NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA E TUDO O QUE NELE HÁ.

Thursday, December 25, 2014

O PREÇO DA GANÂNCIA - CAPITULO - 14


Capítulo -- 14

Lá nas matas de Mato Grosso, estavam os trêis bandidos, discutindo a forma de transportar aquele tesouro.
Depois de muito pensar, um deles teve a feliz idéia de fazer picuás com as calças, assim poderiam trazer o máximo de suas capacidades.
O restante foi enterrado nas proximidades do avião, na intenção de buscá-lo mais tarde.

Caliu - (O Coronel de araque)... Bom... Nós nos entretemos com este ouro e nos esquecemos que estamos perdidos, e agora carregar este ouro pesado com estas pontas machucando as nossas costas e ter que andar sem saber pra onde, será que vamos conseguir chegar, não seria bom agente esconder este ouro pra depois vir buscar?

Feitosa - Se você quiser fazer isto, você faz com sua parte, porque a minha ninguém põe a mão.

Adalberto - O Coronel está é querendo nos levar na conversa pra ficar com tudo, mas o meu é meu e vou brigar por ele até na ultima hora.
--------
*Cada um sai numa trilha diferente, andam, andam e voltam pro mesmo lugar, já estavam caindo em desespero, e por qualquer palavra servia de ofensa um pro outro.*

Caliu - (Saiu de perto de Adalberto, faz um sinal para o Feitosa sem que Adalberto percebesse)... Estou pensando em dividir este ouro só com dois, acho que se Adalberto saísse de circulação teria muito mais ouro pra nós dois o que você acha?

Feitosa - Vamos ter que matá-lo?

Caliu - Que diferença faz, quantos ele matou e ninguém cobrou nada dele.

Feitosa - Assim a sangue frio, sei, não!...

Caliu - Que sangue frio, aqui não tem ninguém de sangue frio, e de mais a mais, ele está dando muito trabalho, pois toda hora pedindo pra esperá-lo, ele é muito mole!... Decida, pois ele está chegando pra perto.

Feitosa - Está bem, vamos deixá-lo descansar aqui e vamos levar o ouro dele. (Voltaram os dois em direção a Adalberto)


Caliu - Desculpe amigo, (Tira a faca da cintura e passa a na garganta de Adalberto, que deixa seu saco de ouro cair pelo chão)

                                                               ------- EJO ------ Continua






No comments: