NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, May 18, 2017

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/163 -- CONTINUAÇÃO -- "Uma vez arrependido de seus pecados, e colocando se a disposição do trabalho do Senhor. Cientes de seus compromissos de também ajudar na pregação do evangelho, e principalmente dando seu testemunho de uma nova criatura. Quando falamos de nova criatura, falamos também em arrependimento e perdão"


               O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                           PARTE - 163

E todo aquele enviado de Deus, que por onde passar ou em que andar peregrinando, os homens deste lugar o ajudarão, com prata e com ouro e com fazenda e com gados, fora às dádivas voluntárias, para casa do Senhor que habita em Jerusalém.
Então se levantaram os chefes dos pais de Judá, e os sacerdotes e os levitas, com todos aqueles que o espírito de Deus despertou, para subirem e construir a casa do Senhor que está em Jerusalém, porque a casa do Senhor que Salomão havia construído foi destruída e queimada, porque havia caído em abominação do povo naquela época.
Todos queriam ver a casa do Senhor restabelecidas, e não mediram esforços para ver de novo o santuário para que pudessem orar e louvar ao seu verdadeiro Deus.
E todas as solicitações do material de construção, foram adquiridas, inclusive vasos de ouro e de prata, mais fazenda com gado, e com coisas preciosas, e tudo que pudesse vender e ser transformado em dinheiro, para adquirir outros matériais que porventura, haviam de buscar fora do domínio de Jerusalém.
Também o rei Ciro, rei da Pérsia, pegou de volta os vasos da casa do Senhor, que Nabucodonosor havia trazido de Jerusalém, para protegê-los.
Estes vasos haviam sido sequeastrados para servir a deuses estranhos.
Muita coisa Nabucodonosor havia retirado da casa do Senhor em Jerusalém; além dos vasos de ouro e de prata foram recolhidas do templo de Nabucodonosor.
Trinta bacias de ouro, mil bacias de prata e vinte e nove facas, trinta taças de ouro, quatrocentos e dez taças de prata e de outra espécie, e mil outros vasos.

Todos os vasos de ouro e de prata foram cinco mil e quatrocentos, que foram levados de volta a Jerusalém, de onde nunca deveriam ter saído.

                                       ---- EJO ---- Continua



No comments: