NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Monday, July 17, 2017

O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS - P/205 -- CONTINUAÇÃO --- "Quando nos aproximamos de Deus, mais semelhantes a Ele ficamos. E teremos muito mais forças e condições para vencer as tentações que nos surgirem, e mais e mais seremos fieis ao Senhor. Não basta ler a Bíblia e conhecê-la de capa a capa, é preciso estar atentos aos seus ensinos e obedecê-los"


               O PROPÓSITO E A PROVIDÊNCIA DE DEUS

                                         PARTE - 205

Naquele movimento de festa, Mardoqueu estava assentado a porta do rei, observando tudo o que se passava, e Ester mesmo vendo-o não deixa transparecer que o conhecia, cumprindo as determinações e as instruções de Mardoqueu.
Enquanto Mardoqueu estava assentado na escadaria perto da entrada do palácio, ouviu quando dois dos eunucos do rei planejava uma conspiração contra ele.
E tão logo procurou uma maneira de chegar aos ouvidos de Ester, que agora já podia mandar e desmandar, pois já havia assumido o seu posto de rainha ao lado do rei Assuero.
Conspiração contra o rei Assuero:
Ester transmitindo para o rei tudo o que ouvira a respeito dos tais eunucos, enfatizando, que sabia de todas as informações através de seu pai de criação, Mardoqueu.
Mediante a tais informações, Assuero averiguar a veracidade dos fatos, e chega à conclusão de que os dois eunucos realmente estavam em conspiração contra ele e deveriam morrer na forca, e tudo aconteceu para servir de exemplo para outros que se atrevesse desafiar o rei.
Depois de todos esses acontecimentos, Assuero promove a Hamã, colocando-o como porta voz do rei, e chefe de todos os príncipes que estavam com ele.
E assim todo o povo passa a dar obediências a Hamã, e se inclinavam e se prostravam perante ele, por que assim fora decretado pelo rei que tudo deveria ser feito como Hamã desejasse.

Acontece que Mardoqueu não quis dar ouvidos aos mandos e desmandos de Hamã, que foi logo denunciado, dizendo que ele era judeu.

                            ---- EJO ----- Continua




No comments: