NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Tuesday, July 05, 2016

DEUS NO COMANDO DE TUDO - V/03 - P/137 "Sempre ouvimos alguém reclamar, que ser crente é muito difícil, pois o crente é sempre cobrado por tudo que faz e que o crente não pode fazer isto ou aquilo e que o padrão de vida do crente exige muito sacrifício, e quando ele tem algum deslize ele é sempre apontado pela sociedade. Isto é verdade porque a pessoa que se diz crente, tem por obrigação de mostrar a todos, o sentido de ser crente; pode até parecer injusto esta cobrança, mas é natural, porque se o crente desliza e ninguém procura ajudá-lo, ele vai sentir o descaso dos irmãos. E isto pode ser perigoso, pois está sendo sujeito a tentações e sem forças para suportá-las, poderá até se afastar do convívio dos irmãos e se esfriarem, pois O apoio dos irmãos faz muita falta, a comunhão e a convivência uns com os outros é de suma importância para o crescimento espiritual de todos nós."

               DEUS NO COMANDO DE TUDO

                   VOLUME - 03 - PARTE - 137

E como eles não se importaram em ter conhecimento de Deus; assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convém.
Estando cheio de toda iniqüidade; prostituição, malicia, avareza, maldade, cheio de inveja, homicídio, contenda, engano, e malignidade.
Sendo murmuradores, detratores (ou seja, caluniadores) aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbo, presunçosos e inventores de males, desobedientes aos pais e as mães
Nécios infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconhecíveis, e sem misericórdia.
Os quais, conhecendo a justiça de Deus; são dignos de morte os que tais coisas praticam, e que não somente as fazem, mas também aos que consentem que as fazem
Paulo continua ensinando e exortando; como viver e como se comportar diante de Deus, dizendo:
Portanto és inescusável quando julgas, ó homem quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo, naquilo que julgas a outro; pois tu que julgas, fazes o mesmo
Bem sabemos que o juízo de Deus é Segundo a verdade sobre os que tais coisas fazem os que praticam o mal
E tu, ó homem que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que fazendo as tu, escaparas ao juízo de Deus?
Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência, e longanimidade.
Ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?
Mas Segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti, no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus.
O qual recompensará cada um segundo as suas obras.
A saber: a vida eternal aos que com perseverança em fazer bem, procuram glória, e honra, e incorrupção.
Mas, a indignação aos que são contenciosos, e desobedientes à verdade e obedientes à iniqüidade.
Tribulação e angústia sobre toda alma do homem que pratica o mal, primeiramente do judeu e também do grego.

Glória, porém, e honra e paz a qualquer que pratica o bem; primeiramente ao judeu e também ao grego.  Romanos 1 v 28 a 32 – 2 v 1 a 9

                                              Continua


No comments: