir atrás dele enquanto não complica nossas vidas.

Roberval -- Como saber, nem eles sabem aonde e como começar as investigações!...

Ricardo -- Eu até já sei pra onde ir.

Vinicius -- Pôxa vida logo agora que tudo parecia felicidade na minha vida; acabei de comprar um apartamento, minha casa está uma beleza e ter que abandonar tudo!... É muito azar, se é assim vou imediatamente pra casa e tomar minhas providências, pois não vou esperar o barco afundar pra depois pedir socorro, enquanto temos tempo, cada um se vira da maneira que puder, eu estou indo...
--------

Mal tinha saído, os dois americanos chegam com uma carta de apresentação de Meneghuetti para Roberval, recomendando apoio aos novos comparsas.


Torquetti -- O Coronel, e Comandante Meneghuetti, pediu todo apoio para juntos caçarmos um tal de Vinicius, que supõe ele estar aqui no Brasil, ele está causando um grande prejuízo a organização.

Ricardo -- Engraçado que em nosso grupo temos um Vinicius, mas não vejo nele condições de trazer algum prejuízo para a organização, ele parece ser uma pessoa muito simples, como poderá chegar a este extremo?

Tommy -- É por causa de pensamentos assim que se perde uma batalha, você nunca ouviu falar no ditado que diz que de onde não se espera é que vem? Pois é gostaria de poder conhecer este rapaz.                                                                                                                                       

Ricardo – A poucos minutos antes de vocês chegarem ele estava aqui conosco, mas não seja este o problema podemos levar vocês até ao apartamento dele.

Torquetti -- Então vamos logo, porque estamos perdendo tempo aqui?

Ricardo -- Continuo dizendo que vocês vão perder tempo, mas, se insistem, vamos lá.
-----------
Neste meio tempo Vinicius já havia retirado Dolores de seu apartamento, e a levou para o departamento da PF no serviço de proteção e segurança máxima.
E se ajuntou com seus amigos policiais para invadir o bairro e prender Roberval e todo bando.
Durante todo tempo em que esteve camuflado no meio deles, pode observar nos mínimos detalhes as malandragens para conseguir fugir caso uma invasão policial, e naturalmente ficaria atento a tudo.
Quando os policiais chegaram ao morro, os dois americanos mais o Ricardo já haviam retornado, sem sucesso, mas com a pulga detrás da orelha.

Ricardo -- Será que é o mesmo Vinicius que estamos procurando, ainda tenho minhas duvidas. O cara chega a ser chato de tão pacato que é.

Tommy -- Pura representação, ele é um grande artista na arte da camuflagem.

Ricardo -- Sinceramente, não estou conseguindo acreditar que nos enganou este tempo todo.

Então!... É por isto que nossos planos davam sempre errados; depois que ele veio parar aqui, parece que mais nada deu certo, e estamos vendo só baixas e mais baixas em todas as partes, na organização, só lá na fazenda do deputado foram muitas mortes de uma só vez, não é possível que tudo isto seja obra dele.

                             ------ EJO ----- Continua



No comments: